Corinthians

Fábio Santos é apresentado e projeta ajuda dentro e fora de campo no Timão

Lateral-esquerdo recebeu o manto alvinegro e falou com os jornalistas em coletiva online no CT

Publicados

em

O Corinthians apresentou mais um reforço para a temporada 2020 do futebol brasileiro, e um velho conhecido da Fiel Torcida. O lateral-esquerdo Fábio Santos, que teve a sua contratação confirmada nesta segunda-feira (19) até o final de 2021, concedeu entrevista coletiva online no CT Dr. Joaquim Grava no início da tarde desta terça (20).
Em seu retorno ao Timão, Fábio Santos recebeu o manto alvinegro das mãos do diretor-adjunto de futebol, Eduardo Ferreira. Em seguida, respondeu a uma pergunta de um sócio do programa Fiel Torcedor, Caique de Souza, que comentou sobre a passagem anterior do lateral no clube.
“Como você falou, vivi momentos importantes, marcantes, a maioria bons momentos, maravilhosos. Agora é um momento diferente, mas se depender da minha empolgação, da minha alegria de poder voltar, acredito que as coisas vão mudar o quanto antes. Estou muito feliz mesmo, é muito gratificante voltar para um lugar onde a gente se sente querido e respeitado, então estou muito empolgado para esse novo desafio”, respondeu o atleta.
Em seguida, o multicampeão pelo Timão, que conquistou títulos Paulista, Brasileiro, Libertadores, Mundial e Recopa, atendeu aos jornalistas. Inicialmente questionado sobre o papel de liderança que poderá ter no elenco atual, ele diz estar confortável com o novo status e quer dividir a responsabilidade com os mais experientes do elenco para também ajudar os atletas mais jovens.
“Acho que é um pacote (liderança e ajuda aos jovens), que eu sempre demonstrei por toda a carreira. Não só agora com 35 anos, mas desde quando subi para o profissional isso é uma coisa minha, de ter uma opinião, de ajudar no vestiário. Acredito que temos líderes aqui hoje no clube, e é um papel importante ajudar a tirar um pouco da responsabilidade destes jogadores, que têm uma carga muito pesada em cima deles, e eu chego para dividir essa responsabilidade com todos eles”, explicou Fábio, que garantiu estar muito feliz com a oportunidade de voltar a defender o Timão.
“Venho muito empolgado para desempenhar essa função, não só fora de campo como dentro também, apesar de ter 35 anos eu me sinto muito bem fisicamente, os números das últimas temporadas mostram isso em número de jogos, então me sinto preparado para ajudar muito dentro de campo e obviamente fazendo esse papel paralelo fora de campo, de ajudar os meninos, de fortalecer o vestiário e dividir essa liderança com outros jogadores”.
O lateral corinthiano contou bastidores do seu retorno ao Timão. Ele revelou que ao receber o convite, não teve dúvidas de que gostaria de voltar ao local onde levantou tantos títulos importantes, e mais do que isso, sente-se em casa.
“Eu já tinha visto algumas situações, porque o meu contrato terminava no final do ano. A liberação não seria fácil porque eu era um cara importante lá, principalmente para ajudar a meninada de lá, é um grupo muito jovem, e mesmo não sendo tão utilizado eu era muito respeitado por todos. E aí o Duílio entrou em contato comigo, e eu falei para o meu empresário na hora que poderia tirar as outras propostas e colocar o Corinthians na frente porque eu queria voltar para casa”, contou.
Fábio também foi perguntado sobre voltar a jogar ao lado de Cássio, Fagner e Gil, com quem atuou entre 2014 e 2015, considerados ídolos no clube. Colocado na mesma prateleira, ele admitiu surpresa com a alcunha.

Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

 

