Athletico-PR

Na estreia, Atlético PR fica no empate sem gol

Publicados

em

Um ponto fora de casa na estreia na CONMEBOL Libertadores.

O Athletico dominou o Caracas, nesta terça-feira (5), na Venezuela, mas não conseguiu balançar as redes do Estádio Olímpico da UCV. O empate em 0 a 0 abriu a disputa do Grupo B. The Strongest e Libertad completam a rodada na quinta-feira (7), na Bolívia.

A próxima partida do Furacão na competição continental está marcada para a quinta-feira da semana que vem (14). O adversário será o The Strongest, às 19h, no Caldeirão.

Antes, o Rubro-Negro fará outra estreia na temporada, agora pelo Brasileirão. No domingo (10), o time athleticano encara o São Paulo, no Morumbi.

O Jogo

Mesmo jogando fora de casa, o Athletico teve o controle da partida desde o começo e as chances de gol não demoraram para aparecer. A primeira finalização foi do estreante Orejuela, aos 3′, dando trabalho ao goleiro do Caracas.

O Furacão seguiu atacando. Pela esquerda, Tomás Cuello era uma ameaça constante à defesa do time da casa. Aos 4′, ele acionou Pablo, que rolou para Terans bater em cima do goleiro. Logo depois, em mais uma tabela com Pablo, cruzou com perigo e zaga afastou.

O ataque rubro-negro ia envolvendo o sistema defensivo do adversário. Aos 12′, Pablo tocou de calcanhar para Marcelo e o goleiro Baroja fez mais uma defesa. No rebote, Cuello chutou travado.

  Palmeiras larga na frente por vaga nas quartas ao vencer Universidad Católica-CHI pela Libertadores

O Caracas só se arriscava nos contra-ataques, mas encontrava Bento sempre atento na meta rubro-negra. E o Furacão também passou a arriscar chutes de longa distância, com Terans e Marcelo.

Ainda na primeira etapa, o Athletico chegou em mais duas boas jogadas. Primeiro, Cuello cruzou na pequena área e a zaga cortou. Terans pegou a sobra e bateu firme, mas Baroja espalmou de novo. Em seguida, Lucas Halter tocou para Pablo, que acertou um lindo passe para Terans. O uruguaio chegou chutando de primeira e mandou para fora.

O segundo tempo seguiu na mesma toada, com o Athletico pressionando o adversário. Em cruzamento de Orejuela, Marcelo bateu na rede pelo lado de fora. E em uma cobrança de falta na entrada da área, Terans bateu com categoria e Baroja salvou mais uma vez.

O goleiro do Caracas foi se transformando no grande nome da partida. Aos 17′ e aos 33′ ele defendeu dois bons chutes de Christian de fora da área. Entre eles, o Athletico também chegou com Terans, em um chute que a zaga travou no último instante.

  Verdão empata Choque-Rei no Morumbi e decide vaga à semi da Liberta no Allianz

Terans voltou a finalizar com perigo após um cruzamento de Vitor Bueno. E no último lance da partida, Bento garantiu o ponto para o Athletico ao defender um chute de Akinyoola, no último contra-ataque da equipe local.

Ficha técnica: Caracas 0x0 Athletico Paranaense
CONMEBOL Libertadores 2022: Grupo B – 1ª rodada
Data: 05/04/2022
Horário: 19h15 (Brasília)
Local: Estádio Olímpico da UCV, em Caracas (Venezuela)

Árbitro: Andrés Rojas (Colômbia)
Assistentes: Sebastián Vela (Colômbia) e David Fuentes (Colômbia)
Quarto árbitro: Michael Espinoza (Peru)

Caracas: Baroja; Fereira, Rivero, Quijada e Notaroberto; Castillo e Suárez; Bonsu (Rodríguez, aos 36′ do 2º tempo), Ramírez (González, aos 25′ do 2º tempo) e Guarirapa (Ovando, aos 40′ do 2º tempo); Akinyoola
Técnico: Francesco Stifano
Cartão amarelo: Notaroberto

Athletico Paranaense: Bento; Orejuela (Khellven, aos 24′ do 2º tempo), Pedro Henrique, Lucas Halter e Abner; Christian (Rômulo, aos 39′ do 2º tempo), Hugo Moura e David Terans; Marcelo Cirino, Pablo (Marlos, aos 15′ do 2º tempo) e Tomás Cuello (Vitor Bueno, aos 24′ do 2º tempo)
Técnico: Alberto Valentim
Cartão amarelo: Hugo Moura

Fotos: José Tramontin/athletico.com.br

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Athletico-PR

Com a força do conjunto e a marca do craque!

