Brasileirão Série A

Corinthians empata com o Bahia pelo Brasileirão 2021

Equipes ficam no 0 a 0 durante os 90 minutos pela quinta rodada do nacional

Publicados

em

Foto: Rodrigo Coca / Ag. Corinthians
Na tarde deste domingo (20), o Corinthians entrou em campo para mais um desafio do Brasileirão 2021. Pela quinta rodada da competição, o Timão visitou o Bahia no Estádio de Pituaçu e as equipes empataram em 0 a 0.
Antes da bola rolar, o zagueiro Gil e o lateral-esquerdo Fábio Santos foram homenageados no vestiário. O camisa 4 por completar 300 jogos com o manto do Timão, enquanto o camisa 26, completou 250 jogos. A partida também foi especial para o lateral-direito Fagner, que completou 406 jogos, e se tornou o 17º jogador a mais vezes vestir a camisa do Corinthians, superando Baltazar.
Foto: Rodrigo Coca / Ag. Corinthians
Com o empate, o Corinthians chegou a cinco pontos no Brasileirão e ocupa momentaneamente a 10ª colocação. Além disso, manteve a invencibilidade no Estádio de Pituaçu. Agora, o Coringão soma dois empates e uma vitória no local, todos contra o Bahia.
Timão escalado!
Completando sete jogos como técnico do Corinthians, Sylvinho decidiu levar a campo para inciar a partida um time formado por: Cássio (capitão); Fagner, João Victor, Gil e Fábio Santos; Cantillo, Gabriel, Roni, Ramiro e Mateus Vital; Jô. Durante a partida entraram: Vitinho, Adson, Cauê e Araos. Ainda à disposição no banco de reservas estavam: Donelli, Guilherme, Lucas Piton, Jemerson, Bruno Méndez, Raul Gustavo, Xavier e Rodrigo Varanda.
Para o duelo, o comandante alvinegro teve uma série de desfalques. O zagueiro Danilo Avelar, que segue se recuperando de lesão no ligamento cruzado anterior, os jovens Gabriel Pereira, Gustavo Mantuan e Ruan, em fase de transição, Caíque França, que passou por cirurgia para correção de hérnia inguinal, Léo Natel, que se recupera de luxação no ombro esquerdo, Luan, que está com tendinite no adutor da coxa direita, Otero, servindo a seleção venezuelana e Gustavo Silva, que está cuidando de problemas particulares.
Primeiro tempo
A partida começou com o Corinthians dando a iniciativa. Logo no primeiro minuto, o Timão conseguiu sua primeira boa construção ofensiva com Fagner. O lateral cruzou na área e a bola foi desviada para escanteio. Na cobrança, a zaga baiana afastou.
Aos 10 minutos, o Coringão finalizou pela primeira vez. Cantillo fez bom lançamento para Ramiro. O camisa 8 dominou e cruzou rasteiro na área. Gabriel ficou com a bola e finalizou para o gol. O goleiro Matheus Teixeira fez a defesa.
Ultrapassados os 16 minutos, o Corinthians trocou passes na intermediária por alguns minutos até que Mateus Vital avançou para dentro e chutou com perigo. A bola foi desviada e o Timão ganhou escanteio. Na cobrança do tiro de canto, a defesa do Bahia afastou.
Chegando perto do último terço da primeira etapa, a partida seguiu muito equilibrada, mas com o Timão com mais posse de bola e buscando chegar mais ao ataque. Aos 40 minutos, Fagner cruzou na área para Jô. O camisa 77 cabeceou para fora.
Ao estourar a marca de 45 minutos, o árbitro Bruno Arleu de Araújo deu mais um minuto de acréscimo. Passado o minuto, encerrou a primeira etapa no Estádio de Pituaçu, em Salvador. Corinthians 0 e Bahia também 0.
Segundo tempo
A segunda etapa começou com a primeira finalização do Corinthians com 30 segundos. Fagner arrancou pela direita e chutou de fora da área. O goleiro do Bahia espalmou para escanteio. Na cobrança, a bola foi afastada. Pouco tempo depois, em mais um escanteio cobrado pelo Timão, Gil cabeceou, mas a bola foi pela linha de fundo.
Armando mais ataques, o Alvinegro finalizou novamente aos nove minutos. Cantillo lançou Mateus Vital na ponta esquerda. O camisa 22 dominou a bola em grande estilo, driblou o marcador e finalizou por cima do gol.
E o Corinthians seguiu criando chances. Cantillo abiu o jogo com Fagner pela direita e o lateral cruzou na área para Ramiro. O camisa 8 do Coringão cabeceou e exigiu grande defesa de Matheus Teixeira.
Aos 15 minutos, Sylvinho realizou sua primeira alteração na equipe do Corinthians. Entrou o camisa 43 Vitinho na vaga de Roni.
Na metade da etapa, o Alvinegro chegou com muito perigo e ficou muito perto de abrir o placar no Estádio de Pituaçu. Vitinho encontrou Cantillo livre no meio-campo e o volante abriu a jogada com Ramiro. Fagner disparou pela direita e o camisa 8 rolou para o lateral. Fagner cruzou rasteiro na área na segunda trave para Jô, mas Matheus Bahia conseguiu desviar a bola para escanteio antes da chegada do camisa 77 do Timão.
Aos 27 minutos, o Coringão fez boa troca de passes novamente. Em jogada construída por Fagner, o lateral serviu Ramiro, que invadiu a área e rolou para Vitinho. O camisa 43 dominou a bola e chutou por cima do gol. Após o lance, os jogadores do Corinthians ficaram reclamando de pênalti em cima de Vitinho. O árbitro foi ao VAR verificar o lance e manteve a decisão de campo. Sem pênalti.
Faltando dez minutos para encerrar a partida, o técnico Alvinegro realizou mais duas mudanças no Timão. Adson e Cauê entraram nos lugares de Ramiro e Jô. Aos 43 minutos, Sylvinho realizou mais uma substituição. Entrou Araos no lugar de Mateus Vital. No lance seguinte, o Bahia fez uma grande jogada e exigiu uma bela defesa de Cássio.
Ao bater 45 minutos, o árbitro acrescentou mais cinco minutos. No período adicionado, não houve tempo de mais nada e a partida acabou empatada em 0 a 0.
Próximo jogo
O Corinthians retorna a campo novamente pelo Brasileirão 2021 na próxima quinta-feira (24). Na Neo Química Arena, o Timão recebe o Sport em partida válida pela sexta rodada da competição, às 19h (Brasília).

