Athletico-PR

Pedro Henrique avalia vitória do Athletico PR pela CONMEBOL Sul-Americana

Publicados

em

O zagueiro Pedro Henrique comemorou a vitória do Athletico na noite de quarta-feira (19), pela quinta rodada da fase de grupos da CONMEBOL Sul-Americana. O triunfo frente ao Melgar, pelo placar de 1 a 0 [gol de Renato Kayzer, no primeiro tempo], deixa o Furacão precisando apenas de um empate na última rodada para conseguir a classificação à próxima fase.

“O mais importante foi a vitória. Tivemos várias oportunidades, poderíamos ter matado o jogo ainda no primeiro tempo. Agora é pensar no próximo adversário e buscar a classificação”, disse, em entrevista coletiva.

O camisa 34 avalia de forma positiva o equilíbrio do time e destaca o trabalho que a equipe tem realizado para manter o bom desempenho defensivo e melhorar ofensivamente.

“Somos um grupo, a defesa começa lá na frente, começa no Kayzer, no Nikão. Todos têm ajudado. Temos nos comprometido bastante ali atrás”, destacou. “Isso passa pelo trabalho do professor, desde o ano passado”, completou.

“Nos jogos, tivemos várias oportunidades de marcar, é nítido. Não conseguimos concluir em gol, mas temos nos cobrado bastante. Temos muito para melhorar ainda para conquistar o que queremos”, finalizou Pedro Henrique.

  Veja como acompanhar o primeiro jogo das quartas de final

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Athletico-PR

Furacão abre vantagem com dois de Terans

Publicados

em

Por

Foi um grande jogo no Caldeirão!

O Athletico teve que superar um ótimo adversário, as defesas de um goleiro em tarde inspirada… Mas prevaleceram a qualidade do toque de bola rubro-negro e a vocação artilheira de David Terans.

Com dois gols do craque uruguaio, o Furacão venceu o Atlético Goianiense por 2 a 1, nesta quarta-feira (28, e está em vantagem no confronto pelas oitavas de final da Copa do Brasil. O jogo de volta acontece daqui a uma semana (4/8), em Goiânia.

Um empate basta para o Furacão prosseguir em uma das quatro frentes de batalha da temporada. Antes, precisa se voltar para outra. No domingo (1º), tem duelo contra o Atlético Mineiro, fora de casa, pelo Campeonato Brasileiro.

O Jogo

No primeiro tempo, a partida foi um duelo tático de muita marcação. Os dois times buscavam o ataque, mas os sistemas defensivos prevaleciam. Mesmo assim, o Furacão conseguiu criar as melhores chances de gol.

A primeira aconteceu aos 22′. Nicolas fez um belo lançamento para Nikão. Dentro da área, ele dominou no peito com categoria, escapou da marcação e rolou para Renato Kayzer. O centroavante chegou batendo, mas a bola desviou na defesa e saiu, muito perto da trave.

O adversário levou perigo aos 42′, em um chute de primeira de Arthur Gomes. O Furacão respondeu aos 45′. Nikão bateu escanteio pela esquerda. Renato Kayzer subiu sozinho e cabeceou com força. Mas o goleiro Fernando Miguel voou para fazer uma grande defesa.

Se faltaram lances de emoção na primeira etapa, não precisou nem um minuto para eles começarem a acontecer na etapa final. E começou logo com um golaço do Furacão!

  Dois jogos do Athletico PR no Brasileirão têm horários alterados

Christian recebeu pelo meio, tocou para David Terans, que abriu para Nikão na direita. Marcinho fez a ultrapassagem pelas costas do camisa 11, recebeu na linha de fundo e cruzou. Terans subiu mais que o zagueiro e cabeceou para a rede!

O Athletico seguiu no ataque. Kayzer ficou cara a cara com Fernando Miguel, que fez outra ótima defesa. E Nikão foi empurrado dentro da área por Oliveira. O árbitro Anderson Daronco não marcou e o VAR também deixou passar o pênalti claro a favor do Furacão.

Ainda antes dos 15′, o Rubro-Negro teve mais duas oportunidades claras. Em cruzamento de Nicolas, Kayzer cabeceou com muito perigo. Nikão também finalizou, dando mais trabalho para Fernando Miguel.

Mas o Dragão não estava morto. Aos 15′, André Luís chutou forte da entrada da área e acertou a trave. O Athletico respondeu com mais uma ótima troca de passes que terminou com chute de Terans e outra defesa de Fernando Miguel.

Só que aos 25′, uma boa jogada construída pelo ataque adversário terminou no gol de empate. Natanael recebeu na direita e cruzou. Zé Roberto bateu de esquerda e mandou para a rede: 1 a 1.

O resultado não era bom para o Furacão. Com muita raça e apostando na troca de passes com velocidade, o time athleticano partiu com tudo para recuperar a vantagem.

Aos 27′, Christian arriscou de fora da área e a bola raspou a trave. Aos 29′, a bola sobrou para Nikão, que encheu o pé e mandou para fora. E aos 36′, Fernando Miguel apareceu de novo, espalmando o chute de esquerda de Terans.

O Athletico merecia a vitória. E ela veio com mais uma jogadaça do ataque rubro-negro, aos 39′. Vitinho recebeu na direita, viu Nikão subindo livre pela outra ponta e inverteu com um passe perfeito. O camisa 11 recebeu já dentro da área e rolou para trás. Marcinho chegou batendo e Terans fez o desvio, consciente e preciso. Golaço!

  Jorginho e Kayzer desfalcam o Athletico contra o Flamengo e Pedro Henrique é dúvida

Uma importante vantagem para o Furacão no caminho para as quartas de final!

Ficha técnica: Athletico Paranaense 2×1 Atlético Goianiense
Copa do Brasil 2021: Oitavas de final – Jogo de ida
Data: 28/07/2021
Horário: 16h30
Local: Estádio Joaquim Américo

Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (RS) e Michael Stanislau (RS)
Quarto árbitro: Vinicius Gomes do Amaral (RS)
Árbitro de vídeo: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ)

Athletico Paranaense: Bento; Marcinho (Khellven, aos 41′ do 2º tempo), Pedro Henrique, Thiago Heleno e Nicolas; Richard (Erick, aos 17′ do 2º tempo), Léo Cittadini (Christian, no intervalo) e David Terans (José Ivaldo, aos 41′ do 2º tempo); Nikão, Renato Kayzer (Carlos Eduardo, aos 41′ do 2º tempo) e Vitinho
Técnico: António Oliveira
Gols: David Terans, a 1′ e aos 39′ do segundo tempo
Cartões amarelos: Christian e Vitinho

Atlético Goianiense: Fernando Miguel; Dudu, Oliveira, Éder e Natanael; Willian Maranhão, Gabriel Baralhas e Arthur Gomes (Lucão, aos 40′ do 2º tempo); Ronald (Toró, aos 6′ do 2º tempo), Zé Roberto (Arnaldo, aos 40′ do 2º tempo) e Janderson (André Luiz, aos 6′ do 2º tempo)
Técnico: Eduardo Barroca
Gol: Zé Roberto, aos 25′ do segundo tempo
Cartões amarelos: Arthur Gomes e Willian Maranhão

Fotos: José Tramontin/athletico.com.br

fonte: https://www.athletico.com.br/resumo_do_jogo/furacao-abre-vantagem-com-dois-de-terans/

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FLAMENGO

CORINTHIANS

SÃO PAULO

PALMEIRAS

MAIS LIDAS DA SEMANA