América - MG

Botafogo – SP e América se enfrentam pela 9ª vez em jogos oficiais

Publicados

em

Invicto há quatro jogos, sendo duas vitórias consecutivas, o Botafogo volta a campo nesta sexta-feira (15), às 21h30, quando enfrenta o líder América-MG na Arena Independência, em Belo Horizonte, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

No histórico dos confrontos, o Pantera e o Coelho já disputaram oito jogos oficiais, de acordo com o site ogol.com.br. São três vitórias do Tricolor, contra duas do rival. O duelo ainda registra três empates.

O último jogo entre as equipes foi realizado no dia 16 de outubro de 2020. Na oportunidade, o time mineiro venceu por 2 a 1, no Estádio Santa Cruz.

Já a última partida na Arena Independência ocorreu no dia 30 de abril de 2019. Com um gol de Marlon Freitas, o Botafogo ganhou por 1 a 0.

Para o duelo contra o América-MG, o treinador Moacir Júnior não poderá contar com o meia-atacante Matheus Anjos e o atacante Michel Douglas, suspensos. Por outro lado, ele terá o retorno do lateral Jeferson.

O Tricolor ocupa a 19ª colocação com 33 pontos, contra 67 do líder América-MG, que já garantiu o acesso para a elite do futebol brasileiro.

COMENTE ABAIXO:
  Em BH, Cuiabá faz jogo importante diante do Cruzeiro
Propaganda

América - MG

América e Brasil de Pelotas empatam sem gols no Campeonato Brasileiro

Publicados

em

O América dominou o confronto diante do Brasil-RS, em Pelotas, pressionou até o minuto final e saiu com o empate sem gols. Com o resultado, o Coelhão chega aos 69 pontos no Campeonato Brasileiro Série B.

Na próxima rodada, o América viaja para Aracaju (SE), onde enfrenta o Confiança-SE, no sábado, pela penúltima rodada da competição nacional.

O JOGO

O América começou o confronto estudando o adversário no território rival e logo encontrou o caminho para pressionar o Brasil-RS e levar perigo ao goleiro Rafael Martins.

Com boas movimentações pelos lados, Ademir e Felipe Azevedo incomodavam os adversários, enquanto pelo meio Alê, Zé Ricardo e Juninho trabalhavam bem em conjunto. Os laterais Joseph e João Paulo também eram acionados, com o lateral-esquerdo quase abrindo o placar em cobrança de falta.

Na etapa final, o América continuou a pressão com rápidas trocas de passes e tentativas de lançamento na área adversária. O técnico Lisca entrou em ação e fez logo três substituições, colocando em campo Marcelo Toscano, Calyson e Neto Berola (Eduardo Bauermann havia entrado no intervalo).

O Coelhão não desistia, viu a expulsão de Bruno Santos e por pouco não moveu o placar com chute de Alê de fora da área. O América ainda teve a entrada de Lohan, que reclamou de pênalti nos minutos finais de jogo – não marcado pelo árbitro.

  Paraná é derrotado para o Sampaio e fica em situação complicada na tabela

A luta foi contínua, mas o placar permaneceu inalterado até o apito final.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FLAMENGO

CORINTHIANS

SÃO PAULO

PALMEIRAS

MAIS LIDAS DA SEMANA