 

  Galo vence o Atlético GO e diminui diferença para o líder

Tags: Futebol, Notícias

Categoria(s): Futebol

Fonte: https://www.corinthians.com.br/fora-de-casa-corinthians-empata-com-o-bahia-pelo-brasileirao-2021

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Brasileirão Série A

Com gol de Carlos Sánchez, Santos FC vence a Chapecoense na Arena Condá

Publicados

em

Na noite deste domingo (01), o Santos voltou para casa com os 3 pontos na bagagem. Venceu a Chapecoense por a 1 a 0 na Arena Condá, em Santa Catarina, com gol de pênalti de Carlos Sánchez, em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro. Com o triunfo, o Peixe alcançou os 19 pontos, e a 7ª colocação na tabela.

O próximo compromisso do Alvinegro é a partida de volta pelas oitavas de finais da Copa do Brasil contra o Juazeirense, na quinta-feira (5), às 19h15, no Estádio Adauto Moraes. O time santista tem uma larga vantagem, já que venceu o primeiro jogo por 4 a 0.

O jogo
A partida iniciou movimentada, com as duas equipes procurando o gol.

Aos 10 minutos, o Peixe teve a primeira oportunidade. A bola é levantada na área, e após rebote da defesa, Jean Mota bate com firmeza e obrigado o arqueiro da Chapecoense a fazer boa defesa.

