Brasileirão Série B

Com atuação impecável, Juventude derrota o Paraná de 5 x 0

Publicados

em

Em uma noite simplesmente perfeita, o Juventude venceu o Paraná por 5 x 0, no Jaconi, e voltou a assumir, momentaneamente, uma posição no G4 da Série B. Renato Cajá (2), Rafael Silva, Gustavo Bochecha e Capixaba construíram o elástico placar em uma atuação de luxo da equipe do técnico Pintado. Com 37 pontos, o Verdão é terceiro colocado.
O jogo
A primeira etapa do Juventude foi arrasadora. Com domínio total, o Juventude mostrou solidez defensiva, criatividade e velocidade no meio-campo e efetividade no ataque. Logo a três minutos, Renato Cajá recebeu na intermediária e arriscou. A bola saiu forte, rasteira, no canto esquerdo do goleiro. 1 x 0.
Sem deixar espaços ao adversário tentar qualquer reação, o Juventude tratou de ampliar. Aos 16, Igor cobrou escanteio da direita e Rafael Silva apareceu na primeira trave para desviar. O goleiro ainda tocou na bola antes de entrar. 2 x 0.
Aos 38, Cajá apareceu novamente. Se o primeiro gol foi bonito, o segundo foi uma verdadeira pintura. Renato Cajá recebeu um lançamento espetacular de Bochecha em profundidade. O camisa 10 do Verdão deu um leve toque para a esquerda e tirou o marcador da jogada. Cara a cara com o goleiro, aplicou um drible desconcertante e só empurrou para o gol. Vale repetir: um golaço! 3 x 0 para o Juventude.
A vitória até podia estar encaminhada, mas o Juventude não desacelerou na segunda etapa. Aos 2 minutos, Cajá aproveitou saída errada da defesa e tentou mais um golaço, de cobertura, da intermediária. A bola acabou tomando o rumo de Rafael Silva que dominou, ergueu a cabeça e rolou para Gustavo Bochecha chegar e finalizar com categoria, no canto, sem chance para o goleiro. 4 x 0.
Cabia mais! Aos 10, nova assistência de Rafael Silva, que disparou em velocidade pela esquerda e cruzou na medida para Capixaba, que apareceu na pequena área para empurrar para o gol. 5 x 0 e punho serrado na comemoração, em alusão ao dia da Consciência Negra!
Com domínio total do terreno de jogo, o Juventude soube administrar o placar com perfeição. 5 x 0 e uma bela prova de que o Juventude vai seguir firme na busca pelo acesso à Série A.
Agora, o desafio é longe de casa. Na terça-feira, o Verdão encara o América, em Minas Gerais, no estádio Independência.

 

  CRB atropela o Operário e vence de 4 a 1
COMENTE ABAIXO:
Propaganda

América - MG

Cruzeiro bate o América-MG e se afasta do Z-4 da Série B

Publicados

em

Vitória do Cruzeiro no clássico mineiro pela Série B do Brasileirão. Na noite desta quarta-feira (2), no Independência, a Raposa bateu o América-MG por 2 a 1, com gols de Rafael Sóbis e Manoel. Anderson Jesus balançou as redes para o Coelho. Com o resultado, a equipe do técnico Felipão se afasta um pouco do Z-4, aparecendo agora em 15º colocado, com 31 pontos. Já o time de Lisca segue na vice-liderança, com 44.

Raposa em vantagem no primeiro tempo no Independência. Na marca dos 12 minutos, Messias derrubou Potker na área. Pênalti para o Cruzeiro. Na cobrança, Rafael Sóbis bateu firme e abriu o placar em Belo Horizonte.

Já no segundo tempo, logo aos dois minutos, Machado cobrou escanteio fechado, Manoel, bem colocado, se antecipou à marcação e fez o segundo da Raposa.

Mas, aos 15, o América-MG voltou para o jogo: Anderson Jesus recebeu cruzamento, subiu mais que todos na área e, de cabeça, diminuiu para o Coelho.

Só que a reação do América-MG parou por aí. No fim, os jogadores do Cruzeiro comemoraram a 10ª vitória do time na Série B 2020.

  Cruzeiro supera expectativas, domina partida e vence Ponte Preta por 3 a 0

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FLAMENGO

CORINTHIANS

SÃO PAULO

PALMEIRAS

MAIS LIDAS DA SEMANA