campeonato paulista

Já classificado, Corinthians derrota o Novorizontino pela última rodada do Paulistão 2021

Na Neo Química Arena, Alvinegro faz 2 a 1 e enfrentará a Inter de Limeira nas quartas de final

Publicados

em

O Corinthians disputou no final da tarde de domingo a sua última partida pela fase de grupos do Campeonato Paulista 2021. Já classificado à fase de mata-mata, a equipe alvinegra encarou o Novorizontino na Neo Química Arena, em embate pela 12ª rodada. Dentro de campo, o Timão venceu por 2 a 1. Fábio Santos e Mandaca marcaram os gols alvinegros.

Timão escalado

O técnico Vagner Mancini poupou parte do elenco do confronto deste domingo em virtude da sequência de partidas decisivas da semana, que incluem a partida de quartas de final do Paulista e a quarta rodada da fase de grupos da Conmebol Sul-Americana. Além disso, teve o desfalque do volante Victor Cantillo, em recuperação de uma lesão muscular. Mas contou com o retorno de Xavier, que se recuperou de pancada no tornozelo.
Assim, o comandante alvinegro mandou a campo um onze inicial com: Matheus Donelli; Mandaca, Bruno Méndez, Gil, Fábio Santos; Camacho, Roni, Mateus Vital, Gabriel Pereira, Gustavo Silva; Jô. À disposição estavam: os goleiros Caique França e Guilherme; os jogadores de linha Léo Santos, Matheus Araújo, Léo Natel, Araos, Felipe, Antony, Adson, Rodrigo, Xavier, Vitinho.

Bola em jogo

Os dois times iniciaram a partida estudando um ao outro e, no caso do Timão, buscando o melhor entrosamento. Assim, a partida ficou bastante travada no meio-campo e sem muitas ocasiões de gol nos minutos iniciais. A primeira chance clara aconteceu aos 21 minutos: Mandaca cobrou lateral na área, Jô desviou duas vezes de cabeça e mandou na direção da marca do pênalti para Camacho, mas o zagueiro afastou antes da bola chegar.
Dois minutos depois veio a segunda tentativa alvinegra, mais uma vez com Mandaca iniciando o lance. O estreante cruzou na área para Gustavo Silva, e o camisa 19 tocou de cabeça para Jô. O camisa 77 tentou cabecear, mas a bola chegou alta demais e sua tentativa saiu sobre o gol. Aos 30, Gabriel Pereira recebeu livre na entrada da área, limpou um marcador e arriscou, mas a bola ficou na zaga.
A principal oportunidade até então ocorreu aos 34 minutos. Roni achou Gabriel Pereira, que ajeitou para Mateus Vital na intermediária. O camisa 22 dominou e chutou colocado de fora da área, e a bola bateu na trave esquerda. E aos 38, o Timão abriu o placar: Gustavo Silva foi lançado na meia-direita e cruzou na área, e o zagueiro cortou com o braço. Pênalti marcado pelo árbitro Luiz Flávio de Oliveira, que Fábio Santos converteu com categoria.
O juiz deu quatro minutos de acréscimo na primeira etapa, e o Timão chegou duas vezes aos 48 minutos. Na primeira, Mandaca roubou bola e tocou para Gustavo Silva, que arriscou de fora da área e o goleiro pegou. Na sequência, Vital fez boa jogada e tocou para o camisa 19, que cruzou na área para Jô, mas a bola foi forte demais e o centroavante não alcançou. Foi a última ocasião de gol da primeira etapa.

Segundo tempo

O Timão retornou a campo com a mesma equipe que foi para os vestiários no intervalo. Assim, a primeira chance veio aos seis minutos. Roni roubou bola na intermediária e tocou para Gustavo Silva, que driblou a marcação na velocidade e chutou de perna esquerda, e a bola foi perto da trave esquerda. Dois minutos depois, Matheus Donelli fez sua primeira defesa no jogo em bola chutada de fora da área e espalmada pelo goleiro.
Aos 14 minutos, o árbitro marcou pênalti em chegada de Bruno Méndez sobre o atacante Jenison e Douglas Baggio empatou o jogo convertendo a cobrança. Logo no minuto seguinte, Vagner Mancini realizou duas mudanças no time: Adson e Léo Natel entraram nas vagas de Gabriel Pereira e Jô.
Mas o Timão não ficaria nem dois minutos atrás no placar. Aos 17, em cobrança de escanteio na área vinda da direita, Fábio Santos desviou e Mandaca completou de cabeça na segunda trave, fazendo 2 a 1 – foi o primeiro gol do atleta logo em sua estreia como profissional, e o atleta de 19 anos comemorou com muita emoção.
Aos 32 minutos, Mancini realizou mais duas alterações no Coringão: saíram Roni e Mateus Vital, e entraram Felipe e Matheus Araújo. E quatro minutos depois, Mandaca deixou o gramado para a entrada de Léo Santos. O Timão ainda dominou a posse de bola e teve ao menos três chegadas ao gol adversário, mas estava sacramentado o placar e a vitória alvinegra!

