Brasileirão Série A

Em clássico movimentado, Santos e Palmeiras ficam no empate de 2 a 2

Publicados

em

Na Vila Belmiro, Alviverde e Peixe fizeram Clássico da Saudade com emoção de sobra e empataram em 2 a 2

Santos e Palmeiras fizeram um clássico bastante movimentado pela 24ª rodada do Brasileirão Assaí e terminaram empatados em 2 a 2. Os gols do Peixe no jogo deste sábado (5) na Vila Belmiro foram marcados por Diego Pituca e Marinho. O Alviverde respondeu com Raphael Veiga e Willian.

Com o resultado do Clássico da Saudade, os dois times ganharam uma posição cada. O Palmeiras agora é o quarto colocado, com 38 pontos, e o Santos vem logo atrás, com a mesma pontuação e o quinto lugar na tabela. Veja como foi o duelo:

O Palmeiras começou com mais posse de bola, ocupou os espaços ofensivos no início e teve a primeira chance aos 11 minutos, em chute traiçoeiro de Emerson Santos que exigiu boa defesa de John. Aos poucos, no entanto, o Santos foi se soltando e foi ao ataque com perigo em duas oportunidades: primeiro, em remate de Felipe Jonatan que foi direto para fora. Depois, em cobrança de escanteio fechada de Marinho, que quase terminou em gol olímpico. A pressão santista seguiu, com chutes perigosos do próprio Marinho e de Soteldo. Logo na sequência, aos 31, Willian respondeu pelo Alviverde em toque por cima de John, mas a tentativa foi para fora. Porém, o Peixe não perdoou quando voltou a ser ofensivo. Aos 37, Kaio Jorge viu Diego Pituca livre e passou para o volante, que só tocou para a rede e abriu o placar.

  Em Pituaçu, Flamengo tem grande atuação e goleia o Bahia por 5 a 0 pelo Brasileiro

Depois de um intervalo um pouco mais longo que o normal devido a uma queda de luz na Vila Belmiro, os times voltaram para o segundo tempo cheios de energia. Apenas nos primeiros cinco minutos, duas boas chances para cada equipe. A última delas aconteceu em cobrança de escanteio do Palmeiras, afastada por Lucas Braga. Porém, o lance foi revisado pelo árbitro de vídeo, que pegou toque de mão de Lucas Veríssimo e marcou pênalti para os visitantes. Na batida, aos nove minutos, o meia Raphael Veiga mandou no canto esquerdo e igualou o marcador.

O Santos teve outra boa chance com Veríssimo, que mandou por cima. Porém, o Palmeiras estava letal no ataque e fez o gol da virada aos 17 minutos. Willian, que iria sair antes de cobrança de escanteio, pediu para esperar e foi recompensado: na sobra, ele apareceu na segunda área e completou para a rede. Apesar da desvantagem, o Peixe não desistiu. Primeiro, Marinho tentou da ponta direita e rematou pelo lado de fora do barbante. Depois, aos 25, não teve jeito: ele aproveitou passe de Vinícius Balieiro, dominou tirando de Alan Empereur e bateu cruzado para marcar um golaço e deixar tudo igual novamente. Após o empate, o confronto seguiu quente, mas o número de chutes diminuiu. O árbitro de vídeo entrou mais uma vez em ação aos 48 e expulsou Zé Rafael por excesso de força em dividida com Felipe Jonatan. No fim, os dois times não conseguiram finalizar e saíram com um ponto da Vila Belmiro.

  Força aérea resolve, e Inter vence Bahia por 2 a 0 no Beira-Rio

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Brasileirão Série A

Com gol de Calleri, Tricolor vence o Corinthians pelo Brasileirão

Em noite de inauguração do Camarote dos ídolos, no Morumbi, São Paulo derrotou o rival por 1 a 0

Publicados

em

Foi uma noite majestosa no Morumbi! Na inauguração do Camarote dos Ídolos, que reuniu craques que fizeram história no São Paulo, e com apoio incondicional da torcida, o Tricolor venceu o Corinthians por 1 a 0 nesta segunda-feira (18) em duelo válido pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro.

