Brasileirão Série B

Na noite desta sexta (4), Ponte Preta enfrenta o Paraná para vencer e colar no G4

Publicados

em

A Ponte Preta entra em campo às 21h30 desta sexta (4), no Majestoso, para enfrentar o Paraná em busca de uma vitória importante no Majestoso. Com 37 pontos na competição e a quatro dos primeiros colocados, a Macaca precisa dos três pontos para se manter colada na zona de acesso, na qual quer entrar o quanto antes. “Precisamos de vitórias , para que possamos chegar ao topo da tabela”, diz o técnico Marcelo Oliveira.

O adversário de hoje está na 16ª posição, com 29 pontos, e vem de uma sequência negativa de cinco jogos. A crise do oponente, porém, não faz com que a Ponte subestime o adversário. ““Jogo fácil nunca vai ter. Veja o Oeste, que veio pra cá como último colocado e dificultou nosso jogo, mas vencemos. Porém, na sequência eles ganharam de três a zero do Avaí. Então não podemos subestimar o Paraná por estar em uma série de derrotas, eles vem aqui para vencer e vão dificultar”, alerta o volante Neto Moura.

Para o jogo de logo mais, o treinador não tem atletas suspensos por cartão. Porém, três jogadores são dúvida: o lateral Apodi e os meias Camilo e Luan Dias. Os atletas sentiram na rodada passada e passarão por avaliação ainda hoje, para ver se estão livres de dor (nas costas, no caso de Luan, e na perna nos outros dois) e se poderão atuar.

  América e Brasil de Pelotas empatam sem gols no Campeonato Brasileiro

A partida desta noite tem transmissão televisiva apenas por pay-per-view e cobertura de rádio em FM (99,1) e AM (870, 1170 e 1240). Também  é possível conferir o lance a lance no twitter oficial da Macaca, bem como nas webrádios que cobrem as partidas da Ponte Preta.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Brasileirão Série B

Ponte empata, conquista ponto importante contra o quarto colocado e sai do Z4

Com gol de Rodrigão e jogando com um a menos

Publicados

em

Com um homem a menos por praticamente todo o segundo tempo, a Ponte Preta jogou com muita raça contra o quarto colocado da série B, empatou em 1 a 1 e conquistou um ponto importante fora de casa. Com o resultado, a Macaca ficou com 13 pontos e está na 16ª colocação, fora do Z4, e o CRB caiu para a quinta posição.

O gol alvinegro foi marcado por Rodrigão, em um lindo cabeceio após cruzamento de Moisés. “ Importante valorizar esse ponto fora de casa, CRB está lutando lá em cima e mantivemos a invencibilidade, mesmo num segundo tempo praticamente inteiro com um a menos, o que não é fácil. Nos dedicamos até o final e agoira temos que dar nosso melhor pra conseguir uma vitória contra o Botafogo na próxima rodada”, diz o camisa 1 Ivan.

A Ponte Preta volta a campo às 20h30 do próximo domingo (8), dia dos pais, contra o Botafogo-RJ – mais uma vez na casa do adversário.

O jogo

O primeiro tempo teve como característica principal o maior domínio de bola da Macaca, com o CRB tentando contra-ataques. A Macaca começou com três ataques no primeiro minuto, com Vini Locatelli, depois Richard e por último com Rodrigão, que matou bola no peito e foi desarmado pela zaga na hora da conclusão.

Aos dois, jogada rápida de Moisés, que driblou a zaga e chutou, mas o camisa 1 adversário segurou. Aos seis, Rodrigão teve nova chance, mas a zaga ficou com a bola.  Aos dez, Moisés avançou pelo meio e rolou para Rodrigão, dentro da área do CRB, o goleiro adversário conseguiu ficar com ela.

Aos 11, Moisés recebe na segunda trave, tenta a finta no adversário, que mandou para escanteio. Na cobrança, Gum mandou fechado para o gol e a defesa oponente tirou. Aos 12, Kevin arremessou na área do oponente e Rodrigão desviou para  Richard, que chutou para o gol e ganhou escanteio. Mais uma vez, Camilo cobriu fechado e a defesa cortou.

Aos 17, Vini Locatteli tabelou com Camilo e mandou um chute forte contra o gol, carimbando a defesa oponente. Dois minutos depois, Kevin chegou à linha de fundo e cruzou rasteiro para Rodrigão, mas a zaga oponente cortou na hora certa, antes que o atacante chutasse.

Aos 20, Locatteli arriscou de fora da área, Caetano mete o pé na bola e ela sai pela linha de fundo. Ponte Preta tem escanteio pelo lado direito. Camilo cobrou uma bomba, que foi desviada pela defesa para escanteio da Macaca. Aos 23, Locatelli  cruzou para Moisés, mas a zaga cortou.

  Oeste fica na lanterna após perder do Figueirense por 4 a 1

Aos 24, após jogada da Ponte pelo lado esquerdo, Richard saiu pela direita e mandou um canhão contra o gol, carimbando a defesa adversária. Aos 29, Felipe Albuquerque desceu pelo meio e Moisés acabou ficando com ela, mas foi travado na hora do chute. Aos 33, Camilo ase aproveitou de sápida errada do oponente e chutou rasteiro da intermediária, mas o goleiro oponente defendeu.