  Corinthians é superado pelo Ceará, na Arena Castelão.
“Eu tenho as minhas conquistas, modéstia à parte, mas eu não me considero um ídolo, comparando com outros grandes jogadores que o Corinthians tem na história eu fico até constrangido de ser colocado como ídolo, mesmo sabendo da história e das conquistas que eu tenho no clube”, reconheceu, em seguida falando sobre o que ele, os três atletas e os demais do elenco podem fazer para ajudar no momento atual.
“É hora de cada um assumir sua responsabilidade, não ficar só em cima desses jogadores, explicar para todos o tamanho da grandeza do Corinthians e procurar trabalhar, sair desse momento o quanto antes. Sabemos que temos capacidade de disputar coisas maiores e melhores dentro de campo. Acredito que nós podemos passar esse otimismo, essa experiência que temos não só de Corinthians, como também de carreira, para que a gente possa sair o quanto antes dessa condição e buscar coisas maiores e melhores”.
Fábio Santos relembrou o fato de já ter trabalhado anteriormente com o técnico alvinegro, Vagner Mancini, comemorando o fato. E acredita que terá bom entrosamento tanto com ele, como com os atletas mais jovens.
“Eu tive o prazer de trabalhar com o Mancini no final do ano passado, a gente vinha em um final de ano complicado e ele conseguiu chegar e implementar o seu trabalho”, relembrou, falando em seguida sobre seu desempenho na temporada atual.
“Eu gosto de ser exemplo. Eu não estava jogando lá, mas treinava sempre, e os jovens perguntavam “como que você aguenta ficar no banco?”, e eu respondi que “não aguento, mas tenho que dar o exemplo para vocês”, até porque nos 12 anos que tive de titular alguém sempre tinha alguém esperando, me apoiando e batendo palmas, e eu não posso ser egoísta a esse ponto de não apoiar ou criticar. Isso é importante para essa meninada que vem crescendo e perdeu um pouco dessa referência que a gente tinha quando subia para o profissional. No que depender de mim, vou ajudar o Lucas (Piton) a crescer muito mais”.
Perguntado sobre a sua situação física e a possibilidade de estrear pelo Timão, Fábio garantiu estar bem fisicamente e acredita que tem condições de já entrar em campo, ficando a cargo da liberação do BID da CBF e da escolha do treinador.
“Eu sempre amei e amo o que eu faço, então valorizo demais cada jogo, treino, cada momento. Nunca reclamei de viagem e concentração porque amo o que eu gosto, então procuro desfrutar disso. Minhas últimas temporadas foram muito boas, tive mais de 50 a 60 jogos por ano. E me sinto muito bem, para falar a verdade. A gente vê esse pré-conceito com jogadores que passam dos 30 anos, mas me sinto bem. Não tive sequência de jogos, mas me sinto bem. Agora é mais uma questão da liberação da CBF e do treino de hoje, para ver se eu posso jogar.”
Fábio Santos realizará o seu segundo treino pelo Timão na tarde desta terça-feira, o último do elenco antes da partida contra o Vasco. O jogo está marcado para esta quarta (21), às 21h30, em São Januário, pela 18ª rodada do Brasileirão.

 

  São Paulo realiza treino tático visando os jogos contra Botafogo e Corinthians

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Corinthians

Timão trabalha em dois períodos e vence jogo-treino contra Inter de Limeira

Du Queiroz marcou o único gol da atividade diante da equipe do interior

Publicados

em

Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians
Neste domingo (16), o Corinthians finalizou a primeira semana da pré-temporada com dois períodos de treinamento. O elenco alvinegro se prepara para a estreia no Campeonato Paulista, que acontece no próximo dia 25, às 21h, na Neo Química Arena, diante da Ferroviária.
Na parte da manhã, o técnico Sylvinho promoveu um treino tático de olho, justamente, no jogo-treino previsto para o período da tarde, diante da Internacional de Limeira.
O jogo-treino contou com dois tempos de 45 minutos. Na etapa inicial, o Timão iniciou com a seguinte escalação: Cássio; Fagner, João Victor, Gil, Lucas Piton; Gabriel, Paulinho, Giuliano; Gabriel Pereira, Róger Guedes e Gustavo Mantuan.
Sob forte chuva, o Corinthians controlou as ações e chegou até a marcar um gol, aos 21 minutos, com Paulinho. Porém, a arbitragem anulou alegando falta do ataque corinthiano. João Victor e Mantuan tiveram outras boas oportunidades, mas o placar do primeiro tempo foi 0 a 0.
Na etapa complementar, Sylvinho trocou todos os atletas e o Timão foi ao gramado com Matheus Donelli; João Pedro, Raul Gustavo, Bruno Mello, Fábio Santos; Cantillo, Du Queiroz, Xavier; Gustavo Silva, Adson e Luan.

Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians
A chuva diminuiu, o Alvinegro seguiu melhor na partida e terminou vitorioso: aos 39 minutos, Cantillo tentou o lançamento pra Gustavo Silva, porém a zaga cortou. Du Queiroz ficou com o rebote e acertou um belo chute de perna esquerda para abrir o placar e dar números finais do jogo-treino.
O zagueiro Danilo Avelar, os meias Renato Augusto e Willian, além dos atacantes Jô e Jonathan Cafú, realizaram trabalhos separados com a equipe de preparação física. Já o meio-campista Roni, que sentiu dores no músculo posterior da coxa direita na atividade de ontem (15), seguiu o tratamento com a equipe de fisioterapia.
Amanhã (17), o elenco se reapresenta no CT Dr. Joaquim Grava no período da tarde para dar sequência à preparação para a estreia no Paulistão.
fonte:https://www.corinthians.com.br/noticias/direto-do-ct-timao-trabalha-em-dois-periodos-e-vence-jogo-treino-contra-inter-de-limeira
COMENTE ABAIXO:
  Direto do CT: com retornos, Timão se reapresenta e viaja a Salgueiro
Continue lendo

FLAMENGO

CORINTHIANS

SÃO PAULO

PALMEIRAS

MAIS LIDAS DA SEMANA