Próximo jogo

O Timão aguarda definição da Federação Paulista de Futebol sobre a partida contra a Inter de Limeira, adversário já conhecido das quartas de final. Também nesta semana, o Alvinegro entra em campo na quinta-feira (15), para enfrentar o Peñarol (URU) em Montevidéu, pela 4ª rodada da fase de grupos da Sul-Americana.

 

  Corinthians é superado na Neo Química Arena

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

campeonato paulista

O São Paulo supera o Palmeiras e é o campeão paulista de 2021

Publicados

em

O Estádio Cícero Pompeu de Toledo recebeu, na tarde de domingo (23), a decisão do Campeonato Paulista 2021, com o jogo entre o São Paulo e o Palmeiras, que haviam empatado a primeira partida da final por 0 a 0 na última quinta-feira (20). Na finalíssima, o Tricolor fez valer a melhor qualidade técnica e o mando de campo e venceu o rival por 2 a 0, com gols de Luan e Luciano!

Desfalcado de Daniel Alves (com uma entorse no joelho direito) e Benitez (com um estiramento no músculo adutor da coxa esquerda), mas com os retornos de Luciano e Eder, no banco de reservas, o técnico Hernán Crespo escalou o São Paulo com Volpi; Arboleda, Miranda e Léo; Igor Vinícius, Luan, Liziero, Gabriel Sara, Igor Gomes e Reinaldo; Pablo.

Logo aos quatro minutos de jogo, Léo passou para Pablo que, na entrada da área, arrematou, mas a bola foi para fora antes de a arbitragem anotar o impedimento do atacante. A partida, então, ficou mais truncada e, aos nove minutos e 24 minutos, Lizeiro e Igor Gomes foram advertidos. Pouco antes, aos 21 minutos, Igor Gomes avançou pela direita e chutou cruzado, mas a bola passou rente a meta.

  Corinthians vence o Botafogo e quebra um tabu de oito jogos sem vencer na casa do adversário

O Tricolor seguia na pressão e foi a vez dos palmeirenses receberem o cartão amarelo: Renan, aos 31, por barrar o contra-ataque de Igor Gomes, e Lucas Lima (no banco), aos 33, por reclamação. A postura em campo dos são-paulinos foi recompensada aos 36 minutos, quando Felipe Melo, do rival, afastou mal um cruzamento nos pés de Luan, que ajeitou e bateu para o gol. A bola chegou a, ainda, desviar no mesmo oponente antes de atingir as redes! São Paulo 1 a 0!

Após o intervalo, Crespo fez a primeira alteração no Tricolor: Luciano entrou no lugar de Pablo. Nos primeiros toques, Luciano quase ampliou o marcador, aos cinco minutos: o atacante aproveitou falha adversária, invadiu a área, mas chutou pra fora.

Aos 17 minutos, Luan sentiu uma contusão e deu lugar a Rodrigo Nestor. Outra substituição no Tricolor foi a entrada de Joao Rojas na vaga de Igor Gomes, aos 28 minutos. Pouco depois, nova chance criada por Luciano quase resultou em gol de Gabriel Sara, que mandou a bola por cima do travessão.

  Corinthians goleia o River Plate-PAR pela Conmebol Sul-Americana 2021

O São Paulo era dominante e o não tardou para se valer ainda mais no placar: Aos 31 minutos, Rodrigo Nestor avançou pela esquerda e cruzou para á área. Luciano ganhou do marcador e fez o segundo gol do Tricolor! São Paulo 2 a 0!

A partir disso, os são-paulinos controlaram a partida. Houve tempo, ainda, de William entrar no lugar de Liziero, aos 37 minutos, e mais nada. O São Paulo é campeão paulista de 2021! O 22º título estadual do Tricolor!

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FLAMENGO

CORINTHIANS

SÃO PAULO

PALMEIRAS

MAIS LIDAS DA SEMANA