Bragantino

Fluminense empata com o Bragantino e soma ponto fora de casa

Tricolor segue invicto nesta edição e embala sequência de 12 jogos sem perder no Brasileirão

Publicados

em

Neste domingo, Fluminense foi novamente à Bragança Paulista enfrentar o Bragantino, dessa vez pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. Após conquistar a vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil contra a equipe paulista, o Fluminense conseguiu trazer mais um ponto de São Paulo. Mesmo sofrendo dois gols no quinto e nos acréscimos do primeiro tempo, com Lucas Evangelista e Ytalo, o Tricolor se organizou e buscou o jogo, conseguindo o empate com Caio Paulista e Abel Hernández, já nos acréscimos. O Fluminense segue invicto na competição e mantém uma sequência de  12 jogos sem perder.

Seja Sócio e receba conteúdos exclusivos, além de ter descontos em vários parceiros. Faça o Fluminense mais forte e escolha um plano agora!

 

Primeiro tempo

Aos quatro minutos, Lucas Evangelista e Ytalo tabelaram na entrada da área, mas Egídio cortou bem na cobertura. No lance seguinte, uma saída errada do Fluminense, Lucas Evangelista recebeu do Ytalo, com espaço, chutou forte, de fora da área, para marcar 1 a 0 Bragentino. Aos 12, o Fluminense pressionou a saída de bola e Yago Felipe recebeu a falta na disputa de bola. David Braz bateu na barreira. Aos 15, Abel fez boa jogada pela esquerda e ficou com o escanteio. Após duas cobranças seguidas, a bola ficou com Yago na direita, que cruzou com perigo, mas a zaga cortou. Fluminense se firmou no campo de ataque. Aos 25, Aderlan tentou um chute forte, por cima do gol de Marcos Felipe. Aos 39, Egídio cobrou escanteio pela direita e a cabecada de Paulo Henrique Ganso explodiu no travessão. Aos 40, Luiz Henrique deu passe para o Ganso que aciounou o Caio Paulista no comando, que chutou com desvio. Nos acréscimos, Ganso, Caio Paulista e Abel Hernández tabelaram e mas o último passa foi longo demais, quando Caio entrava sozinho. Na sequência, contra-ataque rápido, Ytalo achou Artur, cara a cara com Marcos Felipe, que só completou para fazer 2 a 0.

  Coritiba finaliza os trabalhos para encarar o Fluminense com 23 atletas relacionados

Segundo tempo

Em menos de um ninuto, a primeira chegada, com Ganso, Caio e Yago, mas a finalização foi cortada em escanteio. Na sequência, Abel tocou no centro e Yago chutou forte, por cima do gol. Aos três, Egídio cobrou falta na área e Abel cabeceou na trave. O bandeirinha deu impedimento. Aos nove, saída de bola errada do Bragantino, Caio Paulista recuperou e acionou Abel Hernández que finalizou para a defesa do goleiro Cleiton. Aos 10, Claudinho tentou de longe e a bola desviou em escanteio. Aos 20, Caio Paulista acionou Bobadilla, que tentou driblar o goleiro e foi derrubado. Na sobra, Abel chutou por cima. Vuaden ouviu o VAR e mandou o jogo seguir. Aos 22, Yago chutou de longe para a defesa de Cleiton. Na sequência, mais um erro na saída de bola deu mais uma oportunidade de finalização com Claudinho, que cavou por cima do travessão. Aos 29, Egídio cruzou, Kayky matou e passou para Caio Paulista que finalizou, com desvio para escanteio. Na cobrança, Bobadilla desviou e o próprio Caio Paulista marcou para Flu. No placar, 2 a 1. Aos 40, Calegari salvou a finalização do Claudinho na marca do pênalti. Aos 46, Yago lutou pela bola, Kayky tocou no Nene que chutou forte. A bola foi bloqueado pelo Fabrício Bruno com o braço. Pênalti marcado para o Fluminense. Abel Hernández cobrou e marcou para o Fluminense. Tudo igual em Bragança Paulista, 2 a 2.

  Galo tem preparação intensa para jogo no Maracanã contra o Fluminense

FICHA TÉCNICA
Campeonato Brasileiro – 3ª rodada
13/06/2021, 20h30
Nabi Abi Chedid

RB Bragantino (2)
Cleiton; Aderlan, Léo Ortiz, Natan (Fabrício Bruno) e Luan Cândido (Weverson); Jadsom Silva (Raul), Lucas Evangelista e Claudinho; Artur, Ytalo (Ligger) e Helinho (Cuello). Técnico: Maurício Barbieri.

Fluminense (2)
Marcos Felipe; Samuel Xavier (Calegari), Nino (Manoel), David Braz e Egídio; Wellington (Nene), Yago e Ganso (Raúl Bobadilla); Caio Paulista, Luiz Henrique (Kayky) e Abel Hernández. Técnico: Roger Machado.

Gols: Lucas Evengelista (5′ – 1T) e Artur (47′ – 1T) (RBB); Caio Paulista (30′ – 2T) e Abel Hernández (49′ – 2T) (FLU)

Cartões amarelos: Natan, Jadsom e Lucas Evangelista (RBB); Luiz Henrique e Roger Machado (FLU)

Arbitragem: Leandro Pedro Vuaden (RS/CBF) auxiliado por Jorge Eduardo Bernardi (RS/CBF) e José Eduardo Calza (RS/CBF).

