Brasileirão Série A

Em clássico movimentado, Santos e Palmeiras ficam no empate de 2 a 2

Publicados

em

Na Vila Belmiro, Alviverde e Peixe fizeram Clássico da Saudade com emoção de sobra e empataram em 2 a 2

Santos e Palmeiras fizeram um clássico bastante movimentado pela 24ª rodada do Brasileirão Assaí e terminaram empatados em 2 a 2. Os gols do Peixe no jogo deste sábado (5) na Vila Belmiro foram marcados por Diego Pituca e Marinho. O Alviverde respondeu com Raphael Veiga e Willian.

Com o resultado do Clássico da Saudade, os dois times ganharam uma posição cada. O Palmeiras agora é o quarto colocado, com 38 pontos, e o Santos vem logo atrás, com a mesma pontuação e o quinto lugar na tabela. Veja como foi o duelo:

O Palmeiras começou com mais posse de bola, ocupou os espaços ofensivos no início e teve a primeira chance aos 11 minutos, em chute traiçoeiro de Emerson Santos que exigiu boa defesa de John. Aos poucos, no entanto, o Santos foi se soltando e foi ao ataque com perigo em duas oportunidades: primeiro, em remate de Felipe Jonatan que foi direto para fora. Depois, em cobrança de escanteio fechada de Marinho, que quase terminou em gol olímpico. A pressão santista seguiu, com chutes perigosos do próprio Marinho e de Soteldo. Logo na sequência, aos 31, Willian respondeu pelo Alviverde em toque por cima de John, mas a tentativa foi para fora. Porém, o Peixe não perdoou quando voltou a ser ofensivo. Aos 37, Kaio Jorge viu Diego Pituca livre e passou para o volante, que só tocou para a rede e abriu o placar.

  Fernandão chegou ao sétimo gol com a camisa do Goiás

Depois de um intervalo um pouco mais longo que o normal devido a uma queda de luz na Vila Belmiro, os times voltaram para o segundo tempo cheios de energia. Apenas nos primeiros cinco minutos, duas boas chances para cada equipe. A última delas aconteceu em cobrança de escanteio do Palmeiras, afastada por Lucas Braga. Porém, o lance foi revisado pelo árbitro de vídeo, que pegou toque de mão de Lucas Veríssimo e marcou pênalti para os visitantes. Na batida, aos nove minutos, o meia Raphael Veiga mandou no canto esquerdo e igualou o marcador.

O Santos teve outra boa chance com Veríssimo, que mandou por cima. Porém, o Palmeiras estava letal no ataque e fez o gol da virada aos 17 minutos. Willian, que iria sair antes de cobrança de escanteio, pediu para esperar e foi recompensado: na sobra, ele apareceu na segunda área e completou para a rede. Apesar da desvantagem, o Peixe não desistiu. Primeiro, Marinho tentou da ponta direita e rematou pelo lado de fora do barbante. Depois, aos 25, não teve jeito: ele aproveitou passe de Vinícius Balieiro, dominou tirando de Alan Empereur e bateu cruzado para marcar um golaço e deixar tudo igual novamente. Após o empate, o confronto seguiu quente, mas o número de chutes diminuiu. O árbitro de vídeo entrou mais uma vez em ação aos 48 e expulsou Zé Rafael por excesso de força em dividida com Felipe Jonatan. No fim, os dois times não conseguiram finalizar e saíram com um ponto da Vila Belmiro.

  América resiste ao Palmeiras e empata na primeira metade da semifinal

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Brasileirão Série A

Corinthians empata em 1 a 1 contra o São Paulo na Neo Química Arena

Com 44.672 pagantes na Casa do Povo, Timão pressiona a equipe adversária e fica no empate.

Publicados

em

Adson foi o autor do gol de empate do Timão. Foto: Rodrigo Coca/ Agência Corinthians

O Corinthians entrou em campo neste último domingo (22), na Neo Química Arena para encarar o clássico Majestoso contra o São Paulo. Com um segundo tempo pressionando o adversário, o Timão ficou no empate em 1 a 1, com gol de Adson. Com o resultado, o Time do Povo continua na liderança da Série A do Campeonato Brasileiro, com 14 pontos somados.

O próximo jogo do Timão será na próxima quinta-feira (26), na Neo Química Arena, contra o Always Ready-BOL, às 21h, pela última rodada da fase de grupos da CONMEBOL Libertadores.

