Botafogo

Vasco vence clássico diante do Botafogo por 3 a 0

Publicados

em

O clássico começou com as duas equipes se estudando muito, em São Januário. A primeira boa chance vascaína veio aos 6 minutos, Germán Cano veio buscar a bola na intermediária, carregou com liberdade pelo meio e arriscou um chute de longa distância, a bola por pouco não estufou a rede adversária.  O Vasco voltou a incomodar a meta adversária aos 21 minutos. Cayo Tenório avançou pela direita, cruzou para Léo Gil que chegou chutando de primeira, a bola explodiu na zaga adversária. Na sobra, Henrique levantou a cabeça e cruzou na cabeça de Talles Magno que testou firme para dentro do gol: VASCO 1  a 0.

Aos 27, Yago Pikachu mandou a bola para a entrada da pequena área, buscando Germán Cano. O artilheiro acabou passando pela bola, que sobrou para Talles Magno, o camisa 11 escorou novamente para o argentino que conseguiu desviar, mas não contava com o zagueiro adversário que tirou em cima da linha. Aos 35, Léo Gil cobrou uma falta pela direita na entrada da pequena área, a bola foi desviada pela zaga adversária para trás e por pouco não morreu dentro do gol.

  Corinthians volta em campo para duelar com Ceará no Brasileirão

Aos 38 minutos, Talles Magno recebeu pela esquerda e partiu para cima dos adversários. O camisa 11 passou no meio de dois marcadores, limpou o zagueiro e arriscou a finalização, que parou na defesa do goleiro Diego Cavalieri. Aos 40, Léo Gil cobrou outra falta na direção do gol e contou com o desvio de Talles Magno de cabeça, a bola passou raspando a trave.

O Vasco começou tomando a iniciativa na segunda etapa. A primeira chance do Gigante da Colina veio aos 4 minutos, Léo Gil recebeu na entrada da área e arriscou a finalização que acabou sendo desviada e saindo em escanteio. Na cobrança feita pelo camisa 7, a bola sobrou limpa para Werley na entrada da pequena área, o zagueiro vascaíno não conseguiu finalizar. Aos 17, Juninho recebeu pela esquerda, avançou, invadiu a área e chutou firme, a bola passou por cima da meta.

Precisando do resultado, o rival conseguiu igualar as ações e incomodar a meta vascaína. Aos 22, em cobrança de escanteio a bola sobrou para Kalou que finalizou e Henrique, assim como na última partida, salvou o Gigante da Colina, tirando a bola em cima da linha. A resposta Cruzmaltina veio aos 30, Andrey veio tabelando com Caio Lopes desde a intermediária, invadiu a área e soltou o pé na direção do gol, a bola foi defendida pelo goleiro. No minuto seguinte, Caio Lopes recebeu na entrada da área, tocou para Germán Cano que deu de primeira para Andrey chegar batendo de primeira e ampliar o placar no clássico: VASCO 2 a 0.

  São Paulo derrota o Atlético-MG e recupera vantagem no topo Brasileirão

Com o placar favorável, o Vasco voltou a incomodar o gol adversário aos 46 minutos. Gabriel Pec recebeu pelo meio e avançou, a joia vascaína achou um belíssimo passe e deixou Germán Cano na cara do gol, o artilheiro chegou batendo de primeira e parou na defesa do goleiro alvinegro. Aos 49, Yago Pikachu invadiu a área pela esquerda e sofreu pênalti. Na cobrança, feita por ele mesmo o Gigante da Colina ampliou: VASCO 3 a 0.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Botafogo

No encerramento do Campeonato Brasileiro 2020, Ceará vence o Botafogo

Publicados

em

Jogando na Arena Castelão, o Ceará finalizou uma temporada histórica para o Time do Povo. Na última rodada do Brasileirão Série A, o Mais Querido venceu o Botafogo por 2×1, com gols de Pedro Naressi e Saulo. A partida também marcou uma homenagem do Vozão à sua torcida. O elenco entrou com uma camisa especial para esta última rodada, camisa essa que simboliza a paixão da torcida pelo Vozão.

No primeiro tempo, as melhores chances foram do Mais Querido. Aos 16 minutos, Léo Chú bateu cruzado e a bola desviou, saindo em escanteio. Na cobrança, a bola sobrou para Pedro Naressi, que bateu com categoria, abrindo o placar para o Alvinegro.

Depois disso, as melhores chances vieram com Felipe Vizeu, em duas cabeçadas.

Na volta do intervalo, logo aos cinco minutos, Vina bateu de perna esquerda, mas parou em Diego Loureiro.

Seis minutos depois, em cobrança de pênalti, Matheus Babi empatou o jogo.

Na busca da vitória, o Ceará chegou em três boas oportunidades. Primeiro, Vina e Saulo bateram para fora. Pouco depois, já aos 45 minutos, Saulo voltou a ter uma boa chance, mas viu o goleiro botafoguense fazer uma bela defesa.

  Ceará e São Paulo ficam empatados de 1 a 1 pela 35ª rodada da Série A

Já nos acréscimos, Saulo brigou pela bola, ganhou da marcação, arrancou e bateu na saída de Diego, colocando números finais à partida e garantindo a vitória para o Vozão.

Com o resultado, o Ceará finaliza a Série A com 52 pontos, na 11ª colocação, melhor posição do Vozão no Brasileirão de pontos corridos.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FLAMENGO

CORINTHIANS

SÃO PAULO

PALMEIRAS

MAIS LIDAS DA SEMANA