Santos

Pirani comemora gol pelo Santos FC: “Quero abraçar a oportunidade”

Publicados

em

Gabriel Pirani viveu uma noite especial no último domingo (28). Mesmo com o empate em 2 a 2 diante do Santo André, no Canindé, pela estreia do Campeonato Paulista de 2020, o meia fez sua estreia como titular do Santos FC e ainda conseguiu balançar as redes pela primeira vez como profissional.

Foi apenas o segundo jogo da carreira do camisa 20 como atleta da equipe principal. E tudo isso aconteceu sob os olhares do técnico Ariel Holan, que chegou no Brasil no último sábado e acompanhou a partida nas arquibancadas do Canindé.

“Uma sensação incrível balançar as redes pela primeira vez com essa camisa gigante, e fazer isso logo no meu segundo jogo foi inesquecível. Não esperava acontecer tudo isso tão rápido, mas eu sempre trabalhei muito para chegar aqui e fico feliz desse gol ter acontecido no momento certo. Foi ótimo saber que o professor estava na arquibancada assistindo o jogo de perto. Quero abraçar essa oportunidade. Fico feliz não só por ele ter visto o meu trabalho, mas sim o de todo o grupo. Muitos meninos subiram e estamos fazendo de tudo para agradar. Tenho certeza que o Holan terá um excelente grupo nas mãos”, afirmou Pirani.

  Lucas Braga agradece confiança de Cuca e foca em clássico contra o Palmeiras
Pirani marcou seu primeiro gol como profissional do Peixe (Foto: Ivan Storti/ Santos FC)

E nesta quarta-feira (3), o Santos FC recebe a Ferroviária, às 17h, na Vila Belmiro, pela segunda rodada do Paulistão de 2021. E como os titulares que ganharam recesso retornam apenas nesta terça (2), Pirani e outros Meninos da Vila podem receber mais uma chance na equipe titular do Peixe.

“Claro que o jogo contra a Ferroviária será muito importante, já que os titulares ainda não estarão à disposição. Mas acho que temos que mostrar qualidade diariamente. Precisamos ir bem contra a Ferroviária e também nos treinos do dia a dia para seguir recebendo oportunidades da temporada”, concluiu o meia.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Libertadores

Com gol de Felipe Jonatan, Santos vence o Boca Juniors

Publicados

em

Na noite de terça-feira (11), o Santos FC venceu o Boca Juniors por 1 a 0 na Conmebol Libertadores, e subiu para a zona de classificação para a fase mata-mata da competição. Com o triunfo, o Peixe foi para a 2ª colocação do Grupo C, ultrapassando a equipe argentina pelo saldo de gols. Na estreia do técnico Fernando Diniz, o lateral Felipe Jonatan foi o autor do tento santista.

Terça-feira que vem (18), o Santos tem outra decisão pela Libertadores, e enfrenta o The Strongest na Bolívia. O time da Vila Belmiro depende apenas de suas forças para garantir a vaga para as oitavas de finais.

O jogo

A primeira boa chegada do time santista ocorreu através de Ângelo. Aos 3 minutos, ele parte para cima da marcação, dribla o primeiro e invade área. Na hora do chute, a defesa argentina consegue travar o Menino da Vila.

Precisando da vitória, o Santos foi para a cima, e a partida ficou aberta. Kaio Jorge recebeu na entrada da área, aos 12 minutos, e finalizou firme, obrigando o goleiro a fazer a defesa em dois tempos.

  Após ser derrotado pelo Santos, Coritiba não vê possibilidade de permanecer na 1ª divisão

Com Lucas Braga e Ângelo abertos pelas pontas, o Santos explorou bem as jogadas nas laterais na primeira etapa, dando enorme trabalho aos defensores argentinos. Mesmo com apenas 16 anos, o garoto Ângelo não se intimidou com a marcação, e mostrou personalidade.

Aos 31 minutos, Felipe Jonatan coloca na área, e o goleiro espalma. Na sobra, Pará é mais rápido que o defensor, fica com a bola e sofre falta próxima a área. Na cobrança, Jean Mota chuta na barreira.

E na velocidade, no melhor estilo santista, o Peixe abriu o marcador. Pará puxa contra-ataque e lança Kaio Jorge em ótimas condições na ponta direita. O atacante cruza para trás, e Felipe Jonatan chega primeiro que o zagueiro, corta o marcador seguinte, e com categoria, bate no canto do goleiro. Foi o 5º gol marcado pelo lateral com a camisa do Santos.

Antes de finalizar o primeiro tempo, Gabriel Pirani ainda teve mais uma chance para o Peixe, mas foi travado pela zaga.

Logo no início da segunda etapa, o árbitro não marcou uma penalidade para o Santos. A bola bateu na mão do zagueiro do Boca Juniors dentro da área, e arbitragem mandou a jogada seguir.

  Luan celebra boa atuação contra o Boca e projeta ‘semana de decisões’ no Santos

Os atacantes santistas continuaram levando a melhor diante dos zagueiros. Lucas Braga realizou uma ótima jornada, principalmente com lances pela esquerda em cima de Buffarini.

Típico jogo de Libertadores, e principalmente por ser um duelo Brasil e Argentina, a partida ficou muito disputada e aguerrida na segunda etapa. Os dois treinadores foram expulsos pelo árbitro.

De forma muito inteligente, o Peixe sob conduzir a partida, contando também com uma ótima postura defensiva, inibindo os ataques do Boca Juniors.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FLAMENGO

CORINTHIANS

SÃO PAULO

PALMEIRAS

MAIS LIDAS DA SEMANA