Escalação

O técnico Vítor Pereira escalou a seguinte equipe: Cássio; João Victor, Gil, Raul Gustavo e Fábio Santos; Gustavo Mantuan, Du Queiroz, Maycon e Renato Augusto; Willian e Jô. Entraram no decorrer da partida: Adson, Lucas Piton, Júnior Moraes, Giuliano e Matheus Donelli. E ainda ficaram à disposição no banco de reservas: Robson, Róger Guedes, Gustavo Silva, Rafael Ramos, Cantillo, Bruno Melo e Roni.

Primeiro Tempo

Logo no segundo minuto de jogo, na primeira chegada do Timão no jogo, a bola sobrou para Gustavo Mantuan, que chutou cruzado, por cima do gol. O lance inflamou a torcida, pois a jogada foi muito bem trabalhada por todo o time. Aos seis minutos, Jô foi derrubado na entrada da área, falta perigosa para o Alvinegro cobrar. Na cobrança feita por Willian, o goleiro do adversário fez uma boa defesa, mandando a bola para escanteio.

  Fernandão chegou ao sétimo gol com a camisa do Goiás

Aos 18 minutos, a equipe do São Paulo chegou com perigo, em um chute cruzado pela direita, Cássio fez uma excelente defesa, jogando a bola para escanteio.

No minuto 22 da primeira etapa, Renato Augusto recebeu a bola na entrada da área e chutou, porém o arremate saiu fraco e o goleiro do adversário fez a defesa. Aos 26 minutos, Cássio novamente salvou o Corinthians, após a cabeçada do adversário.

Gol anulado do Timão. Aos 35 minutos, Jô fez o gol de cabeça, porém, no início da jogada, Renato Augusto estava impedido e o gol foi anulado pelo VAR.

O árbitro deu quatro minutos de acréscimo. Aos 45 minutos, Du Queiroz fez falta no adversário e tomou cartão amarelo. Após isso, uma confusão generalizada aconteceu e a partida ficou interrompida por alguns minutos. João Victor também recebeu amarelo na confusão, junto com o zagueiro adversário. Aos 50 minutos, gol do São Paulo, a bola sobrou na área e o atacante adversário abriu o placar, 1 a 0.

Aos 53 minutos, Cássio fez duas defesas em sequência, salvando o Timão. Após essa jogada, o árbitro finalizou o primeiro tempo.

Segundo Tempo

Antes do início da segunda etapa, o técnico Vítor Pereira fez a primeira alteração do jogo: saiu Gil e entrou Adson.

Aos três minutos, Maycon faz a jogada dentro da pequena área e tenta achar Jô, mas a bola foi afastada para escanteio.

Aos 16 minutos de jogo, o São Paulo fez outro gol, porém o árbitro assinalou impedimento e anulou corretamente, segue, 1 a 0. Aos 18 minutos, Jô finaliza para o gol, a bola desviou e foi para escanteio. Bom momento do Timão no jogo. Um minuto depois, Mantuan chuta na lateral, a bola desvia e quase engana o goleiro adversário, escanteio.

  Com Weverton, Luan e Esteves, Palmeiras treina visando Católica-CHI pela Libertadores

No minuto 29 da etapa final, o Corinthians mexe em dose tripla. Saíram Willian, Fábio Santos e Maycon e entraram Lucas Piton, Júnior Moraes e Giuliano.

Gol do Corinthians!!! Aos 34 minutos, Lucas Piton cruza para área e Adson cabeceia para o gol, 1 a 1.

Pressão do Corinthians, aos 40 minutos, Renato Augusto, de fora da área, arrisca a bola vai por cima do gol. O árbitro deu seis minutos de acréscimo.

Aos 48 minutos, Cássio salvou mais uma vez o Timão, uma excelente defesa, pós-cabeçada do adversário. Após a defesa, Cássio machucou o ombro e foi substituído por Matheus Donelli. O árbitro deu mais três minutos.

Fim de jogo na Neo Química Arena, Corinthians 1 x 1 São Paulo.

Próximo Jogo

O próximo jogo do Timão ocorre na próxima quinta-feira (26), às 21h (horário de Brasília), na última rodada da fase de grupos da CONMEBOL Libertadores. O Corinthians encara a equipe boliviana do Always Ready, na Neo Química Arena.

Tags: Futebol, Neo Quimica Arena, Notícias

Categoria(s): FutebolNeo Quimica Arena

fonte: https://www.corinthians.com.br/noticias/corinthians-empata-em-1-a-1-contra-o-sao-paulo-na-neo-quimica-arena-e-mantem-a-lideranca-da-serie-a-do-campeonato-brasileiro

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FLAMENGO

CORINTHIANS

SÃO PAULO

PALMEIRAS

MAIS LIDAS DA SEMANA