Corinthians

Estreia de Edu Gaspar no Corinthians completa 23 anos nesta segunda-feira

Volante fez sua primeira partida com a camisa alvinegra contra a Caldense, em amistoso vencido pelo Timão por 4 a 1

Publicados

em

 

A estreia do ex-volante do Timão Edu Gaspar completa 23 anos nesta segunda-feira (18). O primeiro jogo do ex-atleta com a camisa corinthiana foi contra a Caldense, em amistoso realizado no estádio Antônio Barbosa Pinto da Fonseca. Edu entrou no segundo tempo e participou da goleada corinthiana por 4 a 1.

Para este duelo, Vanderlei Luxemburgo, à época treinador do Corinthians, escalou o Corinthians com Ronaldo; Rodrigo, Célio Silva, Alexandre Lopes, Sylvinho; Marcelinho Paulista, Fábio Augusto, Rincón, Souza; Mirandinha e Edílson.

Ainda no primeiro tempo, Edílson marcou dois gols para o Corinthians e deixou o Timão em vantagem no placar. Na segunda etapa, Luxemburgo trocou todo time e Edu Gaspar estava entre os escolhidos para atuar. Mesmo com a mudança, o Alvinegro não mudou de postura e marcou mais dois gols, com Lênin e Fernando Diniz.

No Corinthians, Edu Gaspar jogou 121 jogos e marcou um gol. Antes de se transferir para o Arsenal (ING), o ex-volante conquistou dois Campeonatos Brasileiros, um Paulistão e um Mundial de Clubes FIFA.

Logo depois de se aposentar, Edu virou dirigente em 2011. Como Gerente de Futebol do Corinthians, o ex-volante participou das conquistas de dois títulos brasileiros (2011 e 2015), um paulista (2013), uma Recopa Sul-Americana (2013), uma Libertadores (2012) e o Bi do Mundial de Clubes da FIFA (2012).

  ALE Combustíveis apresenta websérie que retrata conquistas marcantes na trajetória do Corinthians

 

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Corinthians

Corinthians derrota o Ituano pelo Paulistão na Neo Química Arena

Timão supera a equipe de Itu por 2 a 0 e agora foca na estreia da Sul Americana

Publicados

em

 

Na noite de domingo (18), o Corinthians entrou novamente em campo pela maratona de jogos do Paulistão. Na Neo Química Arena, o Timão recebeu o Ituano, em partida válida pela sexta rodada do estadual. Dentro de campo, o Alvinegro venceu o adversário por 2 a 0, com gols de Otero e Jô.

Com o resultado, o Corinthians chega a 18 pontos em nove jogos pelo estadual e é líder do Grupo A, composto também por Santo André, Botafogo-SP e Inter de Limeira.

Nos primeiros cinco minutos, a partida esteve muito equilibrada com as duas equipes brigando pela posse de bola no meio campo. O Timão chegou pela primeira vez ao campo de ataque aos seis minutos. Após boa saída do campo de defesa, Luan recebeu de João Victor e arrisca de fora da área. A bola passou por cima do gol. No lance seguinte, Otero fez grande jogada pela esquerda e a bola fez uma curva, passando muito perto do gol.

O Corinthians começou a se arriscar mais no campo de ataque e conseguiu criar uma grande chance. Aos 17 minutos, Jô recebeu bom passe de Lucas Piton dentro da área, girou e, mesmo desequilibrado, finalizou a bola na trave. A primeira grande chance do Coringão no jogo.

  De olho no Fluminense, Timão faz treino de posse de bola e finalizações

E o Timão seguiu criando chances. Na metade da primeira etapa, Léo Natel dominou perto da entrada da intermediária e chutou com força para o gol. A bola passou perto da trave direita do goleiro do Ituano.

Aos 28 minutos,
Luan deu grande passe para Léo Natel dentro da área. O camisa 18 dominou e
chutou com força, mas o goleiro defendeu. Após o lance, a arbitragem marcou
impedimento do atacante corinthiano.

Ao bater 45 minutos, a árbitra Edina Alves Batista acrescentou mais três minutos. Durante o período adicionado, o Corinthians abriu o placar. Com grande jogada de João Victor pela direita, o lateral tocou para Léo Natel, que cruzou na cabeça de Otero. O venezuelano abriu o placar para o Timão no último lance do primeiro tempo.

A segunda etapa começou com as duas equipes indo ao ataque e buscando balançar as redes, mas ninguém conseguia chegar com grande perigo ao gol adversário.

Aos 18 minutos, o Timão ampliou o placar com Jô. Camacho recebeu passe na linha de fundo e cruzou rasteiro para o camisa 77 ampliar para o Alvinegro. Com o gol, o atacante Filho do Terão alvinegro chegou a marca de 24 gols na Neo Química Arena.

  Jogo frio termina em 0 a 0 para Corinthians e Atlético - GO

Logo depois do gol corinthiano, a árbitra assinalou pênalti para a equipe de Itu. Após oito minutos de revisão no VAR, Edina voltou atrás e marcou apenas bola ao chão. A partida recomeçou aos 30 minutos.

O técnico Vagner Mancini fez três alterações de uma vez só aos 42 minutos. Entraram Gabriel Pereira, Ramiro e Roni, nos lugares de Léo Natel, Camacho e Xavier, respectivamente.

Após grande paralisação por conta do VAR, a arbitragem acrescentou mais 12 minutos. Mancini aproveitou também para realizar mais duas substituições. Otero e Luan saíram para as entradas do chileno Angelo Araos e Léo Santos, que voltou a atuar em uma partida do Timão após dois anos. Após as substituições não deu tempo de mais nada e o Corinthians conquistou sua quinta vitória no Paulistão.

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FLAMENGO

CORINTHIANS

SÃO PAULO

PALMEIRAS

MAIS LIDAS DA SEMANA