Atlético-MG

Nacho Fernández é novo reforço do Atlético MG

Publicados

em

“O Atlético está montando um lindo projeto e isso foi o que me motivou a vir”, afirmou o meia Nacho Fernández. Contratado junto ao River Plate, o craque argentino foi apresentado na quarta-feira (24), na Cidade do Galo.
“Quero agradecer a todas as pessoas do Galo e aos dirigentes por essa oportunidade. Espero poder aproveitá-la e tratar de cumprir todos os objetivos que a gente proponha como grupo”, afirmou.
Um dos jogadores mais valorizados da América Latina, o meio-campista assinou contrato para vestir a camisa alvinegra até dezembro de 2023 e recebeu as boas-vindas do presidente do Atlético, Sérgio Coelho.
“É uma felicidade e uma emoção muito grande apresentá-lo hoje para a Massa Atleticana”, disse o presidente. “Estamos trabalhando incansavelmente para tornar o Atlético um dos maiores clubes da América Latina e você vai fazer parte dessa história, inclusive com a inauguração da nossa Arena”.
Sérgio Coelho também agradeceu ao colegiado que participa da administração do Clube, na pessoa do vice-presidente do Conselho Deliberativo do Atlético, Rafael Menin.
“Sua contratação só foi possível porque temos os apoiadores conhecidos como quatro erres, a quem não canso de agradecer”, afirmou. “Faço um destaque ao Rafael Menin, que trabalho incansavelmente junto conosco para que você viesse”.
O diretor de Futebol do Atlético, Rodrigo Caetano, agradeceu a Nacho Fernández e seu estafe.
“Agradeço por aceitar nosso convite, o entendimento do projeto do Galo como sendo realmente um projeto grandioso”, afirmou.
“Ele sai de um grande clube para outro tão grande quanto. Agradecer também aos agentes dele e ao River Plate, que mostrou muito profissionalismo na condução dessa negociação”, disse.
Nacho mandou um recado para a Massa: “Mando uma saudação muito grande para toda a Massa Atleticana e espero retribuir dentro de campo toda confiança que recebi desde a minha chegada”, afirmou.
Confira outros temas abordados por ‘El Cerebro’ em sua apresentação:
Motivação – “Uma das motivações que tenho para vir a esse clube é tratar de conseguir títulos”.
Desafio – “Sinto-me preparado para assumir esse grande desafio. Um jogador só não pode ganhar títulos e campeonatos, é uma jovem equipe e tomara que possamos cumprir todos os objetivos desse clube tão grande”.
Competições – “Tenho muita expectativa, muita ansiedade de começar a competir. São objetivos importantes que o clube tem, tanto a Libertadores como também o Brasileirão”.
Sampaoli – “Agradeço ao Sampaoli e sua comissão por terem confiado em mim. Ele fez um grande trabalho e, agora, decidiu sair. O mais importante é que o clube tem um projeto e confiou em mim para esse projeto, independentemente do técnico”.
Características – “Sou um meio-campista ofensivo, que trata de fazer a equipe jogar e de chegar ao gol também. Tomara que aqui possa ser da melhor maneira, como venho fazendo nos últimos anos”.
Recepção – “Na chegada ao aeroporto, os torcedores me receberam muito bem e estou muito contente”.
Cidade do Galo – “Estou começando a conhecer a Cidade do Galo e gostei muito das instalações, são impressionantes. Estou muito feliz por estar aqui”.
Experiência fora da Argentina – “É um crescimento pessoal ter minha primeira experiência fora da Argentina. O projeto do Atlético me convenceu muito e tenho desafios pessoais muito importantes para poder cumprir aqui no Brasil”.
Conversa com Pratto – “Falei com o Lucas Pratto, ele me falou da grandeza do Atlético e me desejou o melhor nesta nova etapa da minha carreira”.
Fotos: Pedro Souza / Agência Galo / Clube Atlético Mineiro
COMENTE ABAIXO:
  Diretor comenta processo de escolha do novo treinador
Propaganda

Atlético-MG

Atlético MG vence e garante 1º lugar

Publicados

em

Por

 

O Atlético garantiu, antecipadamente, o primeiro lugar na fase classificatória do Campeonato Mineiro.

