Flamengo

Com dois de BH, Flamengo vence o Barcelona por 2 a 0 e vai decidir a Libertadores com o Palmeiras

Mais Querido volta à final da maior competição do continente dois anos após conquistar o bi em Lima

Publicados

em

GUAYAQUIL – Campeão da Copa Conmebol Libertadores em 1981, o Flamengo esperou 38 anos para voltar à final da Copa. Desta vez o tempo de espera para a Nação foi bem menor. Após conquistar o bicampeonato em 2019 com a vitória sobre o River Plate por 2 a 1, em Lima, o Mais Querido está de novo na decisão. Com a vitória de 2 a 0  sobre o Barcelona de Guayaquil, com mais uma grande atuação de Bruno Henrique, o Rubro-Negro decidirá a Libertadores com o Palmeiras, no dia 27 de novembro, em Montevidéu. Final que reunirá os dois últimos campeões da competição.

Com a vitória em Guayaquil, o Mengão completou 17 jogos de invencibilidade na Libertadores, se igualando ao recordista Sporting Cristal (Peru). A última derrota foi para o Del Valle, em 17 de setembro de 2020. Além disso, o Flamengo se isolou como o melhor ataque da atual edição, com 32 gols. Pra completar, o técnico Renato Gaúcho chegou a 50 vitórias na Libertadores e se tornou o treinador mais vitorioso da Copa.

Com menos de dez minutos, o Flamengo perdeu o zagueiro David Luiz, com um problema muscular na coxa esquerda. Gustavo Henrique entrou em seu lugar. A saída do zagueiro não abateu o time, que aguentou bem uma pequena pressão do Barcelona. Os espaços começaram a aparecer e aos 17 minutos, Everton Ribeiro, com um passe espetacular, deixou Bruno Henrique livre para marcar. O atacante driblou o goleiro e fez 1 a 0 para o Mengão.

A vantagem no placar, que já era boa desde o início, ficou ainda melhor. Com 3 a 0 no agregado, o Flamengo só deixaria de ir à final se levasse quatro gols sem marcar mais nenhum. E o segundo só não saiu aos 20 por capricho. Numa jogada sensacional do ataque rubro-negro, Andreas Pereira acertou a trave com um lindo chute.
    
Apesar da desvantagem, o Barcelona não desanimou. E só não marcou porque Diego Alves, com mais uma grande atuação, apareceu muito bem, com grandes defesas. na primeiras etapa.

O segundo tempo começou com um golaço do Flamengo. Num contra-ataque de almanaque, Gabi deu passe magistral para Everton Ribeiro, que penetrou e tocou para Bruno Henrique completar para o gol e fazer 2 a 0.

BARCELONA (EQU): Burrai, Castillo, León, Riveros e Pineida; Carcelén (Perlaza), Piñatares, Preciado (Damián Diaz), Martinéz e Garcés (Cortez); Mastriani. TÉCNICO: Fabian Justos

FLAMENGO: Diego Alves, Isla, Rodrigo Caio, David Luiz (Gustavo Henrique) e Filipe Luiz (Renê); Willian Arão, Andreas Pereira (Bruno Viana), Everton Ribeiro e Arrascaeta (Pedro); Gabi e Bruno Henrique (Michael). TÉCNICO: Renato Gaúcho.

GOLS: Primeiro tempo – Bruno Henrique aos 17 minutos. Segundo Tempo – Bruno Henrique aos 4 minutos

JUIZ: Roberto Tobar (Chile):

CARTÕES AMARELOS:  Andreas Pereira, León, Piñatares, Willian Arão.

