Brasileirão Série B

Vasco é superado pelo Guarani na 33ª rodada do Campeonato Brasileiro

Publicados

em

O Vasco da Gama foi superado pelo Guarani por 1 a 0, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com esse resultado, o Cruzmaltino se manteve com 47 pontos e na 8ª posição. O próximo compromisso do Gigante da Colina será no próximo domingo (07/11), diante no Botafogo, às 16h, em São Januário.

Foto: Rafael Ribeiro/Vasco

O JOGO

O Vasco começou a partida ocupando boa parte do campo de defesa do adversário. Porém foi do Guarani a primeira oportunidade na partida, Junior Todinho recebeu dentro da área, levantou a bola e emendou um bicicleta. O goleiro Lucão, atento no lance, fez boa defesa e jogou pela linha de fundo. A primeira investida vascaína veio aos 23 minutos, Marquinhos Gabriel recebeu na entrada da área, limpou a marcação e arriscou a finalização de fora da área. A bola acabou desviando na zaga adversária e saiu em escanteio.

Aos 38, Riquelme avançou pela esquerda, recebeu de Nenê e encheu o pé. A bola acabou ficando nas mãos do goleiro Rafael Martins. Aos 45, Morato acionou Marquinhos Gabriel dentro da área e o camisa 31 escorou de primeira para Riquleme. O camisa 45 passou o pé em cima da bola, arriscou a finalização e carimbou a trave adversária. No minuto seguinte, Andrey arriscou a finalização da entrada da área, a bola desviou na defesa e saiu raspando a trave.

O Vasco voltou para a segunda etapa buscando incomodar a defesa adversária. Os primeiros 20 minutos foram de pressão do adversário e o Gigante da Colina soube administrar as ações defensivas. A primeira investida vascaína veio aos 25 minutos, Germán Cano recebeu dentro da área, girou para cima da marcação e acabou finalizando em cima do goleiro. Aos 38, Riquelme ganhou uma disputa no alto, na entrada da área e a bola foi na direção de German Cano. O lateral Bidú tocou com a mão na bola e o árbitro Leandro Pedro Voaden marcou a penalidade, após checar o VAR. German Cano foi para cobrança e o goleiro adversário pegou. Aos 43, após rápido contra-ataque o atacante Pablo abriu o placar: 1 a 0.

FICHA TÉCNICA

GUARANI 1 X 0 VASCO

Campeonato Brasileiro – 33ª rodada

Local: Estádio Brinco de Ouro da Princesa (SP)

Data: Quinta-feira, 04/11/2021

Horário: 19h (Brasília)

Árbitro: Leandro Pedro Voaden (RS)

Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e José Eduardo Calza (RS)

VAR: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)

Cartões Amarelos: Riquelme e Jhon Sanchez (Vasco) / Rodrigo Andrade e Índio (Guarani)

Gols: Pablo 43’/2T;

VASCO DA GAMA: Lucão, Zeca (Léo Matos), Ricardo Graça (Daniel Amorim), Leandro Castan e Riquelme (MT); Bruno Gomes, Andrey (Jhon Sanchez), Marquinhos Gabriel e Nenê; Morato (Gabriel Pec) e German Cano – Técnico: Fernando Diniz

GUARANI: Rafael Martins, Diogo Matheus, Thales, Ronaldo Alves e Bidú; Bruno Silva, Rodrigo Andrade (Índio) e Régis (Andrigo); Julio César (Pablo), Bruno Sávio e Júnior Todinho (Allan Victor) – Técnico: Daniel Paulista

COMENTE ABAIXO:
  CSA atropela Confiança e com goleada de 5 a 1 cola no G-4
Propaganda

Brasileirão Série B

Cruzeiro e Náutico empatam pela serie B

Publicados

em

Fim da disputa na Série B do Brasileiro para Cruzeiro e Náutico. As duas equipes empataram sem gols em jogo válido pela 38ª, e última, rodada da competição. A partida aconteceu no Mineirão, em Belo Horizonte, na noite desta quinta-feira (25).

A Raposa se despede da Série B deste ano com 48 pontos, atualmente em 11º lugar. Já o Timbu somou 53 pontos e termina em oitavo.

O jogo

O Cruzeiro pressionou o Náutico na etapa inicial do Mineirão. Logo aos seis, Marcelo Moreno recuperou a bola no ataque, limpou a marcação e chutou firme, mas a bola foi sobre o gol. Na altura dos 28, Rômulo fez o goleiro Anderson trabalhar em finalização de fora da área. O arqueiro apareceu novamente em chute de Claudinho.

A pressão da Raposa só aumentou. Aos 33, Giovanni chutou colocado e o goleiro do Náutico operou uma grande defesa. No ataque seguinte, Anderson espalmou uma pancada de Eduardo Brock. O Timbu apenas ameaçou aos 45, em desvio de Thássio, que passou próximo à trave. O time celeste terminou a primeira etapa com 16 finalizações, mas o placar foi mantido.

  Guarani bate o Londrina e vence segunda consecutiva na Série B

No segundo tempo, o Cruzeiro iniciou com o mesmo ritmo. Na altura dos seis, Wellington Nem cabeceou de dentro da pequena área, mas Anderson defendeu. Já aos dez, foi a vez de Marcelo Moreno arriscar o chute, porém a bola foi para fora.

Com um ritmo intenso na volta do intervalo, a partida ficou mais cadenciada a partir dos 20 minutos. O time mineiro seguiu com a posse, mas o Náutico conseguiu se estruturar melhor no campo de defesa, dificultando o ataque cruzeirense. Na reta final, o Cruzeiro teve mais algumas oportunidades, mas não foi às redes e o placar terminou 0 a 0.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FLAMENGO

CORINTHIANS

SÃO PAULO

PALMEIRAS

MAIS LIDAS DA SEMANA