Brasileirão Série A

Palmeiras bate o Grêmio fora de casa

Publicados

em

O Palmeiras é o time da virada. O canto entoado pela torcida alviverde nas arquibancadas nunca fez tanto sentido, pois, em 2021, o Verdão chegou à quinta vitória de virada (a segunda seguida de virada), por 3 a 1, na Arena Grêmio, neste domingo (31), ao sair atrás do marcador em Porto Alegre com gol de Diego Souza para o Grêmio aos 15 minutos de bola rolando; faltando poucos minutos para o fim da primeira etapa, porém, o enredo da partida teve uma mudança drástica: Marcos Rocha foi derrubado por Thiago Santos e, aos 45 ainda da etapa inicial, Raphael Veiga, deixou tudo igual; Veiga ainda ampliou nos acréscimos, aos 49, com um belo chute de fora da área. Nos acréscimos do segundo tempo, Breno Lopes confirmou a vitória palmeirense por 3 a 1 – isso após um susto: o Grêmio chegou a marcar com Elias, mas o tento foi justamente anulado por impedimento, com o auxílio do VAR.

Clique aqui para ver a ficha técnica, estatísticas e tudo sobre o jogo!

Com o resultado, o Verdão chegou a quatro vitórias seguidas no retrospecto geral: Internacional (1×0 em casa), Ceará (2×1 fora de casa), Sport (2×1 em casa) e, agora, Grêmio (3 a 1). Esta, aliás, foi a quinta vitória de virada do Verdão na temporada 2021 (a segunda seguida): as outras foram na rodada anterior, sobre o Sport, em casa (gols de Luiz Adriank e Felipe Melo); em 23 de abril, virou sobre o Guarani, pelo Campeonato Paulista (2 a 1, com gols de Mateus Ludke, contra, e Willian Bigode), no Brinco de Ouro da Princesa; em 20 de junho, pelo Brasileiro, havia revertido sobre o América-MG (2 a 1, ambos os gols de Willian Bigode), no Allianz Parque; e em 27 de junho, novamente pelo Brasileiro, o time obteve sua primeira vitória de virada da temporada, contra o Bahia (3 a 2, após sair na frente com gol de falta de Scarpa, sofrer virada para 2 a 1, mas, em seguida, virar outra vez com Raphael Veiga e Breno Lopes), no Allianz Parque.

  Na Casa do Povo, Corinthians recebe Vasco pelo Brasileirão

Com o gol de penal que garantiu a vitória palmeirense por 3 a 1 sobre o Grêmio nesta tarde, o meia Raphael Veiga segue sem jamais ter perdido pênalti pelo clube, seja no tempo regulamentar ou em disputas eliminatórias: foram 15 cobranças, sendo 13 convertidas durante os 90 minutos de jogo e duas convertidas em decisões por penalidades máximas. Antes dessa, última cobrança convertida havia acontecido no duelo contra o Internacional, na vitória por 1 a 0 pelo Campeonato Brasileiro no Allianz Parque.

No retrospecto geral, o Palmeiras foi superado pelo Grêmio pela última vez em 2019, no returno do Brasileirão daquele ano. Desde então, as equipes se cruzaram seis vezes e foram dois empates, ambos por 1 a 1 pelo Brasileiro 2020, e quatro vitórias do Verdão, nos três quatro duelos mais recentes, já com o desta tarde (jogo de ida e volta da final da Copa do Brasil, por 1 a 0 e 2 a 0, respectivamente, e pelo primeiro turno do Brasileiro deste ano, no Allianz Parque, por 2 a 0 – gols de Raphael Veiga e Gabriel Menino, e o da rodada de hoje).

O triunfo da rodada também reforçou tabu positivo do Verdão contra times gaúchos. Desde que começou o ano de 2021, o Verdão não foi mais derrotado por equipes do estado do Rio Grande do Sul: foram nove duelos invictos já com o desta rodada, sendo sete vitórias (Grêmio, quatro vezes, Internacional, duas vezes, e Juventude, uma vez) e dois empates (Grêmio e Juventude), com um total de 16 gols marcados no período contra quatro que sofreu.

O Verdão também defendeu invencibilidade contra o Grêmio como visitante desde 2016, pois o último revés como visitante para o Tricolor aconteceu pela Copa do Brasil daquele ano. Desde então, foram sete jogos disputados contra o rival da vez em território gaúcho, com cinco vitórias e dois empates (12 gols marcados e quatro sofridos no período). Antes desse, o jogo mais recente como visitante havia sido em fevereiro deste ano, pelo jogo de ida da final da Copa do Brasil de 2020 – o Verdão saiu vitorioso por 1 a 0, com gol de Gustavo Gómez e, no jogo de volta em casa, ganhou o troféu de campeão vencendo o Grêmio por 2 a 0 com gols de Wesley e Gabriel Menino.

  Palmeiras derrota o Bahia de 3 a 0 e sobe na tabela

Além disso, especificamente na Arena Grêmio, inaugurada em 2012, o Verdão ampliou ainda mais seus números positivos contra o time o time gaúcho na própria casa do rival: dos agora dez confrontos contra o Tricolor no local, foram cinco vitórias palmeirenses, três empates e dois triunfos gremistas (o Alviverde marcou 12 gols e sofreu oito). Já pelo Brasileiro, na Arena, o Alviverde foi superado uma única vez (no primeiro confronto), somando três vitórias e três empates desde então – portanto, ostenta série invicta de agora seis jogos contra o Grêmio em sua própria casa pelo Nacional.