Fonte: https://www.flamengo.com.br/noticias/futebol/com-dois-de-bh–flamengo-vence-o-barcelona-por-2-a-0-e-vai-decidir-a-libertadores-com-o-palmeiras

COMENTE ABAIXO:
  Para se classificar na Copa do Brasil, Athletico precisa vencer o Flamengo com dois gols de diferença
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Brasileirão Série A

Com direito a golaço de falta, Flamengo vence o Juventude por 3 a 1 no Maraca

Mais Querido decide o jogo ainda na primeira etapa com Kenedy, Pedro e Andreas, que encerrou um longo jejum de gols de falta

Publicados

em

Por

Pela 26ª rodada do Brasileirão, o Flamengo venceu o Juventude por 3 a 1 na noite desta quarta-feira (13), no Maracanã. Os gols do Mengão foram marcados por Kenedy, Pedro e Andreas Pereira, num lindo gol de falta que encerrou o jejum de 1221 dias. Com o resultado, o Mengão somou 45 pontos, se manteve na segunda colocação do campeonato e segue na cola do líder Atlético-MG.

O jogo
O Flamengo começou a partida imprimindo um ritmo forte e pressionando o Juventude em seu campo de defesa. E não demorou muito pro Mengão abrir o placar! Kenedy arrancou pelo lado direito, tabelou com Pedro, que deu um passe de calcanhar, limpou a marcação e chutou forte para estufar as redes e marcar seu primeiro gol com o Manto Sagrado: 1 a 0.

Aos 25’, o Mais Querido ampliou o marcador! Michael roubou a bola no ataque e cruzou rasteiro para o meio da pequena área. Pedro, bem colocado como sempre, só escorou para o gol: 2 a 0. O time rubro-negro atuava muito bem distribuído em campo e sufocava o Juventude, que mal conseguia atacar.

Acabou o jejum! Após 1221 dias, o Mengão voltou a fazer um gol de falta, em cobrança espetacular de Andreas Pereira, que bateu com perfeição no ângulo esquerdo de Douglas Friedrich: 3 a 0.

No segundo tempo, o Fla cadenciou mais o jogo e passou a valorizar ainda mais o toque de bola. Aos 11’, o Juventude diminuiu a diferença com William Matheus, que após escanteio, desviou de cabeça para as redes: 3 a 1. Mesmo após sofrer o gol, o time rubro-negro continuava tendo o controle total da partida e administrava a vantagem.

Aos 39’, Andreas quase marcou outro gol de falta. A bola explodiu no travessão. Em mais uma boa atuação coletiva, o Mengão impôs seu jogo e venceu com autoridade no Maraca.

Próximo compromisso
O Rubro-Negro volta a campo no próximo domingo (17) para enfrentar o Cuiabá, às 20h30, no Maracanã, pela 27ª rodada do Brasileiro.

Ficha técnica
Flamengo 3×1 Juventude – 26ª Rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Maracanã-RJ
Data: 13/10/2021
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Assistentes: Bruno Raphael Pires (GO) e Christian Passos Sorence (GO)
Cartões amarelos: Quintero (JUV), William Matheus (JUV), Filipe Luís (FLA), Vitor Mendes (JUV) e Renê (FLA)
Gols: Kenedy (11’1ºT), Pedro (25’1ºT), Andreas (34’1ºT) e William Matheus (11’2ºT).

Escalação do Fla
Diego Alves; Matheuzinho, Rodrigo Caio, Léo Pereira e Filipe Luís (Renê); Willian Arão, Thiago Maia (Lázaro) e Andreas (Bruno Viana); Michael, Kenedy (Rodinei) e Pedro (Vitor Gabriel).
Técnico: Renato Gaúcho.

Escalação do Juventude
Douglas Friedrich; Paulo Henrique, Quintero, Vitor Mendes e William Matheus; Rafael Forster (Didi), Ricardinho e Guilherme Castilho (Capixaba); Paulinho Boia, Wagner (Chico Kim) e Ricardo Bueno (Marcos Vinicios).
Técnico: Marquinhos Santos.

Fonte: https://www.flamengo.com.br/noticias/futebol/com-direito-a-golaco-de-falta–flamengo-vence-o-juventude-por-3-a-1-no-maraca

COMENTE ABAIXO:
  Mengão bate o América-MG por 2 a 0 e mantém os 100% de aproveitamento no Brasileirão
Continue lendo

FLAMENGO

CORINTHIANS

SÃO PAULO

PALMEIRAS

MAIS LIDAS DA SEMANA