Brasileirão Série B

Grêmio empata com o Criciúma na Arena

Tricolor somou as melhores chances da partida, mas não conseguiu furar a meta adversária

Publicados

em

Em partida válida pela 8ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B, o Grêmio recebeu, nesta quinta-feira, 19, o Criciúma na Arena. O jogo terminou em 0 a 0, com o Tricolor tendo as melhores chances da partida. Após o resultado, a equipe de Roger Machado soma um ponto e permanece na sexta colocação com 12 pontos.

O Grêmio entrou em campo com uma formação diferente. Pela primeira vez, Roger Machado escalou uma equipe no 4-4-2, com Elkeson e Diego Souza no ataque. Os primeiros minutos de partida se caracterizaram pela intensidade e disputa entre as equipes no meio de campo, com muitas faltas. Tanto que, logo aos três minutos, o atacante Hygor, do Criciúma levou amarelo por chegada forte em Biel.

A primeira chegada perigosa aconteceu com seis minutos de partida, a favor do Tricolor. Bitello cruzou para Diego Souza, que dentro da pequena área, dominou e chutou. A finalização acabou esbarrando na defesa. No rebote, Biel bateu forte e a bola desviou na zaga adversária, passando rente a trave direita.

O Grêmio seguiu presente no ataque, tentando abrir o placar. Em um contra-ataque, com 14’ jogados, a bola sobrou para Bitello que lançou para Biel. Em velocidade, o camisa 17 avançou em direção ao ataque, mas foi interceptado por Marcelo Hermes. Um minuto depois, a equipe catarinense teve a primeira finalização a seu favor e foi perigosa. Também em contra-ataque, Rafael Bili chutou rasteiro, a bola passou por Brenno, fazendo Hygor quase marcar.

  Avaí vence o Náutico e retorna ao G4 rumo a Série A

Após o susto, a equipe de Roger Machado voltou a levar perigo à meta do Criciúma. Aos 22’, Nicolas cobrou escanteio na cabeça de Diego Souza, o atacante finalizou, mas o goleiro Gustavo defendeu à queima roupa. Com 24’ jogados, mais um ataque perigoso. Dessa vez, Diego Souza passou para Lucas Silva na entrada da área. O volante finalizou de primeira e a bola passou perto do travessão.

Somando finalizações, o Grêmio permanecia no ataque e, aos 30’ veio a melhor chance. Diego Souza ficou cara a cara com o goleiro adversário. Na finalização, o arqueiro cresceu e fez uma bela defesa. Na sequência, Gabriel Teixeira chutou forte e Gustavo pegou mais uma vez. A bola ainda sobrou para Rodrigues que, de fora da área, finalizou e o goleiro também defendeu.

O Criciúma voltou a atacar apenas aos 37’, em uma cobrança de falta que passou por cima da meta de Brenno. Já o Tricolor deixou mais uma chance escapar aos 43’. Na entrada da grande área, Elkeson deixou para Diego Souza, que abriu para Bitello. O meia avançou pela esquerda para dentro da pequena área, mas acabou chutando fraco.

A segunda etapa iniciou sem trocas no Grêmio. A intensidade da partida diminuiu. A primeira finalização aconteceu com sete minutos, a favor da equipe de Roger Machado. Nicolas cruzou na área e a bola sobrou para Diego Souza. O atacante dominou e chutou em cima da marcação, fazendo a bola passar perto do gol.

  Grêmio se reapresenta no CT e confirma lesão de Luiz Fernando

Aos 11’, Roger promoveu as primeiras modificações no Tricolor. Campaz e Sarará entraram nas vagas de Rodrigues e Lucas Silva. No primeiro toque de Campaz na bola, o meia teve a oportunidade de ampliar o marcador, mas a defesa adversária cortou o chute de dentro da pequena área.

Os minutos finais somavam poucas finalizações. Com 25’ jogados, o Grêmio teve mais uma chance perigosa, fazendo o goleiro adversário trabalhar. Nicolas cruzou na área, a bola sobrou para Villasanti que mergulhou e cabeceou forte. Gustavo ficou com a bola.

Roger Machado realizou a terceira troca aos 26’. Elkeson saiu para a entrada de Elias. Oito minutos depois, Gabriel Silva e Fernando Henrique entraram nas vagas de Biel e Villasanti. As trocas surtiram efeito e o Tricolor passou a pressionar mais a equipe adversária. Com 35’ passados, Sarará passou para Gabriel Silva, o meia finalizou e a bola passou muito perto da trave.

Nos acréscimos a partida reservou emoções à torcida Tricolor que teve um gol anulado. Diego Souza tirou a bola das mãos de Gustavo. E no último minuto, Elias perdeu um gol na cara do goleiro. O atacante cabeceou para fora.

O próximo desafio do Grêmio é daqui há 10 dias. No domingo, 29, o Tricolor enfrenta o Vila Nova, fora de casa.

Fotos: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

fonte: https://gremio.net/noticias/detalhes/25274/gremio-empata-com-o-criciuma-na-arena

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Brasileirão Série B

CRB-AL vira sobre a Chapecoense n serie B

Alvirrubro fez 2 a 1 na Chape, em jogo disputado na Arena Condá, na abertura da 14ª rodada, e mantém sequência invicta

Publicados

em

CRB-AL levou os três pontos no Brasileirão SportingBet Série B. O Galo bateu a Chapecoense, de virada, por 2 a 1, nesta terça-feira (21). Éderson abriu o placar para a Chape, mas Fabinho (2x) assinalou para os alagoanos na Arena Condá, em Chapecó, no duelo válido pela 14ª rodada. Na tabela, os alagoanos chegam aos 18 pontos, em sétimo, enquanto os catarinenses têm 15, em 13º lugar.

+Veja a tabela da Série B!

O jogo

A Chape iniciou o confronto pressionando. Aos seis minutos, e Léo cabeceou sobre a meta do Galo. Já aos 16, Fernando levantou na área, a defesa cortou e Tiago Real bateu no cantinho na sobra e Diogo Silva fez o milagre. Já a primeira chance do CRB veio aos 30, quando Emerson Negueba invadiu a área, saiu de frente para o goleiro, e finalizou para fora.

Na altura dos 34 minutos, Orejuela construiu a jogada com Tiago Real, a bola sobrou para Éderson, que colocou no fundo das redes e abriu o placar. No entanto, aos 46, Fabinho arrancou, tabelou com Anselmo Ramon e tocou na saída do goleiro para empatar.

  Avaí vence o Náutico e retorna ao G4 rumo a Série A

Após as conversas nos vestiários, o Verdão do Oeste voltou buscando novamente pressionar. Aos sete, Fernando tabelou, invadiu a área e bateu, mas Diogo Silva pegou mais uma. No minuto seguinte, Fernando cruzou rasteiro na área, Éderson bateu na bola e Romão salvou em cima da linha.

O Galo ameaçou aos 14 minutos, quando Raul Prata foi à linha de fundo, e cruzou para Anselmo Ramon, que de voleio, fez Vagner trabalhar. Até que aos 26 minutos, Anselmo Ramon recuperou a posse no ataque, invadiu a área e tocou para Fabinho, que virou o confronto. No fim, a Chape tentou se lançar ao ataque, mas o placar foi mantido.

fonte: https://www.cbf.com.br/futebol-brasileiro/competicoes/campeonato-brasileiro-serie-b/2022/140

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FLAMENGO

CORINTHIANS

SÃO PAULO

PALMEIRAS

MAIS LIDAS DA SEMANA