São Paulo

Após treinos intensos, Tricolor está pronto para estreia na Copinha

Preparador físico explica como foi o trabalho com a equipe visando a disputa do torneio

Publicados

em

Perto da estreia na Copa São Paulo, o elenco tricolor realizou nesta segunda-feira, o penúltimo treino visando a partida contra o CSE-AL, às 19h30, em São Caetano do Sul. Nesta segunda, a atividade foi mais intensa e na terça, o técnico Alex de Souza faz os últimos ajustes antes da estreia. O preparador físico da equipe, Kako Perez, analisa como foi a preparação da equipe para o torneio.

“A maioria dos jogadores está acostumada com o ritmo de treino, mas muitos estavam cansados, por causa da temporada puxada que foi. Teve uma fase que fazíamos três jogos por semana. Dentro do possível, a gente conseguiu ter uma base boa para a Copinha. Aproveitamos muito bem o mês de dezembro, com treinos bem intensos”, disse o preparador do time Sub-20.

Após a final do Brasileiro Sub-20, no dia 28 de novembro, os jogadores tiveram folga e retomaram aos treinamentos no dia 7 de dezembro, visando a Copinha. Neste período, foram diversos dias de atividades em dois períodos e os atletas só foram dispensados nos dias das festas de fim de ano.

  São Paulo ganha do Ceará nos pênaltis e vai à semifinal da Sul-Americana

Assim como o técnico Alex, Kako também destaca para o fato do elenco tricolor ser mais jovem e ter apenas dois atletas com 21 anos (Vitinho e Facundo). E boa parte do elenco estava com o time Sub-17.

“Os jogadores nascidos em 2004 acabam tendo um trabalho um pouco diferente, porque muda o ritmo de treino, de jogo, precisa de mais força, porque são atletas de 17 anos, que vão enfrentar adversários de 20 ou 21 anos. É uma diferença grande, mas fizemos um trabalho muito bom com eles”, explicou Kako.

Dos 30 inscritos na Copinha, oito estavam no time Sub-17. Casos do goleiro Leandro, do zagueiro Ythallo, dos laterais Moreira e Kayque Ryann, do volante Negrucci, dos meias Rodriguinho e Luiz Henrique e do atacante Caio.

fonte: http://www.saopaulofc.net/noticias/noticias/futebol-de-base/2022/1/3/apos-treinos-intensos,-tricolor-esta-pronto-para-estreia-na-copinha

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

São Paulo

São Paulo ganha do Ceará nos pênaltis e vai à semifinal da Sul-Americana

Publicados

em

O São Paulo eliminou o Ceará nos pênaltis, na noite desta quarta-feira (10.08), e avançou à semifinal da Copa Sul-Americana. 

No tempo normal, o Ceará até venceu por 2 a 1, sem maiores dificuldades. Na primeira leva de penalidades, empate em 3 a 3. 

Já nas cobranças alternadas, Fernando Sobral chutou para fora e Patrick garantiu a classificação tricolor por 4 a 3. 

Agora, o time de Rogério Ceni encara o Atlético-GO, que eliminou o Nacional-URU. 

Embalado pela torcida, que compareceu em peso à Arena Castelão, o Ceará mostrou desde o início que pressionaria bastante o rival. 

Os pênaltis 

As penalidades começaram com esperança para o São Paulo, visto que Guilherme Castilho perdeu a primeira cobrança, defendida por Felipe Alves. Calleri colocou o Tricolor na frente, mas a vantagem foi perdida depois que Victor Luis marcou para o Ceará e Igor Vinícius acertou a trave. 

Depois disso, Luciano e Diego Costa marcaram para o time paulista, e Matheus Peixoto e Erick igualaram. 

Na última cobrança, Vina errou e Igor Gomes poderia dar a classificação para o São Paulo, mas também desperdiçou. 

Na série de penalidades alternadas, Fernando Sobral mandou para fora e Patrick marcou o gol da classificação do São Paulo. 

  São Paulo ganha do Ceará nos pênaltis e vai à semifinal da Sul-Americana

FICHA TÉCNICA: CEARÁ 2 (3) x (4) 1 SÃO PAULO 

Competição: Copa Sul-Americana, volta das quartas de final 

Data e hora: 10 de agosto de 2022 (quarta-feira), às 19h15 (de Brasília) Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE) 

Árbitro: Fernando Rapallini (ARG) 

Assistentes: Juan Belatti e Gabriel Chade (ambos da ARG) 

VAR: Nicolas Gallo (COL) 

Cartões amarelos: Igor Vinícius, Miranda, Galoppo e Calleri (São Paulo); Richardson, Victor Luís e Vina (Ceará) 

Gol: Mendoza, aos 44 minutos do primeiro tempo e Guilherme Castilho, aos 18 minutos do segundo tempo (Ceará); Igor Vinícius, aos 10 minutos do segundo tempo (São Paulo). 

CEARÁ: João Ricardo; Michel Macedo (Buiú), Messias, Luiz Otávio e Victor Luís; Richardson (Erick) e Guilherme Castilho; Lima (Fernando Sobral), Vina e Mendoza (Iury Castilho); Zé Roberto (Matheus Peixoto). Técnico: Marquinhos Santos 

SÃO PAULO: Felipe Alves; Diego Costa, Miranda e Léo; Igor Vinicius, Pablo Maia (Gabriel Neves), Igor Gomes, Galoppo (Rodrigo Nestor) e Reinaldo (Welington, depois Patrick); Nikão (Luciano) e Calleri. Técnico: Rogério Ceni.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FLAMENGO

CORINTHIANS

SÃO PAULO

PALMEIRAS

MAIS LIDAS DA SEMANA