Brasileirão Série A

Palmeiras vira sobre América-MG no último minuto e chega a 14 jogos de invencibilidade como mandante no Brasileiro

Publicados

em

Este duelo com o América-MG marcou o 200º do Palmeiras dentro do Allianz Parque. Inaugurada em 2014, a arena alviverde tem retrospecto positivo com o Verdão: 128 vitórias palmeirenses, 40 empates, 32 derrotas, 376 gols marcados e 151 gols sofridos. Ao todo, foram 101 partidas válidas pelo Campeonato Brasileiro (61V, 24E, 16D), 51 pelo Campeonato Paulista (33V, 8E, 10D), 26 pela Libertadores (20V, 2E, 4D) e 19 pela Copa do Brasil (12V, 5E, 2D), além de três amistosos (2V, 1E).

Com o resultado, de quebra, atuando como mandante pelo Campeonato Brasileiro, o Palmeiras ampliou sua série invicta para 14 partidas – o último revés aconteceu no dia 10 de outubro de 2020, diante do Coritiba, no Allianz Parque. De lá para cá, são oito vitórias e cinco empates: Atlético-MG (3 a 0), Fluminense (2 a 0), Athletico-PR (3 a 0), Bahia (3 a 0), Bragantino (1 a 0), Grêmio (1 a 1), Corinthians (4 a 0), Vasco (1 a 1), Botafogo (1 a 1), Fortaleza (1 a 0), Atlético-GO (1 a 1), Chapecoense (3 a 1), Corinthians (1 a 1) e América-MG (2 a 1). Jogando como mandante pelo Brasileiro, a última grande série invicta palmeirense que foi registrada aconteceu entre 2018 e 2019, começando com Roger Machado, passando sua maior parte com Felipão e terminando com Mano Menezes, com um total de 31 jogos sem perder em casa no Nacional (26 vitórias e cinco empates).

  Atlético MG treina para enfrentar o Bahia no Mineirão

A vitória manteve a sina de o Verdão jamais ter sido superado pelo América-MG em jogos de Campeonato Brasileiro. São agora 15 confrontos no total, com nove vitórias do Verdão, seis empates, 24 gols marcados e apenas oito gols sofridos. O primeiro duelo entre os times pelo Nacional aconteceu em 1971, com triunfo alviverde por 2 a 1 (gols de César Maluco e Leivinha), no Mineirão.

O Alviverde Paulista, aliás, nunca perdeu para o América-MG atuando no antigo Palestra Italia ou no Allianz Parque. Ao todo, são nove jogos no local já com o de hoje, com seis vitórias palmeirenses e três empates, além de 20 gols marcados e cinco gols sofridos. Levando em conta só o período de Allianz Parque, foram cinco jogos disputados, com três vitórias, dois empates, 10 gols marcados e três gols sofridos.

Outro fator que chama a atenção é o bom desempenho do Palmeiras jogando partidas matutinas, e hoje não foi diferente. Em toda a sua história, o clube soma 50 partidas disputadas no período da manhã, com 31 vitórias, 13 empates, sete derrotas, 103 gols marcados e 51 gols sofridos. O primeiro duelo matutino ocorreu em 1953, diante do Comercial da Capital, com triunfo por 5 a 3 (gols de Liminha duas vezes, Odair duas vezes e Canhotinho), no estádio do Pacaembu.

  Sport vence o Athetico de 1 a 0 com gol de Thiago Neves

Desde 2015, quando as federações voltaram a marcar jogos pela manhã, o Verdão jogou 13 vezes, com 10 vitórias, três derrotas, 28 gols marcados e 10 gols sofridos – o levantamento inclui um amistoso realizado na Costa Rica (a partida aconteceu às 14h de Brasília, mas 11h do horário local), enquanto os demais foram na cidade de São Paulo.

Dentre os jogadores, destaque para Willian. Com os gols, o jogador chegou a 64 gols pelo clube e subiu na posição de maiores artilheiros da história do Verdão, chegando à 37ª posição e superando Romeiro, Mirandinha e Ney Blanco, todos com 63 bolas na rede com a camisa do clube. Além disso, com os gols, de quebra, o atacante assumiu a sétima posição na lista dos maiores artilheiros do clube em Brasileiro, ao lado do Jorge Mendonça, com 31.

Destaque individual também para Jailson. Atleta há mais tempo no elenco profissional (desde 2014) e com mais títulos (Copa do Brasil de 2015 e 2020, Brasileiros de 2016 e de 2018, Paulista 2020 e Libertadores 2020), ele foi importante na defesa da penalidade de Ademir, aos 49 do primeiro tempo e chegou à sua quinta penalidade defendida pelo Maior Campeão do Brasil.

