Brasileirão Série A

Palmeiras vence Atlético-PR no Allians parque por 2 a 1

Publicados

em

O Palmeiras recebeu a equipe do Athletico-PR na noite deste sábado (28), pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro pelo placar de 2 a 1: o zagueiro Luan, de cabeça, abriu a contagem no primeiro tempo após passe de Raphael Veiga; o time paranaense chegou ao empate com Bissoli aos 20 do segundo tempo, mas, aos 27, o Verdão tornou a ficar à frente do marcador com belo gol de Rony após assistência de Deyverson – o camisa 7 havia entrado minutos antes e fez valer a lei do ex. 

O jogador Luan, da SE Palmeiras, comemora seu gol contra a equipe do C Athletico Paranaense, durante partida válida pela décima oitava rodada, do Campeonato Brasileiro, Série A, na arena Allianz Parque. (Foto: Cesar Greco)

Clique aqui para ver a ficha técnica, estatísticas e tudo sobre o jogo!

Com o triunfo, o Maior Campeão do Brasil somou três importantes pontos na tabela e segue na vice-liderança, com 35 pontos, agora mais próximo do líder Atlético-MG, com 38 – o Galo, no entanto, ainda joga pela rodada neste domingo, contra o Red Bull Bragantino, às 20h30, em Bragança Paulista.

  Fluminense vence o Athletico-PR fora de casa e se aproxima do G-6

Sem perder para o Athletico-PR desde 2017, o Palmeiras soma seis vitórias e um empate nos últimos sete confrontos com o time paranaense. Foram duas vitórias em 2018, um triunfo e um empate em 2019, outros dois resultados positivos em 2020, e agora mais uma vitória em 2021, com todos os jogos válidos pelo Campeonato Brasileiro.

Especificamente no Allianz Parque, palco do encontro desta noite, o Verdão soma agora quatro vitórias seguidas contra o Athletico-PR; com isso, o Alviverde igualou a sua maior série de vitórias como mandante contra o Athletico-PR pelo Campeonato Brasileiro, obtida entre 2008 e 2011.

Nos últimos dez jogos em que atuou no Allianz Parque, já com este, o Palmeiras saiu vitorioso em oito – os únicos reveses aconteceram para o Fortaleza, por 3 a 2, e para o Cuiabá, por 2 a 0, ambos pelo Campeonato Brasileiro. Neste período, o Verdão venceu América-MG, Bahia, Grêmio, Santos, Fluminense e, agora, Athletico-PR – estes pelo Brasileiro -, além de Universidad Católica-CHI e São Paulo – pela Libertadores.

Em sua casa, aliás, o time de Abel Ferreira registrou em 2021 a temporada na qual o Verdão tem sua melhor média de gols na recente história do Allianz Parque, inaugurado em 2014: hoje chegou a 44 bolas na rede em 22 jogos na arena, ao lado de 2020 – a média atual, assim como da temporada passada (70 tentos em 35 duelos), é de 2,0 gols por partida. Em seguida, aparecem as temporadas de 2018 e 2017, com média de 1,96 gol por partida.

  As vésperas do duelo contra Atlético/GO, Ceará realiza treino tático

Com os três pontos somados, o Palmeiras segue como a segunda equipe que mais soma pontos no Campeonato Brasileiro desde 2018, ano em que foi decacampeão. De lá para cá, o Verdão conquistou 247 pontos, ficando logo à frente do Internacional, com 218, e atrás somente do Flamengo, atual campeão, com 264 – o Colorado e o Rubro-Negro ainda jogam pela 18ª rodada.

De quebra, o Maior Campeão do Brasil, com os pontos conquistados nesta partida, se manteve como o clube que mais rodadas terminou entre os quatro primeiros do Campeonato Brasileiro desde a implementação do sistema de pontos corridos, em 2003. O Verdão garantiu ocupação no G-4 em 245 vezes com a de hoje, seguido por Corinthians, com 242, e Internacional, com 239. O líder é o São Paulo, com 317.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Brasileirão Série A

Com gol de Calleri, Tricolor vence o Corinthians pelo Brasileirão

Em noite de inauguração do Camarote dos ídolos, no Morumbi, São Paulo derrotou o rival por 1 a 0

Publicados

em

Foi uma noite majestosa no Morumbi! Na inauguração do Camarote dos Ídolos, que reuniu craques que fizeram história no São Paulo, e com apoio incondicional da torcida, o Tricolor venceu o Corinthians por 1 a 0 nesta segunda-feira (18) em duelo válido pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro.