Fotos: Mailson Santana/FFC

Fonte: https://www.fluminense.com.br/noticia/fluminense-empata-com-o-bragantino-e-soma-ponto-fora-de-casa

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Bragantino

Em noite brilhante, Red Bull Bragantino goleia o Palmeiras por 4x 2

Publicados

em

Foto: Ari Ferreira/Red Bull Bragantino

O Red Bull Bragantino teve uma noite incrível neste sábado (9). No Allianz Parque, em São Paulo, o Massa Bruta venceu o Palmeiras por 4 a 2 pela 25ª rodada do Nacional. Os gols do Braga foram marcados por Artur (2), Ytalo e Cuello. Raphael Veiga e Dudu descontaram para os donos da casa.

Com este resultado, o time do técnico Maurício Barbieri chegou aos 38 pontos, na quinta colocação do Brasileirão.

A próxima partida do Braga será na terça-feira (12) contra o Atlético-GO. O duelo será realizado no Estádio Nabi Abi Chedid, às 19 horas.

O jogo

Após segurar a pressão inicial dos donos da casa, o time de Bragança Paulista assustou o oponente logo aos 4 minutos. Depois de receber de Aderlan na direita, Ytalo invadiu a área e bateu rasteiro, mas Jailson caiu para encaixar a batida.

Oito minutos depois, em uma nova jogada envolvendo Aderlan e Ytalo, o Braga abriu placar no Allianz Parque. Da intermediaria defensiva, o lateral lançou Ytalo em velocidade no campo de ataque. O centroavante correu entre os defensores palmeirenses, ajeitou a bola na coxa e soltou um forte chute dentro da área para vencer Jailson.

Aos 17, após tabelar com Artur pela direita, Cuello desceu pela lateral da área e bateu direto ao gol, surpreendendo Jailson e exigindo do goleiro rival uma grande defesa.

  Internacional leva a melhor com placar de 2 a 1 em clássico contra o Grêmio

O Palmeiras tentou reagir, mas o sistema defensivo do Braga marcava firme. Quando o rival conseguia finalizar, Cleiton estava em cima do lance para evitar o empate.

Sem se acomodar com a vantagem, o Massa Bruta ampliou o marcador aos 33 minutos com Cuello. Após pressionar a saída de bola rival e efetuar o desarme, Praxedes passou para Cuello no lado esquerdo. O argentino cortou para o meio e bateu de fora da área. A bola ainda desviou na zaga adversária e morreu no fundo do gol.

Sem deixar o rival respirar, o Red Bull Bragantino marcou o terceiro gol da noite dois minutos depois. Após roubada de bola de Cuello, Ytalo recebeu do argentino e passou para Artur na entrada da área. O camisa 7 do Braga dominou, deixou um zagueiro no chão e bateu forte no canto.

O Braga ainda quase marcou o quarto com Ytalo, que se jogou na bola em cruzamento rasteiro, porém não alcançou o passe, e com Praxedes, que bateu de fora da área e viu a tentativa passar perto da trave. Porém ainda aos 42 minutos, o Palmeiras diminuiu o placar com Dudu.

Na segunda etapa, o time da casa marcou seu segundo gol aos 16 minutos com Raphael Veiga.

  Roger celebra vaga nas quartas de final: “Nos classificamos com mérito”

Apesar da reação rival, o Braga teve a frieza de seguir no ataque e, com isso, foi coroado com o quarto gol aos 30 minutos. Após boa descida pela direita, Helinho passou para Ytalo na entrada da grande área. O camisa 15 do Braga dominou e rolou para Artur, que bateu colocado e não deu chance de defesa para Jailson, finalizando o placar por 4 a 2 na capital paulista.

Palmeiras 2 x 4 Red Bull Bragantino
Local: Allianz Parque, em São Paulo;
Árbitro: Rafael Traci-SC;
Assistentes: Bruno Boschilia-PR e Johnny Barros de Oliveira-SC;
Cartões amarelos: Aderlan (Red Bull Bragantino); Gabriel Veron (SEP);
Gols: Ytalo, aos 12min do 1ºT, Cuello, aos 33min do 1ºT, Artur, aos 35min do1ºT e aos 30min do2ºT (Red Bull Bragantino); Dudu, aos 42min do 1ºT, e Rafael Veiga, aos 16min do 2ºT (SEP).

Red Bull Bragantino: Cleiton; Aderlan (Léo Ortiz), Fabrício Bruno, Natan e Luan Cândido; Jadsom, Eric Ramires e Praxedes (Helinho); Artur, Ytalo (Gonzalo) e Cuello (Léo Realpe). Técnico: Maurício Barbieri.

Palmeiras: Jailson; Kuscevic (Breno Lopes), Luan, Renan e Jorge (Gustavo Scarpa); Danilo Barbosa (Luiz Adriano), Patrick de Paula e Raphael Veiga; Dudu, Wesley (Gabriel Veron) e Rony (Deyverson). Técnico: Abel Ferreira.

https://www.redbullbragantino.com.br/noticia/goleada-bragantina-no-allianz-parque

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FLAMENGO

CORINTHIANS

SÃO PAULO

PALMEIRAS

MAIS LIDAS DA SEMANA