Aos 33, veio a primeira jogada perigosa dos donos da casa, quem inaugurou o placar foi o CRB, aos 40, em cobrança de falta no meio da área e cabeceio do adversário sem chance para Ivan defender. A Macaca, porém, não se abateu, e empatou cinco minutos depois, com Rodrigão: Moisés recebeu a bola pelo lado do campo e cruzou com perfeição na área, para o camisa 99 dar uma bonita cabeceada e mandar para o fundo das redes. 1 a 1 no placar e o juiz terminou o primeiro tempo.

No segundo tempo, a Ponte partiu pra cima já no primeiro minuto, com Moisés atacando, mas o CRB tirou. Aos dois, Richardo cruza por baixo, a bola desvia em Romão e Caetano afasta. No rebote, André Luiz bate de primeira e manda à direita do gol do CRB. Aos seis, em lance de contra-ataque do adversário, Cleyltoin acabou se chocando com o oponente em falta e o juiz expulsou o pontepretano, por entender que ele era o último homem e interrompeu lance perigoso dos donos da casa. Para recompor a zaga, Kleina tirou Camilo e colocou Camilo em campo, invertendo ainda os lados de Richard e Moisés.

A mudança foi justificada porque, com um a mais, o CRB começou a sufocar a Macaca. Já no primeiro lance após a troca, Rayan cortou ataque oponente. Mas a Macaca não se acovardou. Aos 13, Rcihard foi parado com falta. MNa sequência, o atacante recebeu pela esquerda, desceu e tentou cruzamento, mas a bola saiu em linha de fundo.

Aos 19, Kevin foi parado com falta. Ele mesmo cobrou, mas ela bateu na zaga e acabou ficando com o adversário. Aos 22, lance de rapidez. Com Moisés mandando Richard, que na sequência mandou para Rodrigão. O camisa 99 devolveu para Moisés cabecear e o atacante foi parado com trombada. Os jogadores da Ponte pediram pênalti, mas o juiz mandou o jogo seguir.

  Após 8 rodadas de invencibilidade, Cuiaba é superado pela serie B

Aos 27, quase Rodrigão ampliou. Ele interceptou passe do adversário e mandou uma bomba que passou lambendo a trave adversária.  Aos 31, Richard fez bom lançamento para Moisés, mas o atacante não conseguiu concluir. Aos 34, Rodrigão foi parado com falta. Aos 38, Josiel – que havia acabado de entrar no lugar de Rodrigão – fez bom cruzamento na área e o goleiro oponente tirou de soco, para a lateral.

Aos 40, lance perigoso do adversário, que foi cortado por Rayan e Ivan acabou ficando com a sobra. O CRB pressionava, mas a Macaca se defendia bem apesar do homem a menos, com muita raça, e ainda conseguia criar algumas chances. Aos 45, Rayan fez bom corte em jogada de ataque. No lance seguinte, Ivan fez boa defesa.

Os donos da casa seguiam numa verdadeira blitz, mas a zaga da Ponte era soberana, com grande estaque para Rayan, que fez seu primeiro jogo após voltar de lesão.  Aos 48, bom contra-ataque com Josiel saindo em velocidade e mandando para Moisés, mas o atacante não alcançou. Aos 49, excelente defesa de Ivan em chute perigoso do adversário. Aos 50 minutos, o juiz apitou o fim da partida: 1 a 1.

Ficha de jogo

Ponte Preta: Ivan; Kevin (Marcos Jr), Fábio Sanches, Cleylton e Felipe Albuquerque; André Luiz, Vini Locatelli (Rafael Santos) e Camilo (Rayan); Richard (Jean Carlos), Moisés e Rodrigão (Josiel). Técnico: Gilson Kleina.

CRB: Diogo Silva; Reginaldo (Alexandre), Gum, Caetano e  Guilherme Romão (Celsinho); Marthã (Wesley), Renan Bressan e Diego Torres (Alan James); Jajá, Erik (Evandro) e Nicolas Careca. Técnico: Alan Aal.

Gols: No primeiro tempo, Marthã aos 40 minutos e Rodrigão aos 45;

Arbitragem: Rafael Martins de Sá apitou, com Carlos Henrique Alves de Lima Filho e Jonata de Souza Gouveia como assistentes. Andrea Izaura Maffra Marcelino foi a quarto árbitra.

Cartões amarelos: Marthã, Wesley (CRB)

Cartão vermelho: Cleylton (Ponte Preta)

Jogo válido pela 15ª rodada da série B do Brasileiro, disputado no estádio Rei Pelé, sem público (nem renda) em  virtude da pandemia.

fonte: https://pontepreta.com.br/noticias-detalhe/20210801pppcrb

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FLAMENGO

CORINTHIANS

SÃO PAULO

PALMEIRAS

MAIS LIDAS DA SEMANA