Neste domingo, no Mineirão, o Galo venceu o Boa Esporte por 2 a 1, chegou a 24 pontos e não pode mais ser alcançado por nenhuma equipe.

Tiago Silva abriu o placar para o time de Varginha aos 20 minutos do primeiro tempo. Ainda na etapa inicial, aos 29, Vargas empatou a partida.

No segundo tempo, o Galo pressionou bastante, criou várias oportunidades e marcou o gol da vitória aos 44 minutos, quando Arana converteu o pênalti sofrido por Nacho Fernández.

Libertadores – Agora, o foco é total na estreia na Copa Libertadores da América, quarta-feira (21), contra o Deportivo La Guaira, na Venezuela. O jogo será realizado às 19h (Hora de Brasília), no Estádio Olímpico da Universidade Central da Venezuela (UCV).

Atlético x Boa Esporte - Campeonato Mineiro 2021 - 18/4/2021
Fotos: Pedro Souza / Agência Galo / Clube Atlético Mineiro

 

 

O Galo foi ao ataque pela primeira vez no passe de Nacho para Vargas, mas a defesa adversária conseguiu cortar.

Keno tentou passe pelo alto para Dylan, na grande área, mas o goleiro Carlos Miguel saiu do gol e fez a defesa.

  Equipe que tem o melhor ataque e a que tem a 2ª melhor defesa se confrontam nesta quarta

Aos seis minutos, Nacho cruzou pela esquerda, Alonso escorou a bola de cabeça o a zaga do Boa afastou o perigo.

A equipe visitante abriu o placar aos 20 minutos, com Tiago. Quatro minutos depois, Nacho cobrou falta e o goleiro fez boa defesa.

Vargas teve um gol anulado, aos 25 minutos. No lance, a arbitragem marcou posição irregular do atacante chileno.

O Galo aumentou a pressão e, aos 27, após cruzamento de Arana pela esquerda, Réver cabeceou por cima do gol.

O empate aconteceu aos 29 minutos, quando Arana cruzou pela esquerda, Alonso escorou de cabeça e Vargas mandou a bola para a rede: 1 x 1.

Embalado pelo gol, o Atlético levou perigo na finalização de Nacho, desviada pelo zagueiro. Em seguida, Keno cruzou pela esquerda e a bola atravessou a grande área.

Aos 46, o goleiro Carlos Miguel fez grande defesa no arremate de Vargas.

2º TEMPO

O Galo voltou do intervalo com duas mudanças e criou ainda mais oportunidades na etapa final. Guga e Alonso foram substituídos por Mariano e Sávio, respectivamente.

Aos três minutos, Allan levantou a bola da intermediária e Dylan, na segunda trave, finalizou para fora.

  No último jogo de 2020, Ceará encara o Santos, na Vila Belmiro

Em boa oportunidade, no minuto seguinte, Arana cruzou pela esquerda e Sávio cabeceou para fora.

Aos 14 minutos, Arana arriscou de fora da área e a bola saiu rente ao travessão. Logo depois, Vargas recebeu ótimo passe de Sávio e finalizou para a grande intervenção de Carlos Miguel.

Na chance mais clara da etapa final, aos 16, Dylan cruzou rasteiro pela direita e Vargas concluiu para fora.

Aos 24, Sasha entrou no lugar de Vargas e Marrony no lugar de Dylan.  Em mais uma boa chance atleticana, aos 31, Arana cruzou fechado pela esquerda e a bola atravessou a pequena área.

Aos 33, Keno deixou o campo para a entrada de Nathan. Dois minutos mais tarde, Everson fez boa defesa em finalização de Igor.

Após cruzamento de Mariano pela direita, Réver cabeceou e exigiu grande defesa de Calos Miguel.

Nacho Fernández sofreu pênalti, aos 43 minutos, e Arana cobrou no alto para fazer o gol da virada: Galo 2 x 1.

 

 

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FLAMENGO

CORINTHIANS

SÃO PAULO

PALMEIRAS

MAIS LIDAS DA SEMANA