Publicados

em

O Jogo

O Avaí não veio pensando em retranca. No início do jogo, tentou marcar no campo de defesa do Furacão e buscar o ataque. Mas o time athleticano conseguia sair da pressão e criar as melhores oportunidades de gol.

O placar quase foi aberto aos 14′. Pablo recebeu um passe de peito de Cuello e chutou de fora da área. O

goleiro Douglas voou e fez uma grande defesa.

Mas foi aos 22′ que aconteceu a jogada que deu origem ao primeiro gol. Christian rolou na área para Terans, que chutou de primeira e a bola bateu no braço de Arthur Chaves. Pênalti confirmado após análise no VAR! Terans na cobrança, bola para um lado, goleiro para outro: 1 a 0!

O Rubro-Negro teve a chance de ampliar em duas finalizações de Christian. Mas foi novamente com Terans que a bola voltou a balançar a rede. Aos 43′, Cuello recebeu pela esquerda e tocou para na área para o camisa 20. O chute saiu cruzado e fatal: 2 a 0!

O Athletico ainda teve mais uma chance na primeira etapa, em um chute de fora da área de Canobbio. E foi com uma boa vantagem para o intervalo.

  Com retorno de Veiga e Willian, Palmeiras inicia preparação visando Libertadores

Mas logo no começo da segunda etapa, o adversário conseguiu descontar, em um lance inusitado.

Primeiro, Hugo Moura fez falta em Dentinho da área. Na cobrança, Willian Pottker tentou uma cavadinha, mas Bento defendeu! No rebote, Khellven tentou afastar e derrubou Pottker. Mais um pênalti! Desta vez, o atacante bateu forte e sem chances de defesa.

O Furacão tentou dar a resposta. Cuelo arriscou de fora da área e mandou por cima. Canobbio quase conseguiu desviar um cruzamento de Terans. E Christian recebeu um lindo passe de Terans, matou no peito e bateu tirando tinta da trave.

A partir daí, o jogo ficou mais truncado, com o Athletico se fechando para garantir a vitória e não dando oportunidades para o Avaí ameaçar a meta defendida por Bento. Já no final, Cuello teve mais uma chance, mas foi travado na hora do chute.

Ficha técnica: Athletico Paranaense 2×1 Avaí
Campeonato Brasileiro 2022: 7ª rodada
Data: 22/05/2022
Horário: 19h
Local: Estádio Joaquim Américo

Público pagante: 15.949
Público total: 16.872
Renda: R$ 280.155,00

Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)
Quarto árbitro: Cristian Eduardo Gorski da Luz (PR)
Árbitro de vídeo : Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (RN)

  “Ainda é só o começo. Vamos evoluir jogo a jogo”, afirma Bissoli

Athletico Paranaense: Bento; Khellven, Pedro Henrique (Matheus Felipe, aos 32′ do 2º tempo), Nico Hernández e Abner; Christian (Erick, aos 25′ do 2º tempo), Hugo Moura (Pablo Siles, aos 41′ do 2º tempo) e David Terans (Matheus Fernandes, aos 41′ do 2º tempo); Canobbio, Pablo e Tomás Cuello
Técnico: Luiz Felipe Scolari
Gols: David Terans, aos 24′ e aos 43′ do primeiro tempo
Cartão amarelo: Hugo Moura e Abner

Avaí: Douglas; Kevin, Rodrigo Freitas, Arthur Chaves e Cortez; Raniele (Marcinho, aos 19′ do 2º tempo), Bruno Silva e Eduardo (Galdezani, no intervalo); Dentinho (Vitinho, aos 38′ do 2º tempo), Pottker (Rômulo, aos 34′ do 2º tempo) e Morato (Copete, aos 19′ do 2º tempo)
Técnico: Eduardo Barroca
Gol: Pottker, aos 5′ do primeiro tempo
Cartões amarelos: Dentinho, Arthur Chaves, Bruno Silva, Copete e Galdezani

Fotos: Fabio Wosniak/athletico.com.br 

fonte: https://www.athletico.com.br/resumo_do_jogo/com-a-forca-do-conjunto-e-a-marca-do-craque/
COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FLAMENGO

CORINTHIANS

SÃO PAULO

PALMEIRAS

MAIS LIDAS DA SEMANA