Athletico-PR

Furacão já está no litoral paulista para a partida contra o Santos

Publicados

em

Pronta para mais um desafio, a equipe principal do Athletico Paranaense chegou na tarde desta segunda-feira (5) ao litoral paulista. É onde o Rubro-Negro enfrenta o Santos neste início de semana, pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro. Jogo que começa às 19h30 desta terça-feira (6) na Vila Belmiro, em Santos.

A delegação athleticana chegou às 17h30 à cidade da partida. O time viajou com 23 jogadores, que estão hospedados neste momento em um hotel local. Ainda em Curitiba, eles trabalharam hoje pela manhã no CAT Caju na única sessão de treino dedicada à partida – veja aqui como foi a movimentação.

O embarque para São Paulo ocorreu logo após o almoço, em voo fretado. Após descer em Guarulhos (SP), o time seguiu viagem de ônibus até Santos. O trajeto de volta à capital paranaense ocorre na quarta-feira (7) pela manhã.


O zagueiro Pedro Henrique durante embarque para São Paulo

Programação pré-jogo
Para os atletas que estão no estado vizinho, a programação pré-jogo segue em curso. Na manhã desta terça, o grupo realiza uma sessão de alongamentos nas dependências do hotel em Santos. O almoço será às 12h30.

  Furacão chega a Argentina para o desafio contra o Estudiantes

Último compromisso antes da saída para a Vila Belmiro, a preleção começa às 17h20. Às 18h, todos estarão nos vestiários do estádio.


O zagueiro Thiago Heleno no avião que levou a delegação rubro-negra

Escalação
Quer conferir em primeira mão a nossa escalação para a partida em Santos? Então, se liga nos nossos canais oficiais aqui no Facebook, no Instagram e no Twitter. Às 18h30, publicaremos nosso onze inicial em todas elas!

Você acompanha ainda todas as informações do Rubro-Negro antes, durante e depois do jogo aqui mesmo no athletico.com.br e no Furacão Live!


O lateral-esquerdo Abner desembarca com o time athleticano em Santos

Duelo vale um lugar nas primeiras posições
O Athletico Paranaense inicia a 10ª rodada na vice-liderança do Brasileirão 2021. Dono do melhor aproveitamento da competição (79,2%), o CAP soma 19 pontos em oito jogos disputados. Red Bull Bragantino (21 pontos em nove jogos), Palmeiras (19 pontos em nove jogos), Atlético Mineiro (16 pontos em nove jogos), Fortaleza (15 pontos em nove jogos) e Bahia (14 pontos em nove jogos) são as outras equipes que estão na zona de classificação à CONMEBOL Libertadores de 2022. O Santos é o 11º colocado (12 pontos em nove jogos).

  Furacão faz gol aos 50 minutos do segundo tempo e está nas semifinais da Libertadores

Fotos: Gustavo Oliveira/athletico.com.br

Fonte: https://www.athletico.com.br/noticia/furacao-ja-esta-no-litoral-paulista-para-a-partida-contra-o-santos/

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Athletico-PR

Furacão faz gol aos 50 minutos do segundo tempo e está nas semifinais da Libertadores

Publicados

em

O Athletico está de volta para a semifinal da Libertadores após 17 anos. Mesmo com toda a pressão sofrida, o Rubro-Negro derrotou o Estudiantes por 1 a 0 e segue em busca do título inédito. O gol da vitória saiu com o jovem Vitor Roque, que saiu do banco de reservas e marcou nos acréscimos do segundo tempo.

O Furacão adotou uma postura mais conservadora, sofreu com a pressão do Estudiantes, mas contou novamente com a estrela de Vitor Roque. O atacante de 17 anos ganhou a dividida com o goleiro Andújar e se tornou o herói.

