Brasileirão Série A

Grêmio e América-MG empatam em 1 a 1, na Arena

O gol gremista foi anotado por Guilherme Guedes na primeira etapa. Com o resultado, Tricolor soma um ponto na competição

Publicados

em

O Grêmio entrou em campo na tarde deste sábado para enfrentar o América-MG, em jogo válido pela 13ª rodada do Brasileirão. Com gol de Guilherme Guedes, o Tricolor empatou com o time mineiro em 1 a 1.

O jogo começou movimentado e com o Grêmio no ataque, mas já com um desfalque. Aos 3 minutos, Alisson deu um passe para Diego Souza, que recebeu e tentou dar sequência no lance, mas o centroavante sentiu a coxa e precisou ser substituído por Ricardinho já no início da partida.

O Tricolor conseguiu ser efetivo logo no início da primeira etapa. Após um contra-ataque rápido, Vanderson cruzou na área, Ruan deixou passar e a bola sobrou para Guilherme Guedes, que chutou para o fundo das redes, aos 6 minutos.

Já o América buscou responder com um lance de Chrigor, que recebeu um cruzamento e tentou desviar de cabeça, mandando pra fora. Outra chance adversária saiu novamente do atacante, que mandou de cabeça por sobre o gol.

Os gremistas ameaçaram aos 21’, com um lance de contra-ataque. Vanderson acionou Alisson, que sozinho chutou a gol, mas o goleiro do time mineiro defendeu bem. Do outro lado, a resposta veio cinco minutos depois. Juninho arriscou de longe, a bola tentou enganar Chapecó, quicando no gramado, mas ele conseguiu defender, espalmando.

  Cuiabá recebe o juventude; confronto direto para deixar a zona de rebaixamento

Mas aos 30 minutos, o América conseguiu chegar ao gol de empate. Depois de um bate-rebate na entrada da área, a bola sobrou para Felipe Azevedo, que chutou no canto direito da meta gremista, deixando tudo igual na Arena.

Com 37’ jogados, o Grêmio tentou voltar a frente no marcador com um lance de Douglas Costa, em que ele fez um lançamento para Ricardinho, mas a defesa cortou, cedendo escanteio. Na cobrança, Alisson colocou na área, mas a zaga mais uma vez afastou.

Na reta final, aos 43’, Douglas Costa fez um lançamento para Guilherme Guedes, que rolou para Alisson na área. O atacante chutou de primeira, mas a bola acabou explodindo no travessão. Em seguida, foi a vez de Ricardinho receber na entrada da área e finalizar, obrigando uma grande defesa de Matheus Cavichioli.

O Grêmio voltou com a mesma formação para a etapa complementar.

A primeira finalização foi adversária, quando Fabrício Daniel arriscou de longe, mas nas mãos de Chapecó, que defendeu com tranquilidade no minuto inicial.

Aos 11 minutos, o Grêmio chegou bem com Alisson, que fez uma jogada de contra-ataque, chegando na área, mas acabou desarmado.

Duas alterações foram providenciadas aos 16’: Jean Pyerre e Darlan entraram nos lugares de Douglas Costa e Bobsin.

  Timão faz último treino antes de Derby contra o Palmeiras

O América-MG teve uma falta a seu favor, aos 18, da intermediária, pelo meio, mas na cobrança ensaiada, a bola explodiu na marcação gremista.

Com 21’ jogados, o Tricolor chegou bem com um lançamento buscando Guilherme Guedes. O lateral recebeu e fez um cruzamento na medida para Ricardinho, que de primeira, chutou, mas pra fora, perdendo a chance de voltar a frente no marcador.

Mais duas mudanças foram feitas por Felipão: Diogo Barbosa e Rafinha ocuparam as posições de Guilherme Guedes e Vanderson, aos 25 minutos.

Passados 28’, o Grêmio teve uma falta a seu favor. Alisson colocou a bola na área, houve o desvio, mas a defesa do América-MG levou a melhor e afastou. Já quatro minutos depois, uma boa trama entre Ricardinho e Alisson. O atacante recebeu e chutou cruzado, mas o goleiro fez grande defesa.

