Fluminense

Fluminense faz grande partida e vence o River Plate na Argentina

Fred dá duas assistências e Caio Paulista, Nene e Yago Felipe marcam no dia do aniversário do adversário

Publicados

em

Fluminense está nas oitavas de final da Conmebol Libertadores 2021. Jogando no Monumental de Nuñes, o Flu fez 3 a 1 com Caio Paulista, Nene e Yago Felipe, no dia em que o River Plate completou 120 anos. O atacante Fred deu duas assistências em grande atuação. Apenas o Fluminense e o Cruzeiro, entre os times brasileiros, colecionam vitórias contra o Boca Juniors na Bombonera e contra River Plate no Monumental de Nuñes. O Time de Guerreiros terminou a Fase de Grupos na liderança do Grupo D com 11 pontos.

Aos cinco minutos, Nene cobrou falta da intermediária e Luccas Claro finalizou, mas o bandeirinha assinalou impedimento. Aos oito, Gabriel Teixeira desceu pela esquerda e invertou para Samuel Xavier na direita, que chutou cruzado mas a zaga afastou antes da chegada do Fred. Na sequencia, Gabriel tentou de longe, mas foi a bola foi desviada em escanteio. Nene cobrou e Nino cabeceou tirando tinta da trave. Aos 11, primeira chegada do River Plate. Com passe na esquerda para Álvarez, que chutou para defesa de Mrcos Felipe, no rebote Borré exigiu o goleiro Tricolor mais uma vez. Aos 15, Egídio desceu e arriscou de longe, para fora. Aos 17, após escanteio, Peña cabeceou para fora. Aos 22, Fred recebeu na direita em posição trocada com Caio Paulista, que recebeu na pequena área para completar. Flu abre o placar, 1 a 0.

  Flu vai decidir vaga nas quartas da Copa do Brasil em casa contra o Criciúma

Aos 24, Nene cobrou escanteio pela esquerda e Fred cabeceou para fora. Aos 25, Carrascal desceu pela esquerda, driblou o Nino e chutou forte na trave direita de Marcos Felipe. Aos 29, nova assistência de Fred, que achou Nene na esquerda, livre para soltar uma bomba cruzada. Flu 2 a 0. Aos 35, Egídio cruzou pela esquerda e Fred cabeceou com a bola já passando da linha do corpo. A bola sobrou para Caio Paulista que foi desarmado. Aos 41, Álvarez tentou acionar Borré na área, mas Marcos Felipe se antecipou. Aos 44, Fred sofreu falta na entrada da área. Nene cobrou tirando tinta. O goleiro Armani só olhou.

Segundo tempo

Aos quatro minutos, Nene cobrou falta pela direita, mas  bola passou na frente do goleiro e ninguém completou. Aos cinco, Yago recebeu mais um passe do Fred, aberto pela direita, limpou para dentro e chutou do bico da grande área. A bola explodiu no travessão. Aos 12, Samuel Xavier e Caio Pulista tabelaram pela direita, Nene recebeu, fez o giro e chapou para a defesa de Armani. Aos 21, Maidana acertou uma cotovelada em Caio Paulista fora do lance e recebeu o cartão vermelho. Aos 31, confusão na área do Flu, Girotti tentou duas vezes bloqueado por Luccas Claro. Dois escanteios seguidos cortados pela zaga Tricolor.

  Com dois de Bruno Henrique, Flamengo derrota o Barcelona (EQU) e abre vantagem na semi da Liberta

Aos 34, Gabriel Teixeira desceu pela esuqerda, trouxe pro meio e tocou para Luiz Henrique chutar de fora da área, para a defesa de Armani. Aos 39, bola enfiada na direita, cruzamento rasteiro na área e Girotti completou para o gol. Flu 2 a 1. Aos 43, Abel recebeu na área, pelo alto, e cabeceou para fora. Já nos acréscimos, Abel recebeu, protegeu e deixou Yago Felipe na cara do gol para marcar. Flu 3 a 1.

FOTOS: Lucas Merçon/FFC

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Brasileirão Série A

Fluminense vence no Maracanã e segue na cola do G-6 do Brasileirão

Tricolor volta a campo no próximo domingo, contra o Santos, na Vila Belmiro

Publicados

em

O Fluminense segue firme e forte na briga por uma vaga na Libertadores. Na tarde deste domingo, em seu retorno ao Maracanã, o Tricolor derrotou o Red Bull Bragantino por 2 a 1 e deu mais um passo rumo ao à competição continental. Fred e Luiz Henrique marcaram os gols da equipe na partida, válida pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ao abrir o placar, o ídolo tricolor fez história ao ultrapassar Romário e se tornar isoladamente o segundo maior artilheiro da história da competição, com 155 gols.

