Palmeiras

Palmeiras se reapresenta com treino coletivo após vitória na estreia do Paulista

Publicados

em

O Palmeiras se reapresentou na manhã desta segunda-feira (24), na Academia de Futebol, um dia após a vitória por 2 a 0 sobre o Grêmio Novorizontino, domingo (23), na estreia alviverde pelo Campeonato Paulista. O elenco deu início à preparação para enfrentar a Ponte Preta, na quarta-feira (26), às 21h35, no Allianz Parque, em jogo válido pela primeira rodada.

Os titulares do confronto em Novo Horizonte-SP permaneceram na parte interna do centro de excelência para atividades regenerativas. As ausências foram o goleiro Weverton e o zagueiro Gustavo Gómez, que viajaram para defender, respectivamente, as seleções de Brasil e Paraguai nas Eliminatórias da Copa do Mundo. O zagueiro Kuscevic, na seleção chilena, também é ausência desde a última semana.

Os jogadores Serafim e Wesley (à direita) durante treinamento na Academia de Futebol (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Os demais jogadores do elenco foram a campo para um coletivo de dois tempos de 20 minutos. Os atletas que atuaram por menos de 45 minutos contra o Novorizontino também participaram, além de alguns jogadores da base convocados para completar a atividade. Sob olhares do técnico Abel Ferreira, o treino foi comandado pelos auxiliares do português.

  Wesley é novidade na reapresentação do Verdão em véspera de clássico com o São Paulo

O Verdão volta a treinar na tarde desta terça-feira (25), às 16h, na Academia de Futebol. O Maior Campeão do Brasil está no grupo C da primeira fase do Paulista ao lado de Botafogo-SP, Ituano e Mirassol – classificam-se os dois melhores de cada para as quartas de final após jogos em turno único contra os adversários das outras três chaves.

O time vencedor da atividade desta segunda-feira (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)
fonte: https://www.palmeiras.com.br/noticias/palmeiras-se-reapresenta-com-treino-coletivo-apos-vitoria-na-estreia-do-paulista/
COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Brasileirão Série A

Verdão bate o Juventude fora de casa.

Publicados

em

Por 3 a 0, com gols de Zé Rafael, aos 8, e Rony, aos 30 do primeiro, e de Gabriel Menino, aos 46 do segundo, o Palmeiras venceu o seu primeiro compromisso como visitante no Brasileirão 2022 na noite deste sábado (21), diante do Juventude, pela 7ª rodada, no Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS), foi a 12 pontos na tabela – ocupando momentaneamente a vice-liderança do Nacional – e engatou sua quinta vitória seguida no Rio Grande do Sul – o recorde de triunfos em série do Verdão no estado gaúcho, além de chegar a 12 jogos seguidos invictos no retrospecto geral pela segunda vez no ano (com vitórias nos últimos quatro jogos).

Clique aqui para ver a ficha técnica, estatísticas e tudo sobre o jogo!

Com os 12 pontos na tabela, o Alviverde encerrou a sua participação na rodada atrás apenas do Corinthians, com 13, que enfrenta o São Paulo neste domingo (22), na Neo Química Arena, às 16h. O Botafogo, com 11 pontos, joga às 21h de hoje contra o América-MG em Belo Horizonte (MG).

Com o resultado, de quebra, o Alviverde reforçou sua posição como time detentor da atual maior invencibilidade no Brasileirão 2022, pois, após o revés na primeira rodada, o Verdão ganhou ou empatou todos os seus seis compromissos seguintes, ostentando, portanto, série atual de seis jogos invictos – apenas o Botafogo, que ainda joga nesta noite, pode chegar ao sexto jogo seguido nesta rodada. Com isso, a série do Verdão já é a maiores na atual edição, tendo em vista que todas as outras equipes que compõem a tabela sofreram pelo menos uma derrota a partir da segunda rodada.

Incluem-se nesta série invicta atual do Palmeiras no Brasileiro, de seis jogos, três vitórias (Corinthians e Bragantino – em casa; e Juventude – fora) e três empates (Goiás, fora; Flamengo, fora; e Fluminense, em casa).

Já esse triunfo em solo gaúcho fez o Alviverde atualizar um recorde: chegou a cinco vitórias seguidas no estádio sul-rio-grandense pela primeira vez em sua história (na vez anterior que esteve no estado, quando emplacou quatro vitórias, já era um recorde na história do clube vencer quatro vezes seguidas nesse distrito).

O último revés do Verdão no estado gaúcho aconteceu em dezembro de 2020, por 2 a 0, para o Internacional, no Beira-Rio, pelo Campeonato Brasileiro. Desde então, o Verdão esteve cinco vezes no Rio Grande do Sul (com a de hoje) e venceu todos os seus compromissos.

