Botafogo

Douglas Borges fala sobre início no Glorioso no Botafogo e trabalha duro por reconstrução

Publicados

em

O goleiro Douglas Borges foi anunciado como reforço do Botafogo no dia 4 de março, estreou três dias depois na vitória por 3 a 0 diante do Resende, pela 2ª rodada do Estadual, e de lá pra cá fez sete jogos em um mês. Esse tem sido o movimentado início do goleiro natural de Franca, interior de São Paulo, no Glorioso. Eleito melhor goleiro do Carioca 2020, Douglas voltou ao Rio de Janeiro e tem novamente no Estadual a oportunidade de crescer na nova casa e mirar crescimento aos 31 anos em busca do principal objetivo do ano: o retorno do Botafogo à elite do futebol nacional.

“Estou feliz por estar vestindo essa camisa. Foi um mês bastante intenso, vivendo o Botafogo intensamente. Foram oito jogos no mês e a gente sabe que precisa melhorar. É começo de trabalho e pedimos para a torcida ter um pouco de paciência que as coisas vão acontecer e tenho certeza que o Botafogo vai vir forte”. disse Douglas, recém-chegado ao clube.

Tímido e de poucas palavras no dia a dia, Douglas guarda o sorriso dentro de campo. O goleiro tem se comunicado bastante com os demais companheiros e se destacado com boas defesas. Um bom início para quem sabe o que precisa fazer para alcançar objetivos coletivos na temproda.

  Vasco vence clássico diante do Botafogo por 3 a 0

“Estamos reconstruindo um novo Botafogo e temos certeza que vamos recolocar o clube no seu devido lugar, de onde nunca deveria ter saído. Sabemos da responsabilidade e vamos trabalhar bastante para conseguir esse acesso e brigar por títulos esse ano. É trabalhar bastante para dar alegria ao nosso torcedor”, falou.

Na próxima rodada do Estadual o Botafogo irá até Volta Redonda enfrentar o time da casa, sábado, às 21h05, no Estádio da Cidadania, em partida válida pela 9ª rodada da competição. Adversário e casa que o goleiro conhece bem. Pelo Voltaço Douglas foi eleito o melhor goleiro do Estadual 2020 e vestiu a camisa 151 vezes em cinco passagens na carreira. Respeito ao clube, mas consciência do que precisa e pode ser feito para recolocar o Botafogo na zona de classificação.

“Será uma alegria voltar lá, mas agora defendendo o Botafogo e vou fazer de tudo para sairmos com os três pontos. A equipe está precisando bastante voltar ao G-4. O Botafogo tem que estar lá para buscar a vitória. Respeitando o Voltaço, mas sabemos que o Botafogo tem condições de ir até lá e vencer”, destacou.

  Caio Alexandre relembra vitória sobre o Sport e prega luta extrema no confronto em casa

A cada dia mais em casa no Alvinegro, Douglas destacou também a boa relação com os companheiros de posição e os preparadores de goleiros do clube.

“Uma família à parte, né. Ficamos muito tempo trabalhando juntos e tem sido muito boa a relação com eles. O Gatito, o Cavalieri, o Diego Loureiro, Andrew e também com o Igo, que está sempre com a gente. Também com o Flavio Tenius e o Herrera, que são caras que nos cobram bastante no dia a dia para termos a mais alta performance nos jogos e treinos. Claro que tem pouco tempo, mas é uma amizade muito boa e temos nos dado muito bem aqui”, encerrou.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Botafogo

Botafogo empata com Londrina pelo Serie B

Publicados

em

Em partida válida pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro Série B, o Botafogo empatou com o Londrina por 2 a 2, na noite desta quinta-feira (17/06), no Estádio do Café, em Londrina. Rafael Navarro e Luis Oyama foram os autores dos gols alvinegros na partida.

Com o resultado, o Glorioso ocupa a terceira colocação na tabela de classificação com 8 pontos. O próximo compromisso será contra o Náutico, no domingo (20/06), às 16h, no Estádio dos Aflitos.

O JOGO

Embalado após duas vitórias seguidas no Rio de Janeiro, a equipe de Marcelo Chamusca foi para Londrina em busca de mais três pontos e do primeiro triunfo fora de casa. Do outro lado, o Tubarão buscava sua primeira vitória na competição.

A partida começou movimentada com uma oportunidade para cada lado. O time da casa teve a primeira chance. Ricardo Luz, aos 5 minutos, levantou bola na área, Douglas tirou no susto e a zaga alvinegra afastou no segundo momento.

Já na chegada alvinegra, o Fogão mostrou efetividade e tratou de inaugurar o logo o placar. Aos 8, Chay cobrou falta na área e Rafael Navarro antecipou a defesa adversária para mandar para o fundo das redes. Belo gol de cabeça do cria. Londrina 0 x 1 Botafogo.

  Cuiabá vence o Botafogo de 1 a 0 e abre vantagem na Copa do Brasil

Em vantagem, o Botafogo não relaxou e seguiu fazendo um jogo bastante equilibrado. Explorando o contra-ataque, a equipe alvinegra chegou mais uma vez aos 17. Navarro puxou o contra-golpe em velocidade por dentro e tocou para Marco Antônio. O meia chutou para fora.

Mais para o final da etapa inicial, o confronto ficou bem truncado no meio de campo. Entretanto, o Alvinegro se manteve seguro e pouco sofreu com as ações ofensivas do Londrina. Douglas Borges pouco foi exigido. Chay, aos 40, ainda teve mais uma chegada e acabou fazendo um cruzamento forte que passou por toda área.

Na volta do intervalo, o Londrina precisou aumentar a rotação para sair da desvantagem e apostou nas bolas paradas para pressionar. Em uma sequência de escanteios no início do segundo tempo, a equipe da casa conseguiu o empate. Tárik, aos 8, deixou tudo igual.

Para voltar a ficar na frente, o Alvinegro foi para cima. Warley, aos 12, parou na boa defesa de Dalton. Aos 18, foi a vez de Chay quase marcar após um lindo chute colocado, que por pouco na encobriu o arqueiro. Navarro também teve a sua chance de marcar o segundo, após cruzamento de Marco Antônio. o Camisa 99 mergulhou de pexinho mas a bola balançou a rede pelo lado de fora.

  Bragantino vence o Botafogo de virada e sai do rebaixamento

A pressão surtiu efeito e o tento alvinegro veio aos 26. Em boa trama ofensiva, Marco Antônio deixou Oyama na boa para recolocar o Glorioso na frente. 1 x 2. Mais uma vez atrás, o Londrina veio para o abafa no final do jogo e conseguiu empatar mais uma fez. Aos 42, Júnior Pirambu aproveitou o rebote e igualou tudo novamente.

Fim de jogo. Tudo igual em Londrina e um ponto a mais na conta do Botafogo em busca do acesso à Série A.

Botafogo: Douglas Borges; Warley, Kanu, Gilvan e Paulo Victor; Luis Oyama (Ricardinho), Pedro Castro e Marco Antônio (Barreto); Ronald (Daniel Borges), Chay (Diego Gonçalves) e Rafael Navarro (Rafael Moura). Técnico: Marcelo Chamusca

Fabio de Paula 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FLAMENGO

CORINTHIANS

SÃO PAULO

PALMEIRAS

MAIS LIDAS DA SEMANA