Em busca da vaga na final, o Furacão tem confronto brasileiro com o Palmeiras, que eliminou o Atlético-MG nas quartas. A ida acontece no dia 30 de agosto, na Arena da Baixada, em Curitiba, e a volta ocorre em 06 de setembro, no Allianz Parque, em São Paulo.

O primeiro tempo foi bastante truncado, mas com as melhores chances para o Estudiantes. Aos seis minutos, Godoy foi acionado em profundidade e cruzou para Castro, que chutou mascado à esquerda do gol. O Athletico só apareceu com perigo aos 16, quando Khellven cobrou falta na área, ninguém desviou a bola e Andújar espalmou de soco.

Na reta final, os argentinos levaram perigo para a defesa rubro-negra em duas oportunidades. Aos 32, Leandro Díaz fez embaixadinha e levantou na segunda trave. Após bate e rebate, Rogel chutou de primeira e a bola passou muito perto. E aos 43, Zuqui cobrou falta, Morel desviou por baixo e Bento espalmou para frente.

  Athletico trabalha aspectos técnicos e táticos para o desafio na Argentina

O Furacão voltou para o segundo tempo sem mudanças, mas com uma postura diferente. Tomás Cuello, aos seis minutos, pegou a sobra da cobrança de escanteio e chutou perto do gol. Pouco tempo depois, o técnico Felipão mexeu duas vezes no ataque: Vitor Roque e Rômulo entraram nos lugares de Canobbio e Pablo.

As mudanças não impediram o Estudiantes de iniciar uma pressão em cima de defesa rubro-negra. O gol do time argentino até chegou sair aos 17 minutos, com o zagueiro Lollo, que pegou a sobra dentro da área e marcou. Entretanto, o árbitro anulou por impedimento de Morel, que estava na frente de Bento.

Depois do gol anulado, o jogo ficou ainda mais nervoso, mas com o Estudiantes mais próximo da área do Athletico. Os argentinos tiveram mais duas chances de marcar já nos minutos finais. Aos 44, Morel chutou rasteiro e Bento fez difícil defesa. No lance seguinte, Méndez recebeu passe nas costas da defesa, invadiu a área e chutou cruzado. A bola passou raspando na trave.

  Furacão chega a Argentina para o desafio contra o Estudiantes

Quando muita gente já imaginava que a partida iria para os pênaltis, o Furacão foi para o ataque e marcou o gol da classificação. Aos 50 minutos, Vitinho recebeu na ponta esquerda e cruzou para o meio da área. Vitor Roque dividiu com o goleiro Andújar e mandou para o fundo da rede. O jogo ficou parado por mais de cinco minutos, mas o VAR confirmou.

FICHA TÉCNICA – ESTUDIANTES 0X1 ATHLETICO

Data, horário e local: quinta-feira (11.08), às 21h30, no estádio Jorge Luis Hirschi, em La Plata.

Estudiantes: Andújar; Godoy (Boselli), Rogel, Morel, Lollo e Mas; Castro, Rodríguez (Paz) e Zuqui; Piatti (Rollheiser) e Díaz (Méndez).

Técnico: Ricardo Zielinski.

 

Athletico: Bento; Khellven, Pedro Henrique, Thiago Heleno e Abner; Hugo Moura, Fernandinho (Erick) e Alex Santana (David Terans); Canobbio (Vitor Roque), Pablo (Rômulo) e Tomás Cuello (Vitinho).

Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Gol: Vitor Roque (CAP), aos 50′ do segundo tempo.

Cartões amarelos: Pedro Henrique, Pablo, Canobbio e Alex Santana (CAP); Díaz, Andújar, Zuqui e Godoy (EST).

Arbitragem: Andrés Matonte (URU), auxiliado por Nicolas Tarán (URU) e Martin Soppi (URU).

O VAR: Andrés Cunha (URU), com assistência de Gustavo Tejera (URU).

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FLAMENGO

CORINTHIANS

SÃO PAULO

PALMEIRAS

MAIS LIDAS DA SEMANA