Considerando todos os confrontos entre Grêmio e Palmeiras, as equipes protagonizaram o embate de número 103 da história. Ao todo, foram 45 vitórias do Palmeiras, 37 empates e 21 triunfos gremistas, sendo que o Verdão marcou 149 gols e sofreu 105 – ou seja, na história o Verdão leva ampla vantagem, com mais do que o dobro de vitórias em relação ao Tricolor Gaúcho. Só nesta década, são 28 jogos, 13 vitórias palmeirenses, dez empates, cinco vitórias gremistas, com 37 gols feitos pelo Verdão e 23 marcados pelo rival da vez.

fonte:https://www.palmeiras.com.br/pt-br/noticias/palmeiras-bate-gremio-fora-de-casa-pelo-brasileiro-embala-4a-vitoria-e-vira-2a-jogo-consecutivo/

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Brasileirão Série A

Em mais uma festa da torcida, Marcos Leonardo decide e Santos FC vence o Fortaleza

Publicados

em

 cada partida realizada na Vila Belmiro, a força da torcida santista aumenta. E na noite desta quinta-feira (25), com o Estádio Urbano Caldeira pulsando, o Peixe triunfou para cima do Fortaleza por 2 a 0, com dois gols de Marcos Leonardo, em jogo válido pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Os Meninos da Vila, Marcos Leonardo e Gabriel Pirani, entraram no intervalo da partida e foram decisivos para o time santista alcançar mais uma importante vitória.

O próximo jogo do Peixe será no domingo (28), diante do Internacional, no Beira-Rio, às 19h00.

O jogo
Antes do placar girar o primeiro minuto, o Peixe já havia armado o primeiro ataque perigoso da partida. Diego Tardelli recebeu na intermediária e avançou até chegar próximo da entrada da área, e bateu firme, e a bola passou muito perto da área.

Aos 5 minutos, Ângelo faz jogada pela esquerda, se livra da marcação e cruza na pequena área, e por muito pouco, Marcos Guilherme não abre o marcador.

Após a pressão inicial, a equipe adversária equilibrou o jogou, concentrando as ações no meio campo.

O Santos voltou a levar um grande perigo ao gol do Fortaleza no último minuto da primeira etapa. Após cruzamento na área, Marcos Guilherme chega batendo, e o goleiro faz uma excelente defesa.

  Grêmio faz treino técnico em mais uma sessão de olho no CAP

Na volta do intervalo, Diego Tardelli e Marinho tiveram que ser substituídos por Gabriel Pirani e Marcos Leonardo, devido a lesões.

E após um minuto em campo, Marcos Leonardo já arriscou sua primeira finalização na partida, obrigando o goleiro a fazer a defesa.

Aos 16 minutos, foi a vez de Pirani invadir e área e bater na rede pelo lado de fora.

Dez minutos depois, em boa trama realizada pelo ataque do time santista, Lucas Braga tenta o cruzamento e a bola bate na mão do defensor. E após análise no VAR, o árbitro confirma a penalidade máxima. Marcos Leonardo, o garoto de 18 anos, chama a responsabilidade, e bate firme no meio do gol. Antes de morrer no fundo da rede, a bola ainda resvala no goleiro.

Com a vantagem no marcador, o Peixe cadenciou a partida, inibindo os ataques do time adversário.

Marcos Leonardo comemora seus dois gols na partida (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

E aos 44 minutos, para encerrar a festa do torcedor santista, a dupla que entrou no intervalo da partida, resolveu o jogo. Marcos Leonardo puxa o contra o ataque, e deixa com Pirani, já na entrada da área. Com inteligência, o meia limpa dois marcadores, deixando seu companheiro livre para estufar a rede do Fortaleza.

Já nos acréscimos, outro Menino da Vila fez a torcida vibrar. O volante Sandry, afastado há alguns meses por uma grave lesão, retornou aos gramados, e nos minutos que ficou em campo, mostrou todo o seu potencial.

  Líder São Paulo não supera o Athletico e fica no empate de 1 a 1

E com os Meninos da Vila em campo e resolvendo o jogo, e a torcida fazendo a festa na arquibancada, o árbitro encerrou a partida aos 50 minutos, dando números finais a mais um triunfo do Alvinegro da Vila Belmiro.

Sandry vibra com a vitória e seu retorno aos gramados (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

FICHA TÉCNICA
Santos FC 2 x 0 Fortaleza EC
Local:
 Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Data: quinta-feira, 25 de novembro de 2021
Horário: 19h00
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães
Assistentes: Luiz Claudio Regazone e Michael Correia
Cartões Amarelos: Marcos Guilherme, Vinícius Zanocelo e Marcos Leonardo (SFC); Pikachu e Marcelo Benevenuto (FEC)
Gols: Marcos Leonardo aos 25min e aos 44min do segundo tempo.
Santos FC: João Paulo; Danilo Boza, Luiz Felipe e Kaiky; Marcos Guilherme, Vinícius Zanocelo (Camacho), Felipe Jonatan (Sandry) e Lucas Braga; Marinho (Gabriel Pirani), Ângelo (Vinícius Balieiro) e Diego Tardelli (Marcos Leonardo). Técnico: Fábio Carille
Fortaleza: Marcelo Boeck; Tinga, Marcelo Benevenuto, TIti e Yago Pikachu (Lucas Crispim); Éderson, Ronald (Edinho), Matheus Vargas (Lucas Lima) e Bruno Melo; Robson (Wellington Paulista) e David (Romarinho). Técnico: Juan Vojvoda

https://www.santosfc.com.br/em-mais-uma-festa-da-torcida-marcos-leonardo-decide-e-santos-fc-vence-o-fortaleza/

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FLAMENGO

CORINTHIANS

SÃO PAULO

PALMEIRAS

MAIS LIDAS DA SEMANA