Brasileirão Série A

Internacional derrota o Palmeiras e elenco dedica vitória D’Alessandro

Publicados

em

Colorado algum esperava por este dia, mas ele transcorreu à altura de seu protagonista. Na despedida de D’Alessandro, o Inter marcou seu primeiro gol no minuto 10, o segundo em pintura armada ao gosto de Cabezón, e derrotou o Palmeiras, no Beira-Rio, por 2 a 0. Edenilson e Yuri Alberto marcaram no triunfo integrante da 26ª rodada, que alça o Clube do Povo ao G4. Obrigado por absolutamente cada segundo que vivemos juntos, D10s. Você é único.

O resultado alça o Inter à quarta colocação do Brasileiro, com 44 pontos. No próximo domingo (27/12), às 16h, o Clube do Povo visita o Bahia, em Salvador, para a disputa de partida da 27ª rodada do torneio.

Coeso, cascudo, encaixado e competitivo. Assim o Internacional disputou o primeiro tempo do duelo contra o Palmeiras, marcado por grande exibição do Clube do Povo. Cientes da velocidade que somavam pelas pontas, ocupadas por Caio e Patrick, os comandados de Abel Braga não hesitaram em explorar as diagonais de cada um para incomodar a zaga rival.

  Felipe Melo completa 100 ª vitória com a camiseta do Palmeiras

Exatamente a partir de um facão de Caio surgiu o escanteio que originou o único gol dos primeiros 45 minutos. Da esquerda, Moisés cruzou, Dourado escorou, Weverton salvou mas, no rebote, Edenilson não perdoou. No dia da despedida de D’Alessandro, um dos maiores camisas 10 da história alvirrubra, o Colorado assumia, aos 10 minutos, a vantagem no escore!

Crédito: Ricardo Duarte

O Palmeiras nada criou após o tento colorado. Tentou, é verdade, mas esbarrou em excelente atuação do meio de campo colorado. Em frente aos quatro defensores, soberano como de costume, esteve Dourado, acompanhado de quarteto formado por Caio, na direita, Edenilson, Praxedes e Patrick, esquerda. Ao Clube do Povo, faltaram, especialmente a partir da segunda metade do tempo, bons contra-ataques, muito pela excelente contribuição defensiva que ofereceu Thiago Galhardo.

As duas equipes retornaram com mudanças no segundo tempo, que seguiu bastante truncado em seus movimentos iniciais. A inércia no desenrolar da partida motivou Abel Ferreira a conduzir três trocas na casa dos 15 minutos, novidades que valeram ao Palmeiras seu melhor momento no jogo.

  Internacional perde na 3ª rodada do Campeonato Gaúcho

O instante, porém, não foi devidamente aproveitado pelos visitantes que, de tanto se lançarem ao ataque, ofereceram espaços na defesa. Edenilson os percebeu e, emulando D’Alessandro, serviu Yuri, que também em homenagem ao ídolo esbanjou qualidade para, em lindo toque de cobertura, anotar o segundo.

Pouco depois do tento de Yuri, o momento chegou. D’Alessandro, lenda colorada, foi alçado a campo pelo técnico Abel Braga na casa dos 41 minutos. Participativo como sempre, o ídolo alvirrubro disputou até a última das bolas. Encerrado o duelo, Andrés foi devidamente celebrado por seus companheiros, assistiu a um belíssimo vídeo produzido em sua homenagem e, em lágrimas, deixou, pela última vez, o campo do Beira-Rio. O povo vermelho te ama, Cabezón. Gracias por todo!

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Brasileirão Série A

Marcos Leonardo marca e Santos FC empata com o Internacional no Beira-Rio

Publicados

em

Aproveitando o bom momento obtido na última partida, Marcos Leonardo mais uma vez fez um ótimo jogo, e marcou mais um pelo Santos FC, na noite deste domingo (28), no Estádio do Beira-Rio, diante do Internacional, no empate em 1 a 1, em jogo válido pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O próximo compromisso do Peixe é na segunda-feira (6), diante do Flamengo, no Maracanã, às 20h00.

O jogo
O primeiro avanço mais perigoso do Peixe na partida, ocorreu aos 21 minutos. Em jogada trabalhada no meio-campo, Felipe Jonatan recebeu na entrada da área e chutou com perigo por cima do gol.

Cinco minutos depois, foi a vez de Zanocelo arriscar de longe, obrigando o arqueiro a fazer uma boa defesa.

Aos 45 minutos, o Internacional abriu o placar após gol contra de Luiz Felipe.

Na volta do intervalo, Camacho entrou na vaga de Felipe Jonatan, e o Peixe voltou com outra postura na partida.

E a um minuto, após cobrança de Gabriel Pirani, a zaga do Internacional afastou parcialmente, e a bola sobrou limpa para Marcos Leonardo, que não desperdiçou. O Menino da Vila matou a bola, e de canhota, colocou no canto do goleiro. Gol de número 11 do camisa 36 pelo Alvinegro da Vila.

  Contra Universitario-PER, Palmeiras registra goleada de 6 a 0
Marcos Leonardo vibra com mais um gol pelo Santos FC (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

A partir do empate, o time santista melhorou no jogo, e o trio Pirani, Ângelo e Marcos Leonardo, começou a dar ainda mais trabalho para os defensores.

Dois minutos depois, Marcos Leonardo marcou mais um, mas o atacante santista estava em posição irregular.

Aos 10 minutos, Marcos Leonardo dá um lindo passe de calcanhar para Madson, já dentro da área. O lateral invadi, se livra da marcação e o goleiro faz uma excelente defesa, evitando a virada do Peixe.

No ataque seguinte, outra grande chance criada pelo ataque do Santos. Ângelo avança, escapa do defensor e chuta para mais uma grande defesa do goleiro.

Aos 35 minutos, Lucas Braga encontra Marcos Leonardo chegando na área, e lança o atacante santista. Ele chega batendo de primeira, mas a bola vai para fora.

O Peixe melhorou muito na segunda etapa, criou mais oportunidades que o time da casa, mas o empate permaneceu no placar, e o árbitro encerrou a jornada aos 50 minutos.

FICHA TÉCNICA
SC Internacional 1 x 1 Santos FC
Local:
 Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, Rio Grande do Sul.
Data: domingo, 28 de novembro de 2021
Horário: 19h00
Árbitro: Bráulio da Silva Machado
Assistentes: Thiaggo Americano Labes e Eder Alexandre
Cartões Amarelos: Johnny (SCI); Sandry (SFC)
Gols: Luiz Felipe (c) aos 45min do primeiro tempo; Marcos Leonardo a 1min do segundo tempo.
SC Internacional: Marcelo Lomba; Saravia (Mercado), Bruno Méndez, Victor Cuesta e Moisés; Johnny (Zé Gabriel), Palacios (Heitor), Edenílson, Taison e Patrick (Maurício); Yuri Alberto. Diego Aguirre
Santos FC: João Paulo; Danilo Boza, Luiz Felipe e Kaiky; Madson, Vinícius Zanocelo (Sandry), Felipe Jonatan (Camacho), Gabriel Pirani (Carlos Sánchez) e Lucas Braga; Ângelo (Matias Lacava) e Marcos Leonardo (Raniel). Técnico: Fábio Carille

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FLAMENGO

CORINTHIANS

SÃO PAULO

PALMEIRAS

MAIS LIDAS DA SEMANA