Santos

Santos acerta renovação de Gabriel Pirani até dezembro de 2025

Publicados

em

Após Lucas Braga confirmar sua renovação de contrato na última quinta-feira (20), a semana do Santos FC termina com Gabriel Pirani também acertando a extensão do seu vínculo com o Peixe. Na tarde desta sexta-feira (21), o meia assinou com o clube até o dia 31 de dezembro de 2025.

“É um sonho que já tinha traçado há 10 anos, quando cheguei aqui. Naquela época era um sonho distante, e agora estou realizando. Poder ajudar minha família, trazer meus pais para morar comigo de novo… isso tudo emociona muito. Desde o início, o meu principal objetivo era trazer meus pais de volta, e agora tenho certeza que vou conseguir. Sei que é só o começo e quero contribuir muito com esse clube gigante, com gols, assistências e títulos”, afirmou o Menino da Vila.

Com 19 anos e nascido em Penápolis, no interior de São Paulo, Pirani chegou nas categorias de base do Santos FC em 2010 para atuar pelo Sub-11. Destaque entre os Meninos da Vila, o meia chegou a ‘subir’ para os profissionais em 2019, mas só foi receber sua primeira chance no duelo contra o Bahia, em fevereiro deste ano, na Arena Fonte Nova, pela última rodada do Brasileirão.

Desde então, o camisa 20 passou a integrar oficialmente o elenco principal do Peixe e assumiu a titularidade no meio de campo no início da temporada. Até o momento, Pirani já atuou em 18 jogos, marcando dois gols e distribuindo duas assistências.

“Eu esperava ter uma oportunidade porque confiava no meu trabalho na base. Foi tudo bem rápido, mas sei que essa sequência e titularidade é uma consequência do trabalho. O Santos FC é a minha vida. Dediquei 10 anos para estar realizando esse sonho, que só começou. Agora é seguir sonhando e evoluindo”, concluiu a jovem promessa santista.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Brasileirão Série A

Fluminense empata com o Santos fora de casa pelo Brasileirão

Tricolor fica no 2 a 2 na Vila Belmiro

Publicados

em

Em jogo válido pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro, nesta segunda (01/08), na Vila Belmiro, Fluminense e Santos terminaram empatados em 2 a 2, deixando o Tricolor com 35 pontos.

 

Em jogo agitado, o Fluminense saiu perdendo no primeiro tempo, mas conseguiu a virada na segunda etapa em um intervalo de dois minutos, com Ganso cobrando pênalti de cavadinha e belo gol de Arias. No fim da partida, o Santos conseguiu o empate.

 

A equipe volta a campo no domingo (07/08), quando enfrenta o Cuiabá, às 16h, no Maracanã, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro.

 

PRIMEIRO TEMPO

Aos 7 minutos, Matheus Martins, dentro da área, conseguiu abrir espaço para a finalização, mas mandou para fora. Aos 13, Cano arriscou o chute de fora da área, a bola desviou e saiu pela linha de fundo. Aos 15, Luiz Felipe, de cabeça, abriu o placar para o Santos.

Aos 29 minutos, Ganso acertou a trave em cobrança de falta rente à grande área. Aos 35, Ganso aproveitou sobra de bola e ajeitou para Nonato, que bateu forte para grande defesa do goleiro. Aos 39, Ganso cruzou, a defesa tirou e, no rebote, Samuel Xavier finalizou para mais uma defesa do goleiro.

SEGUNDO TEMPO

 

Aos 2 minutos, Ganso fez bom lançamento para Arias, que rolou para a finalização cruzada de Matheus Martins, mas a bola saiu pela linha de fundo. Aos 14, Caio Paulista achou passe rasteiro para dentro da área, Arias fez o corta-luz e Samuel Xavier finalizou para a defesa do goleiro.

Aos 22 minutos, Nonato recebeu passe de Ganso e finalizou forte, mas o chute parou no goleiro. Aos 23, Matheus Martins sofreu pênalti, convertido por Ganso de cavadinha aos 25, empatando a partida. Aos 26, após lançamento de Nino, Cano ajeitou para Arias, que finalizou no cantinho e botou o Tricolor na frente. Aos 40, Marcos Leonardo empatou para o time da casa.

 

FICHA TÉCNICA

Campeonato Brasileiro – 20ª rodada

01/08/2022, 20h00 – Vila Belmiro

Santos (2)

João Paulo; Madson, Maicon, Luiz Felipe e Felipe Jonatan; Camacho (Rodrigo Fernández), Vinícius Zanocelo (Ângelo) e Carlos Sánchez (Sandry); Lucas Barbosa (Léo Baptistão), Lucas Braga e Marcos Leonardo. Técnico: Lisca

 

Fluminense (2)

Fábio; Samuel Xavier, Nino, Luccas Claro (Martinelli) e Caio Paulista; André, Nonato (Willian Bigode) e Paulo Henrique Ganso (David Duarte); Matheus Martins (Wellington), Jhon Arias (Pineida) e Germán Cano. Técnico: Eduardo Barros

 

Gols: Luiz Felipe (15′ 1T) e Marcos Leonardo (40′ 2T) (SAN); Ganso (25′ 2T) e Arias (26′ 2T) (FLU)

 

 

Cartões amarelos: Madson e Camacho (SAN); Caio Paulista e Wellington (FLU)

 

Arbitragem: Braulio da Silva Machado, auxiliado por Kleber Lucio Gil e Thiaggo Americano Labes

Texto: Comunicação/FFC

Fotos: Marcelo Gonçalves/FFC

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FLAMENGO

CORINTHIANS

SÃO PAULO

PALMEIRAS

MAIS LIDAS DA SEMANA