> FOTOS DO CLÁSSICO!

O gol são-paulino no clássico – o primeiro de Rogério Ceni neste retorno ao clube -, foi marcado pelo argentino Calleri. Com a importante vitória no Majestoso, o Tricolor subiu para a 12ª colocação, agora com 34 pontos.

O próximo compromisso no torneio nacional será diante do Red Bull Bragantino no domingo (24), às 18h15, no Estádio Nabi Abi Chedid.

Para encarar o rival, o time não contou com Igor Vinícius (aprimora a forma física após trauma no olho esquerdo), William (artroscopia no joelho), Luan (avulsão tendínea de adutor da coxa esquerda), Galeano (trauma no tornozelo direito) e Rigoni (pequeno estiramento no músculo posterior da coxa esquerda), além de Miranda (suspenso pelo terceiro amarelo).

  Em Pituaçu, Flamengo tem grande atuação e goleia o Bahia por 5 a 0 pelo Brasileiro

Já o zagueiro Arboleda retornou após três jogos – estava com a seleção equatoriana nas Eliminatórias para a Copa do Mundo. Assim, o técnico Rogério Ceni escalou a equipe com Volpi; Orejuela, Arboleda, Léo e Reinaldo; Liziero, Gabriel Sara, Igor Gomes e Benitez; Luciano e Calleri.

Com um início frenético e contagiado pelos torcedores, o Tricolor logo partiu para cima do adversário e balançou as redes aos dois minutos com Luciano. A arbitragem, porém, invalidou o gol do camisa 11 e assinalou impedimento.

E com uma postura ofensiva, o São Paulo largou na frente aos seis minutos: Reinaldo avançou pela esquerda e cruzou na medida para Calleri, que desviou para abrir o placar! 1 a 0!

Na volta para a etapa complementar, o uruguaio Gabriel entrou no lugar de Benitez. O time são-paulino seguiu dominante e ditou o ritmo do clássico. Aos 37 minutos, Luciano arriscou de fora da área e acertou uma bomba na trave.

Empurrada pela força das arquibancadas, a equipe não permitiu a reação do Corinthians e conquistou uma importante vitória no Majestoso! 1 a 0.

SÃO PAULO 1 x 0 CORINTHIANS

  Palmeiras vence e segue para as quartas de finais da Copa do Brasil; Bragantino é eliminado

Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 18/10/2021 (segunda-feira)
Gol: Calleri (6/1T)
Cartões amarelos: Arboleda, Liziero e Gabriel (SPFC) João Victor e Roger Guedes (Corinthians)
Público pagante: 23.874 torcedores
Renda: R$ 1.076.213,00

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e Jose Eduardo Calza (RS)
Quarto Árbitro: Thiago Lourenço de Mattos (SP)
Analista de Campo: Carlos Donizeti Pianosqui (SP)
Árbitro de Vídeo: Daniel Nobre Bins (RS)
AVAR: Andre da Silva Bitencourt (RS)
Observador de VAR: Sergio Correa da Silva (RJ)

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Orejuela (Diego Costa, 42/2T), Arboleda, Léo e Reinaldo; Liziero, Gabriel Sara (Marquinhos, 35/2T), Igor Gomes e Benitez (Gabriel, intervalo); Luciano (Rodrigo Nestor, 42/2T) e Calleri (Pablo, 31/2T). Técnico: Rogério Ceni.

Corinthians: Cássio; Du Queiroz, João Victor, Gil e Fábio Santos; Cantillo (Jô), Adson (Gustavo Silva), Renato Augusto e Giuliano; Gabriel Pereira e Roger Guedes. Técnico: Sylvinho.

fone: http://www.saopaulofc.net/noticias/noticias/campeonato-brasileiro/2021/10/18/com-gol-de-calleri,-tricolor-vence-o-corinthians-pelo-brasileirao

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FLAMENGO

CORINTHIANS

SÃO PAULO

PALMEIRAS

MAIS LIDAS DA SEMANA