Na reta final, Darlan arriscou de longe, mandando com perigo, mas à esquerda da meta defendida por Matheus. E nos acréscimos, Ricardinho ficou cara a cara com o goleiro mineiro, que conseguiu levar a melhor e defender antes do centroavante completar o drible.

Com o resultado, Grêmio soma um ponto no Brasileiro, chegando a 7.

Fotos: Lucas Uebel | Grêmio FBPA

fonte https://gremio.net/noticias/detalhes/24508/gremio-e-america-mg-empatam-em-1-a-1–na-arena

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Brasileirão Série A

Palmeiras vence Corinthians e dispara na liderança do Brasileirão 2022

Publicados

em

O Palmeiras soube aproveitar um erro decisivo do Corinthians neste sábado (13.08), venceu o clássico e disparou na liderança do Brasileirão. Em jogo da 22ª rodada, um gol contra de Roni definiu o 1 a 0 alviverde na Neo Química Arena. 

Cada vez mais embalado, o Palmeiras dispara e abre nove pontos na liderança (48 contra 39 do rival). O time agora tem a semana inteira reservada a treinos antes de receber o Flamengo em casa, no domingo que vem (21), novamente pelo Brasileirão.

O Corinthians, pelo contrário, viu a crise aumentar ainda mais. Sem vencer há quatro jogos, os comandados de Vítor Pereira terão pela frente outro teste de fogo, na quarta-feira (17): precisa reverter a desvantagem de dois gols contra o Atlético-GO para seguir na Copa do Brasil.

Uma derrota pode transbordar o caldeirão corintiano, iniciado com o desconforto do elenco com o treinador português, seguido pela eliminação na Libertadores e a saída de Willian.

A primeira grande participação da torcida foi um recado ao ex-camisa 10 do Corinthians. Minutos antes do jogo, antes mesmo de cantar o hino do clube, os torcedores entoaram xingamento ao meia Willian, que assinou a rescisão de contrato e deixou o clube nesta semana. “Alô, Willian, vai se f…, o Coringão não precisa de você”, cantaram em coro. Apesar do adeus, a imagem do jogador ainda aparecia no copo oficial do clássico, vendido a torcedores na Arena.

  Goiás faz último treino antes de enfrentar o Avaí pelo Brasileirão

Ficha Técnica 

CORINTHIANS 0 x 1 PALMEIRAS 

Competição: Campeonato Brasileiro, 22ª rodada Data e 

Horário: 13 de agosto de 2022, sábado, às 19 horas (de Brasília) 

Local: Neo Química Arena, em São Paulo-SP 

Árbitro: Raphael Claus (FIFA/SP) 

Auxiliares: Danilo Ricardo Simon Manis (FIFA/SP) e Rodrigo Figueiredo Henrique Corraa (FIFA/RJ) 

VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (FIFA/SP) 

Cartões Amarelos: Fausto Vera e Róger Guedes (Corinthians); José López e Piquerez (Palmeiras) 

Público: 44.966 pessoas (44.666 pagantes) Renda: R$ R$ 3.226.090,00 

Gols: Roni (contra) aos 27 minutos do segundo tempo. 

Corinthians: Cássio; Rafael Ramos (Fagner), Bruno Méndez, Balbuena e Lucas Piton; Du Queiro, Fausto (Roni) e Renato Augusto; Gustavo Mosquito (Adson), Róger Guedes e Yuri Alberto. Técnico: Vítor Pereira.

Palmeiras: Weverton; Mayke, Gustavo Gómez, Murilo e Piquerez; Danilo, Zé Rafael e Raphael Veiga (Wesley); Rony (Gabriel Menino) Dudu (Bruno Tabata) e José López (Rafael Navarro). Técnico: Abel Ferreira

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FLAMENGO

CORINTHIANS

SÃO PAULO

PALMEIRAS

MAIS LIDAS DA SEMANA