Palmeiras

Rony participa de todos os gols contra Delfín na Libertadores

Publicados

em

Autor de três gols nos últimos três jogos do time pela Libertadores (goleadas por 5 a 0 sobre o Bolívar-BOL, Tigre-ARG e, agora, Delfín-EQU, pela ida das oitavas de final), Rony já era o garçom máximo da edição 2020 da competição latina, com quatro assistências, antes de entrar em campo na noite desta quarta-feira (25) e conceder mais dois passes decisivos na partida (para o primeiro gol, de Gabriel Menino, e do terceiro de Zé Rafael) e um gol (de pênalti), além de ter marcado um gol (de pênalti, o segundo da partida) – ou seja, participou de todos os gols da partida.

Portanto, agora são seis assistências na Libertadores de 2020, o que faz do camisa 11 palmeirense o líder de forma ainda mais isolada no quesito. Ele também é um dos líderes gerais em participação em gols no torneio sul-americano – ou seja, gols e passes somados -, com nove ações (sendo três bolas na rede e seis assistências), seguido de Álvarez e Fernandéz, ambos do River Plate-ARG.

  Palmeiras x Atlético-MG: Informações, estatísticas e curiosidades

Estes seis passes a gol que possui no Continental, aliás, são todos os que possui pelo Palmeiras. E com as seis assistências ele fica na vice-liderança dentre os atletas palmeirenses com mais passes decisivos, ao lado de Zé Rafael e Wesley, e atrás só do uruguaio Matías Viña, líder no quesito, com sete.

Desde que estreou, em fevereiro, pelo Campeonato Paulista, Rony participou de 33 dos últimos 41 jogos, sendo 25 como titular e oito acionado do banco de reservas. Antes de a bola rolar, ele entrou em campo como o quinto atleta do elenco alviverde que mais acerta a meta adversária, com 23 finalizações certas, e o terceiro que mais dribla, com 21 fintas completas, atrás só de Wesley (27) e Zé Rafael (30).

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Brasileirão Série A

Abel faz pedido aos jogadores do Palmeiras para clássico contra o Corinthians no Brasileirão

Publicados

em

Após a classificação épica na Copa Libertadores, o Palmeiras já tem uma nova “decisão” neste sábado (13.08), às 19h (de Brasília), quando encara o arquirrival Corinthians, em jogo da 22ª rodada do Brasileiro, fora de casa. Nos vestiários do Allianz Parque após eliminar o Atlético-MG, o técnico Abel Ferreira fez um pedido especial aos jogadores palestrinos, já visando justamente o compromisso de Itaquera: “Pés no chão”.

Apesar da euforia e dramaticidade pela forma que a equipe se classificou, o comandante do Verdão pediu para os atletas descarregassem rapidamente a energia vivenciada na Libertadores, com o intuito de focar sem nenhum de “salto alto” o clássico contra o Timão, que aparece como mais um jogo importantíssimo para o time na temporada.

“Independente do que acontecesse no jogo, amanhã (11) estaremos seguindo a nossa caminhada, certo? Agora, nós temos que o mais rápido possível, esvaziar essa adrenalina que está dentro de nós. A única coisa que eu peço, é que já no próximo jogo, sejam vocês próprios, que a gente jogue da nossa maneira. E mais uma vez parabéns pelo que fizeram hoje”, disse o treinador do Palmeiras.

  Jogo histórico: Palmeiras vence Atlético-MG nos pênaltis, após jogar com dois jogadores expulsos

Em termos de tabela, o Derby na Neo Química Arena tem contornos decisivos, tendo em vista que a diferença entre os dois rivais é de seis pontos (45 a 39 Palmeiras). Em caso de revés, o Verdão permite uma aproximação intensa do rival, com a liderança ficando sob perigo. Já se triunfar, o time de Abel Ferreira abre uma frente expressiva, e praticamente tira o rival da corrida pelo título.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FLAMENGO

CORINTHIANS

SÃO PAULO

PALMEIRAS

MAIS LIDAS DA SEMANA