Vasco

Marcelo Cabo é apresentado como o novo técnico do Vasco

Publicados

em

Na manhã desta terça-feira (02/03), o técnico do futebol profissional Marcelo Cabo foi apresentado oficialmente pelo Club de Regatas Vasco da Gama, em coletiva de imprensa virtual realizada em São Januário, que contou ainda com a participação do Diretor Executivo de Futebol, Alexandre Pássaro.

O novo comandante chegou ao estádio acompanhado de seu filho e auxiliar, Gabriel Cabo, e foi recebido pelo 1º Vice-Presidente, Carlos Roberto Osório, pelo Vice-Presidente de Responsabilidade Social e História, Horácio Junior, e pelo historiador Walmer Peres. Marcelo realizou um tour pela Colina Histórica, visitou o Ginásio onde jogou quando foi atleta de futsal do Clube e conheceu o Salão de Troféus na companhia de Alexandre Pássaro.

Marcelo Cabo chega a São Januário(Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

Após o tour, Marcelo Cabo recebeu sua carteirinha de Sócio Gigante e concedeu entrevista coletiva, transmitida ao vivo pela Vasco TV. Confira alguns trechos.

– É uma alegria muito grande voltar a São Januário, voltar para o clube onde vivi bons momentos como atleta e agora espero viver bons momentos como treinador. Quero agradecer ao Presidente e a toda diretoria pelo convite para essa missão que será capitanear o Vasco na temporada de 2021. – afirmou o técnico.

Marcelo Cabo visita o ginásio de São Januário (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

Perguntado sobre a disputa da Série B e reforços, Marcelo Cabo, campeão com o Atlético-GO em 2016 e vice campeão com o CSA em 2018, contou sobre a sua experiência na competição e o planejamento que começa a ser traçado com a diretoria.

  Após empate com Bragantino Vasco treina para próximos confrontos

– Eu tenho dois acessos em um espaço curto de tempo. Essa vai ser minha sexta vez na segunda divisão, tenho conhecimento pleno da competição e vou dizer com convicção: o Vasco vai apenas passar pela Série B. Com certeza vamos trabalhar bastante para que no final da temporada a gente dê essa alegria ao torcedor que é o retorno à Série A. Também vamos disputar o Carioca, temos a Copa do Brasil, mas a grande e maior meta é o Campeonato Brasileiro.

– É claro que teremos uma reformulação, vamos sentar e ver o que é preciso repaginar. Vamos criar novos mecanismos para que tenhamos uma equipe competitiva com conquista para o Vasco neste ano. Eu inicio meu trabalho no Vasco hoje, junto com a diretoria, junto com o Pássaro, para que a gente possa pautar e planejar essa temporada de 2021. O torcedor vascaíno pode ter certeza, dentro do que o Vasco pode fazer, teremos uma equipe competitiva que vai entrar nas competições e buscar conquistas, que é o que o Vasco sempre fez na sua história.

Presidente Jorge Salgado recebe Marcelo Cabo e seu filho Gabriel Cabo (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

Além do passado como atleta do Clube, Marcelo Cabo convive diariamente com o amor ao Vasco dentro de casa. Duda, sua filha, é torcedora do Gigante da Colina e viralizou na internet ao comemorar a chegada do pai ao time do coração. O técnico contou que teve o apoio da família para voltar ao Rio de Janeiro e aceitar esse desafio do Vasco.

  Vasco negocia com lateral-direito Léo Matos, ex-Flamengo, e atacante colombiano Gustavo Torres

– A reação da Duda foi maravilhosa, vi a alegria dela quando eu recebi o contato do Vasco. Também conversei com a família, tive a decisão de vir pautada na família porque a gente tem que se mudar, mudar de estado, voltar pra cidade natal, mas a Duda ficou muito alegre. Um dia eu falei pra ela: “Papai vai trabalhar bastante pra um dia treinar o seu time do coração.” Aceitei esse convite com muita alegria e a gente espera fazer um grande trabalho. Não só a Duda, toda família está muito feliz com essa volta à São Januário.

 

Marcelo Cabo visita Salão de Troféus de São Januário (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

Sobre a utilização dos meninos da base, Marcelo Cabo foi pontual ao dizer que eles serão utilizados, mas com sabedoria e estudo em um trabalho integrado com o Carlos Brazil, Diretor do Futebol de Base.

– O Vasco sempre foi um clube que revelou muitos jogadores. costumo dizer que a base, em um time com o tamanho do Vasco, é o oxigênio do clube. O Carlos Brazil é um companheiro que eu conheço há muito tempo e vamos trabalhar de forma integrada. Quero parabenizar o trabalho feito na base do Vasco da Gama, a gente vem ao longo desses anos acompanhando as conquistas e a gente sim, vai usar a base, mas com muito critério, com muito ajuste, pra gente poder potencializar esses jogadores e no momento certo trazer os frutos que a gente espera deles na equipe principal.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

campeonato carioca

Vasco não supera o Boavista e é eliminado do Campeonato Carioca

Publicados

em

O Vasco da Gama ficou no empate com a equipe do Boavista por 2 a 2, no domingo (18/04). Os gols vascaínos foram anotados por Germán Cano e Gabriel Pec. Com esse resultado, o Gigante da Colina não alcançou a pontuação necessária para avançar as semifinais do Campeonato Carioca 2021. O próximo compromisso da equipe comandada pelo técnico Marcelo Cabo será no próximo domingo (25), diante do Resende, com local e horário ainda a definir.