A segunda finalização do time santista ocorreu aos 26. Felipe Jonatan apareceu por trás da zaga, e chutou por cima do gol. Na sequência, foi a vez de Camacho tentar abrir o placar, mas a bola tomou o mesmo rumo do chute do lateral santista.

Em outra jogada pela esquerda, Felipe Jonatan cruza na área, e na disputa pela bola, Madson é derrubado na área. E após consulta no VAR, o árbitro sinaliza pênalti para o Alvinegro. Carlos Sánchez foi para a cobrança, mas o goleiro acabou defendendo. Em nova análise do VAR, o árbitro pede para o lance ser repetido, pois o goleiro se adiantou para defender a cobrança. Sánchez foi novamente para a bola, e com muita categoria, colocou a bola no ângulo, sem chances para o arqueiro do time catarinense. O uruguaio chega a marca de 28 gols pelo time da Vila Belmiro.

  Fluminense vence Goiás por 3 a 0 e chega 53 pontos na competição

Antes de encerrar a primeira etapa, João Paulo garantiu a vitória parcial do Peixe. Aos 46, o goleiro fez uma linda defesa após cabeçada perigosa dentro da área.

O Santos voltou do intervalo com a mesma postura ofensiva, e aos 4 minutos, quase ampliou o placar. Na trama entre Lucas Braga e Marcos Leonardo, o Menino da Vila finalizou já dentro da área, e por muito pouco, não marcou o segundo do time santista.

João Paulo fez mais uma ótima atuação pelo Santos FC (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Em ótima fase, João Paulo pratica mais uma defesa de encher os olhos, aos 20 minutos. A Chapecoense puxou rápido contra ataque, e Fernandinho chutou a bola no ângulo. João pulou e defendeu com as pontas dos dedos, e colocou a bola para escanteio. Três minutos depois, mais uma do arqueiro Menino da Vila. Em chute da entrada da área, ele voou novamente para afastar o perigo.

Com inteligência, o sistema defensivo do Santos controlou o ímpeto da Chapecoense ao tentar empatar, e o time da casa não teve muitas alternativas para furar a defesa do Peixe, e a partida terminou com a vitória do Alvinegro da Vila Belmiro.

  Fortaleza oficializa a contratação do jogador Lucas Crispim

Ficha Técnica:
Chapecoense 0 x 1 Santos FC
Data:
 01/08/2021
Horário: 18h15
Gol: Carlos Sánchez (p) aos 42min do primeiro tempo.
Local: Arena Condá, em Chapecó, Santa Catarina.
Árbitro: Rodolpho Toski Marques
Assistentes: Ivan Carlos Bohn e Edson da Silva
Cartões amarelos: Jair Ventura (treinador da ACF) e Keiller (no banco de reservas) (ACF); Eduardo Zuma (auxiliar) (SFC)
Cartão vermelho: Keiller (no banco de reservas) (ACF)
ACF: João Paulo; Matheus Ribeiro, Kadu, Derlan e Busanello; Anderson Leite, Léo Gomes (Foguinho) e Felipe Baxola (Ravanelli); Anselmo Ramon (Perroti), Fabinho (Geuvânio) e Fernandinho (Mike). Técnico: Jair Ventura
SFC: João Paulo; Madson, Kaiky, Luiz Felipe (Wagner Leonardo) e Felipe Jonatan; Camacho, Carlos Sánchez (Vinícius Zanocelo) e Jean Mota; Marcos Guilherme (Gabriel Pirani), Marcos Leonardo e Lucas Braga (Bruno Marques). Técnico: Fernando Diniz

fonte: https://www.santosfc.com.br/com-gol-de-carlos-sanchez-santos-fc-vence-a-chapecoense-na-arena-conda/

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FLAMENGO

CORINTHIANS

SÃO PAULO

PALMEIRAS

MAIS LIDAS DA SEMANA