Com o resultado, a equipe chegou aos 32 pontos na tabela de classificação, se mantendo a apenas um do G-6. Além disso, o Time de Guerreiros chegou ao sétimo jogo de invencibilidade na competição. Na próxima rodada, o Fluminense vai até o litoral paulista, onde enfrenta o Santos, no domingo que vem (03/10), às 18h15, na Vila Belmiro.

Seja Sócio e receba conteúdos exclusivos, além de ter descontos em vários parceiros. Faça o Fluminense mais forte e escolha um plano agora!

Primeiro tempo

O Fluminense iniciou a partida controlando as ações e dominando a posse de bola. A equipe chegou ao ataque algumas vezes nos primeiros minutos, mas as jogadas foram bem travadas pela defesa adversária. Aos 6 minutos, Luiz Henrique fez linda jogada individual pela direita, acionou Nonato, que cruzou na área. Na sobra, Calegari chutou firme, mas a zaga conseguiu cortar. Aos 12, a tabelinha se repetiu: o Moleque de Xerém desceu pela ponta e acionou Nonato na área. O volante rolou para Fred, que só teve o trabalho de empurrar para o gol vazio e abrir o placar para o Tricolor. Aos 23, Fred rolou boa bola para Luiz Henrique dentro da área pelo lado esquerdo, o garoto dominou e chutou cruzado, mas a bola desviou da defesa e saiu em escanteio. Na cobrança, Danilo Barcelos achou Fred, que cabeceou por cima do travessão.

  Flu vai decidir vaga nas quartas da Copa do Brasil em casa contra o Criciúma

A pressão tricolor seguiu intensa. Logo no lance seguinte, Fred fez o pivô e Yago lançou Luiz Henrique, que bateu prensado pelo defensor. Aos 28, Calegari foi à linha de fundo e rolou para Nonato, que desviou para o gol, mas o zagueiro tirou quase em cima da linha. Na sequência, Yago cortou para dentro na entrada da área e bateu firme, obrigando o goleiro a espalmar. Mas de tanto insistir o Fluminense ampliou aos 42. Calegari lançou Caio pela direita, ele avançou e rolou para Luiz Henrique dentro da área. O garoto dominou, fez o giro e soltou a bomba no ângulo. Um golaço no Maracanã!

Segundo tempo

A primeira finalização da segunda etapa foi aos 4 minutos, quando André arriscou de longe, mas a bola subiu demais. Apesar do domínio tricolor, o Red Bull Bragantino descontou aos 17 minutos, com Helinho. Aos 24, Danilo Barcelos cruzou com muito veneno na área, mas antes que a bola chegasse limpa para Luccas Claro finalizar a defesa conseguiu fazer o corte. Aos 30 minutos, André roubou a bola na intermediária, ajeitou e chutou, a bola desviou na zaga, mas o goleiro conseguiu fazer a defesa.

  Galo tem preparação intensa para jogo no Maracanã contra o Fluminense

O Tricolor chegou ao terceiro gol em uma linda jogada coletiva, com Gabriel Teixeira, mas o VAR anulou o lance alegando impedimento. O Fluminense seguiu em cima e voltou ao ataque aos 38. Jhon Arias conduziu pelo meio e arriscou o chute, mas o goleiro fez a defesa. Aos 42, Calegari rolou para trás, Gabriel Teixeira fez o corta-luz e Nonato bateu colocado, para mais uma defesa de Julio César. Aos 46, Gabriel foi à linha de fundo e tocou para Arias, que rolou para André bater por cima do gol.

FICHA TÉCNICA

Campeonato Brasileiro – 22ª rodada
26/09/2021, 16h – Maracanã

Fluminense (2)
Marcos Felipe; Calegari, Nino, Luccas Claro e Danilo Barcelos; André, Nonato (David Braz) e Yago Felipe (Martinelli); Luiz Henrique (Gabriel Teixeira), Caio Paulista (Jhon Arias) e Fred (Bobadilla). Técnico: Marcão

Red Bull Bragantino (1)
Julio Cesar; Weverton, Léo Realpe, Natan e Luan Cândido (Guilherme); Emi Martínez (Praxedes), Cristiano, Vitinho; Gabriel Novaes (Hurtado), Helinho (Alerrandro) e Pedrinho. Técnico: Mauricio Barbieri

Gols: Fred (12′ 1T), Luiz Henrique (42′ 1T) (FLU); Helinho (17′ 2T) (RBB)

Cartões amarelos: Nonato, Martinelli (FLU); Léo Realpe, Gabriel Novaes (RBB)

Arbitragem: Leandro Pedro Vuaden (RS), auxiliado por Jorge Eduardo Bernardi (RS) e Jose Eduardo Calza (RS)

fonte: https://www.fluminense.com.br/noticia/fluminense-vence-no-maracana-e-segue-na-cola-do-g-6-do-brasileirao
Foto: Lucas Merçon/FFC
Texto: Comunicação/FFC

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FLAMENGO

CORINTHIANS

SÃO PAULO

PALMEIRAS

MAIS LIDAS DA SEMANA