Gabriel Pec comemora gol marcado contra o Boavista (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

O JOGO

O Vasco começou a partida estudando as ações do adversário e tentando assumir o controle da partida. Antes do Gigante da Colina conseguir chegar com perigo a meta adversária, a equipe do Boavista chegou com perigo e conseguiu um pênalti aos 9 minutos. O atacante Marquinhos foi para cobrança e abriu o placar: 1 a 0. A resposta vascaína veio aos 13 minutos, Gabriel Pec arrancou pela esquerda, passou por um marcador e cruzou na área. A bola chegou em Germán Cano, que livre de marcação pegou de primeira e acabou mandando para fora.

Aos 15, Zeca avançou pela esquerda e arriscou a forte finalização. O goleiro adversário fez boa defesa e acabou cedendo o rebote, Morato que chegava livre para empurrar para as redes acabou sendo surpreendido pela defesa adversária que afastou a bola. Aos 19, Andrey achou um belíssimo lançamento para Germán Cano que dominou com o peito, já tirando da marcação. Antes de conseguir finalizar, Gabriel Pec chegou batendo de primeira e estufou a rede adversária. Porém a arbitragem anulou o gol, alegando impedimento.

  Vasco faz treino intenso para duelo contra Fortaleza

Aos 23, Morato recebeu com liberdade na entrada da área, levantou a cabeça e cruzou para Gabriel Pec. Antes da bola chegar no camisa 17, a defesa adversária cortou na direção de Carlinhos que tocou de primeira para Andrey, posicionado dentro da área. O camisa 6 chegou batendo de primeira e mandou a bola na rede, pelo lado de fora. Aos 27, depois de escanteio cobrado para a área vascaína, a bola acabou sendo mal afastada pela defesa e o atacante Marquinhos livre de marcação chegou chutando de primeira e ampliou o placar: 2 a 0.

Aos 31, Carlinhos lançou para Léo Matos que entrava livre na área, o lateral vascaíno chegou cruzando de primeira, buscando Zeca que entrava com liberdade pelo outro lado. O camisa 37 chegou batendo de primeira e por pouco não fez o primeiro do Cruzmaltino. Aos 44, Zeca cobrou falta para área e Germán Cano chegou escorando para o meio. Ernando que chegava com liberdade chegou chutando, mas acabou parando na defesa do goleiro. No minuto seguinte, Léo Matos avançou pela direita, invadiu a área e cruzou rasteiro para Germán Cano que livre de marcação empurrou para o fundo do gol: 2 a 1. Aos 47, Léo Matos achou um belo lançamento para Andrey que entrava livre pela direita, o camisa 6 tocou de primeira para Morato melhor colocado. O camisa 10 dominou e engatilhou o chute que acabou parando na defesa do goleiro.

  Sub-20 do Vasco se prepara para a sequência da temporada

O Vasco voltou para a segunda etapa buscando reverter o resultado negativo. Logo aos 4 minutos, Carlinhos recebeu com liberdade na entrada da área e abriu na esquerda para Léo Jabá. O camisa 7 chegou cruzando de primeira e achou Gabriel Pec que entrava sozinho e de carrinho empatou a partida: 2 a 2. O Gigante da Colina voltou a incomodar a meta adversária aos 23 minutos. Léo Jabá recebeu com liberdade pela esquerda e cruzou para área, buscando Germán Cano. O artilheiro vascaíno chegou testando de primeira e por pouco não fez seu segundo gol na partida.

Aos 37, Figueiredo avançou pela esquerda e tocou para Gabriel Pec, o camisa 17 cegou cruzando de primeira na direção de Germán Cano. O camisa 14 dominou, cortou o goleiro que saiu mal na jogada e arriscou a finalização que acabou parando no zagueiro adversário que conseguiu cortar antes da bola estufar a rede. Aos 40, Léo Jabá recebeu com liberdade pela direita, dominou, cortou para dentro e engatilhou a finalização que acabou parando na boa defesa do goleiro. Aos 43, Andrey avançou pelo meio e achou Germán Cano livre dentro da área pela direita, o atacante vascaíno recebeu e bateu cruzado, por pouco a bola não tomou o rumo do gol. No último lance do jogo, Zeca cobrou falta para dentro da área e achou Ernando que subiu com liberdade no meio da zaga. O zagueiro vascaíno testou firme para o chão e acabou parando na defesa do goleiro.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FLAMENGO

CORINTHIANS

SÃO PAULO

PALMEIRAS

MAIS LIDAS DA SEMANA