  Fora de casa, Grêmio empata em 1 a 1 com o Palmeiras

Além do triunfo desta noite, sobre o Juventude-RS, os quatro primeiros da série foram no ano de 2021: em 28/02, enfrentou o Grêmio na Arena Grêmio e venceu por 1 a 0, pela Copa do Brasil de 2020 (jogo de ida da final); e depois, pelo Brasileirão, bateu o próprio Juventude no Alfredo Jaconi, em 16/06, por 3 a 0; superou o Internacional em 30/06, por 2 a 1, no Beira-Rio; e o Grêmio por 3 a 1 em 31/10 na Arena Grêmio.

PALMEIRAS NÃO PERDE HÁ 12 JOGOS

Além disso, o Verdão ainda emplacou 12 partidas consecutivas de invencibilidade, sendo a quarta vitória seguida: o primeiro jogo da série foi a goleada por 8 a 1 sobre o Independiente Petrolero-BOL no dia 12 de abril, há pouco mais de um mês, pela Libertadores, em casa. Atualmente, a série invicta inclui nove vitórias e três empates por três competições diferentes (Libertadores, Brasileiro e Copa do Brasil).

A série atual começou com uma vitória sobre o Independiente Petrolero-BOL (8×1); depois, dois empates seguidos contra Goiás (1×1) e Flamengo (1×1); quatro vitórias seguidas, diante do Corinthians (3×0), Emelec-EQU (2×1), Juazeirense-BA (2×1) e Independiente Petrolero-BOL (5×0); um empate Fluminense (1×1); e, agora, mais quatro vitórias seguidas: Juazeirense-BA (2×1), Bragantino (2×0), Emelec-EQU (1×0) e Juventude (3×0).

PALMEIRAS x JUVENTUDE: HISTÓRICO ATUALIZADO

Especificamente contra o adversário da vez, o Verdão emplacou o seu terceiro jogo invicto consecutivo (pelo Brasileiro de 2021, ganhou por 3 a 0 no próprio Alfredo Jaconi no primeiro turno; e no segundo turno, empatou por 1 a 1 em casa).

Desde setembro de 1998 (18 jogos desde então), o Palmeiras só foi superado pelo Juventude duas vezes: uma em 2006 e outra em 2007 (sendo este último o confronto mais recente antes de as equipes voltarem a se reencontrar em 2021).

Palmeiras e Juventude se enfrentaram pela primeira vez em 1963, em duelo válido Torneio Quadrangular do Rio Grande do Sul – competição amistosa (o Verdão venceu por 4 a 2 com gols de Servílio, duas vezes, Valter, contra, e Vavá), no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS), casa do adversário.

  Palmeiras se reapresenta com treino técnico pôs vitória em Araraquara

Depois, em 1975 voltaram e se enfrentar novamente no território do rival, em partida amistosa, e o Alviverde novamente levou a melhor: 3 a 0 com gols de Ronaldo, Mário Motta e Leivinha. Após isso, as equipes só voltaram a se cruzar na década de 90, quando a equipe gaúcha passou a frequentar a elite do Campeonato Brasileiro – e os encontros foram corriqueiros, durando mais de uma década (de 1995 a 2007, mais precisamente, até voltarem a se enfrentar em 2021 pela Série A do Brasileirão – no primeiro turno, o Maior Campeão do Brasil venceu por 3 a 0, no estádio Alfredo Jaconi, com gols de William Matheus, contra, Deyverson e Breno Lopes, e no returno, empatou no Allianz Parque por 1 a 1 – o volante Danilo fez o gol palmeirense).

Curiosamente, o Juventude também já foi adversário do Palmeiras na Libertadores da América: o fato ocorreu na Libertadores de 2000, edição da qual o Maior Campeão do Brasil foi finalista – encontrou a equipe gaúcha (campeã da Copa do Brasil de 1999) na fase preliminar, contra a qual somou pontos importantes para avançar às oitavas de final do torneio – venceu em casa por 3 a 0 (gols de Rogério, Asprilla e Júnior) e empatou na casa do rival por 2 a 2 (gols de Cesar Sampaio e Rogério). O técnico do Palmeiras naquela ocasião, aliás, era Luiz Felipe Scolari – o treinador pentacampeão mundial e campeão da Libertadores de 1999 com o Palmeiras teve justamente o Juventude como um dos primeiros clubes de sua carreira como treinador, além de ter atuado como jogador da equipe na década de 70.

Ao todo, as equipes se enfrentaram 26 vezes, com 13 vitórias do Palmeiras, cinco do time gaúcho e oito empates, com 55 gols marcados a favor do Maior Campeão do Brasil contra 31 vezes em que foi vazado. E pelo Brasileirão, agora são 19 jogos entre as equipes, com 10 vitórias do Palmeiras, 3 do Juventude e 6 empates (40 gols do Verdão Paulista contra 22 do time de Caxias).

O resultado desta noite, aliás, repetiu o placar da última vez em que o Alviverde esteve no Estádio Alfredo Jaconi para enfrentar o Juventude: 3 a 0 pelo Brasileiro de 2021 com gols de William Matheus, contra, Deyverson e Breno Lopes, no fim.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FLAMENGO

CORINTHIANS

SÃO PAULO

PALMEIRAS

MAIS LIDAS DA SEMANA