> FOTOS DO CLÁSSICO!

O gol são-paulino no clássico – o primeiro de Rogério Ceni neste retorno ao clube -, foi marcado pelo argentino Calleri. Com a importante vitória no Majestoso, o Tricolor subiu para a 12ª colocação, agora com 34 pontos.

O próximo compromisso no torneio nacional será diante do Red Bull Bragantino no domingo (24), às 18h15, no Estádio Nabi Abi Chedid.

Para encarar o rival, o time não contou com Igor Vinícius (aprimora a forma física após trauma no olho esquerdo), William (artroscopia no joelho), Luan (avulsão tendínea de adutor da coxa esquerda), Galeano (trauma no tornozelo direito) e Rigoni (pequeno estiramento no músculo posterior da coxa esquerda), além de Miranda (suspenso pelo terceiro amarelo).

  Corinthians e Atlético GO empatam de 1 a 1 na Série A

Já o zagueiro Arboleda retornou após três jogos – estava com a seleção equatoriana nas Eliminatórias para a Copa do Mundo. Assim, o técnico Rogério Ceni escalou a equipe com Volpi; Orejuela, Arboleda, Léo e Reinaldo; Liziero, Gabriel Sara, Igor Gomes e Benitez; Luciano e Calleri.

Com um início frenético e contagiado pelos torcedores, o Tricolor logo partiu para cima do adversário e balançou as redes aos dois minutos com Luciano. A arbitragem, porém, invalidou o gol do camisa 11 e assinalou impedimento.

E com uma postura ofensiva, o São Paulo largou na frente aos seis minutos: Reinaldo avançou pela esquerda e cruzou na medida para Calleri, que desviou para abrir o placar! 1 a 0!

Na volta para a etapa complementar, o uruguaio Gabriel entrou no lugar de Benitez. O time são-paulino seguiu dominante e ditou o ritmo do clássico. Aos 37 minutos, Luciano arriscou de fora da área e acertou uma bomba na trave.

Empurrada pela força das arquibancadas, a equipe não permitiu a reação do Corinthians e conquistou uma importante vitória no Majestoso! 1 a 0.

SÃO PAULO 1 x 0 CORINTHIANS

  Palmeiras é superado pelo CRB-AL nas penalidades pela Copa do Brasil

Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 18/10/2021 (segunda-feira)
Gol: Calleri (6/1T)
Cartões amarelos: Arboleda, Liziero e Gabriel (SPFC) João Victor e Roger Guedes (Corinthians)
Público pagante: 23.874 torcedores
Renda: R$ 1.076.213,00

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e Jose Eduardo Calza (RS)
Quarto Árbitro: Thiago Lourenço de Mattos (SP)
Analista de Campo: Carlos Donizeti Pianosqui (SP)
Árbitro de Vídeo: Daniel Nobre Bins (RS)
AVAR: Andre da Silva Bitencourt (RS)
Observador de VAR: Sergio Correa da Silva (RJ)

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Orejuela (Diego Costa, 42/2T), Arboleda, Léo e Reinaldo; Liziero, Gabriel Sara (Marquinhos, 35/2T), Igor Gomes e Benitez (Gabriel, intervalo); Luciano (Rodrigo Nestor, 42/2T) e Calleri (Pablo, 31/2T). Técnico: Rogério Ceni.

Corinthians: Cássio; Du Queiroz, João Victor, Gil e Fábio Santos; Cantillo (Jô), Adson (Gustavo Silva), Renato Augusto e Giuliano; Gabriel Pereira e Roger Guedes. Técnico: Sylvinho.

fone: http://www.saopaulofc.net/noticias/noticias/campeonato-brasileiro/2021/10/18/com-gol-de-calleri,-tricolor-vence-o-corinthians-pelo-brasileirao

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FLAMENGO

CORINTHIANS

SÃO PAULO

PALMEIRAS

MAIS LIDAS DA SEMANA