campeonato mineiro

Cruzeiro goleia Patrocinense e duela com América na semi-final do campeonato

Publicados

em

Com uma bela atuação e buscando o gol a todo momento, o Cruzeiro goleou a equipe do Patrocinense neste domingo, por 4 a 0, no Mineirão e garantiu uma vaga nas semifinais do Campeonato Mineiro. Os gols celestes foram marcados por William Pottker (2), Matheus Barbosa e Jadson.

Com o resultado, a equipe cinco estrelas terminou a fase de classificação da competição na terceira posição, com 20 pontos. O adversário na semifinal será o América-MG. As partidas acontecem nos dois próximos finais de semana. Por ter terminando na segunda colocação, o rival possui vantagem de dois resultados iguais.

Além dos dois gols marcados, o atacante William Pottker também anotou uma assistência para o gol de Matheus Barbosa. Outro destaque da partida foi a estreia do jovem Geovane, que pela primeira vez atuou na equipe profissional do Cruzeiro.

O jogo

O Cruzeiro começou a partida pressionando o adversário. Logo aos dois minutos, Adriano tocou para Pottker que finalizou de fora da área para fazer Cruzeiro 1 a 0.

Aos seis minutos, Rômulo tocou para Matheus Pereira que foi na linha de fundo e cruzou para área. Matheus Barbosa subiu mais alto que a defesa, mas cabeceou para fora. Três minutos depois, o adversário chegou com perigo, Maykon Lucas arriscou de fora da área e Fábio mandou para escanteio.

  Cruzeiro vence o Operário em Ponta Grossa-Pr na reestreia de Felipão

A Raposa chegou com perigo novamente aos 21 minutos. Matheus Barbosa roubou a bola da zaga e tocou para William Pottker, o atacante mandou para o gol, mas a bola desvio e saiu para escanteio.

Rômulo cobrou falta para área, aos 32 minutos, William Pottker subiu mais alto que a zaga e cabeceou para o gol, mas o goleiro mandou para escanteio. Aos 37, o Cruzeiro chegou novamente com Rômulo. O meio-campista cobrou falta, o goleiro espalmou e no rebote Pottker quase marcou o segundo.

Logo no primeiro minuto o Cruzeiro fez uma blitz na defesa do Patrocinense. Matheus Barbosa arriscou de longe, o goleiro rebateu e no rebote Weverton mandou para fora de cabeça. Aos três minutos saiu o segundo gol celeste. William Pottker cruzou e Matheus Barbosa mandou de cabeça para o fundo do gol: 2 a 0.

O terceiro saiu logo depois. Aos seis minutos, Pottker roubou a bola da defesa, passou pelo goleiro e mandou para o gol. Cruzeiro 3 a 0.

Aos 15 minutos, Rômulo cruzou da esquerda para Stênio que cabeceou para fora. Aos 27, o Cruzeiro roubou a bola no campo de ataque, a bola chegou para Rômulo, pela esquerda. O camisa 27 finalizou no capricho, buscando o ângulo, mas o chute foi para fora.

  Cruzeiro empata com o Botagofo em 3 a 3, no Rio de Janeiro

O Cruzeiro seguiu em busca do quarto gol. Aos 45 minutos, Geovane, que fazia sua estreia na equipe profissional, arriscou de longe e o goleiro rebateu. Na sequência da jogada, Pottker recuperou a bola que chegou até Jadson, o volante arriscou de longe de fez Cruzeiro 4 a 0.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

América - MG

América empata com o Galo no primeiro jogo da final do Mineiro

Publicados

em

O América empatou sem gols no primeiro confronto do Campeonato Mineiro 2021 com o Atlético-MG, na Arena Independência. Em duelo bastante disputado, o Coelhão dominou as ações do jogo, segurou o ímpeto rival e saiu de campo com a igualdade.

A partida de volta está marcada para as 16h30 do próximo sábado, no Mineirão.

O JOGO

O primeiro tempo foi bastante estudado e truncado, com o América chegando aos poucos ao ataque e conseguindo segurar bem as investidas ofensivas rivais. Com ligeira maior posse de bola na etapa inicial, o Coelhão rodou bem o jogo e foi testando a defesa do Atlético-MG, que se fechava pelo meio e tentava impedir os avanços americanos pelas pontas.

O meio campo do América deu uma boa dinâmica no confronto, buscando encontrar as brechas deixadas pelo adversário. Enquanto isso, a defesa americana dava poucos espaços, com Matheus Cavichioli trabalhando pontualmente e bem.

No segundo tempo, a partida continuou sem muitas chances para jogadas mais bem trabalhadas, mas os americanos conectavam passes rápidos e assertivos para chegar à área rival. Aos 6 minutos, o goleiro Éverson acertou um chute em Anderson dentro da área atleticana, mas a arbitragem não viu falta, mesmo com o VAR.

  Cruzeiro vence o Operário em Ponta Grossa-Pr na reestreia de Felipão

Aos 29, o Coelhão ficou com um homem a mais em campo após expulsão de Allan por puxão em Ademir, que partia em direção ao gol rival. O América, então, continuou a dominar as ações da partida, mas o placar ficou sem ser alterado.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FLAMENGO

CORINTHIANS

SÃO PAULO

PALMEIRAS

MAIS LIDAS DA SEMANA