Fonte: https://www.palmeiras.com.br/pt-br/noticias/palmeiras-vira-sobre-america-mg-no-ultimo-minuto-e-chega-a-14-jogos-de-invencibilidade-como-mandante-no-brasileiro/

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Brasileirão Série A

Com gol de Carlos Sánchez, Santos FC vence a Chapecoense na Arena Condá

Publicados

em

Na noite deste domingo (01), o Santos voltou para casa com os 3 pontos na bagagem. Venceu a Chapecoense por a 1 a 0 na Arena Condá, em Santa Catarina, com gol de pênalti de Carlos Sánchez, em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro. Com o triunfo, o Peixe alcançou os 19 pontos, e a 7ª colocação na tabela.

O próximo compromisso do Alvinegro é a partida de volta pelas oitavas de finais da Copa do Brasil contra o Juazeirense, na quinta-feira (5), às 19h15, no Estádio Adauto Moraes. O time santista tem uma larga vantagem, já que venceu o primeiro jogo por 4 a 0.

O jogo
A partida iniciou movimentada, com as duas equipes procurando o gol.

Aos 10 minutos, o Peixe teve a primeira oportunidade. A bola é levantada na área, e após rebote da defesa, Jean Mota bate com firmeza e obrigado o arqueiro da Chapecoense a fazer boa defesa.

A segunda finalização do time santista ocorreu aos 26. Felipe Jonatan apareceu por trás da zaga, e chutou por cima do gol. Na sequência, foi a vez de Camacho tentar abrir o placar, mas a bola tomou o mesmo rumo do chute do lateral santista.

Em outra jogada pela esquerda, Felipe Jonatan cruza na área, e na disputa pela bola, Madson é derrubado na área. E após consulta no VAR, o árbitro sinaliza pênalti para o Alvinegro. Carlos Sánchez foi para a cobrança, mas o goleiro acabou defendendo. Em nova análise do VAR, o árbitro pede para o lance ser repetido, pois o goleiro se adiantou para defender a cobrança. Sánchez foi novamente para a bola, e com muita categoria, colocou a bola no ângulo, sem chances para o arqueiro do time catarinense. O uruguaio chega a marca de 28 gols pelo time da Vila Belmiro.

  Após a vitória, Athletico retoma atividades no CAT

Antes de encerrar a primeira etapa, João Paulo garantiu a vitória parcial do Peixe. Aos 46, o goleiro fez uma linda defesa após cabeçada perigosa dentro da área.

O Santos voltou do intervalo com a mesma postura ofensiva, e aos 4 minutos, quase ampliou o placar. Na trama entre Lucas Braga e Marcos Leonardo, o Menino da Vila finalizou já dentro da área, e por muito pouco, não marcou o segundo do time santista.

João Paulo fez mais uma ótima atuação pelo Santos FC (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Em ótima fase, João Paulo pratica mais uma defesa de encher os olhos, aos 20 minutos. A Chapecoense puxou rápido contra ataque, e Fernandinho chutou a bola no ângulo. João pulou e defendeu com as pontas dos dedos, e colocou a bola para escanteio. Três minutos depois, mais uma do arqueiro Menino da Vila. Em chute da entrada da área, ele voou novamente para afastar o perigo.

Com inteligência, o sistema defensivo do Santos controlou o ímpeto da Chapecoense ao tentar empatar, e o time da casa não teve muitas alternativas para furar a defesa do Peixe, e a partida terminou com a vitória do Alvinegro da Vila Belmiro.

  Inter é superado pelo São Paulo no Beira-Rio

Ficha Técnica:
Chapecoense 0 x 1 Santos FC
Data:
 01/08/2021
Horário: 18h15
Gol: Carlos Sánchez (p) aos 42min do primeiro tempo.
Local: Arena Condá, em Chapecó, Santa Catarina.
Árbitro: Rodolpho Toski Marques
Assistentes: Ivan Carlos Bohn e Edson da Silva
Cartões amarelos: Jair Ventura (treinador da ACF) e Keiller (no banco de reservas) (ACF); Eduardo Zuma (auxiliar) (SFC)
Cartão vermelho: Keiller (no banco de reservas) (ACF)
ACF: João Paulo; Matheus Ribeiro, Kadu, Derlan e Busanello; Anderson Leite, Léo Gomes (Foguinho) e Felipe Baxola (Ravanelli); Anselmo Ramon (Perroti), Fabinho (Geuvânio) e Fernandinho (Mike). Técnico: Jair Ventura
SFC: João Paulo; Madson, Kaiky, Luiz Felipe (Wagner Leonardo) e Felipe Jonatan; Camacho, Carlos Sánchez (Vinícius Zanocelo) e Jean Mota; Marcos Guilherme (Gabriel Pirani), Marcos Leonardo e Lucas Braga (Bruno Marques). Técnico: Fernando Diniz

fonte: https://www.santosfc.com.br/com-gol-de-carlos-sanchez-santos-fc-vence-a-chapecoense-na-arena-conda/

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FLAMENGO

CORINTHIANS

SÃO PAULO

PALMEIRAS

MAIS LIDAS DA SEMANA