REAÇÃO

Fluminense vence o Coritiba de goleada por 4 a 0 e chega a 17 pontos

Publicados

em

Foto: Fluminense Oficial

Nada como uma vitória elástica após uma eliminação doída para resgatar a confiança no futebol. A goleada do Fluminense por 4 a 0 sobre o Coritiba pelo Brasileirão, quatro dias depois da eliminação na Copa do Brasil, mostrou um rápido poder de reação do grupo comandado pelo técnico Odair Hellmann.

O triunfo por 4 a 0 aconteceu com um gols de Michel Araújo, Felippe Cardoso, Nino e Ganso.

Aniversariante faz a festa
​Pressionado pela eliminação para o Atlético-GO, o Fluminense foi para o ataque no Nilton Santos, usando as laterais com Hudson, na direita, e Wellington Silva pela esquerda. A pressão deu resultado aos 7 minutos. Michel Araujo, aniversariante do dia, acertou um belo chute de fora da área, após  uma boa trama coletiva. No dia em que completou 24 anos, o uruguaio deu de presente para a torcida tricolor o primeiro gol em jogos oficiais com a camisa do clube.

Domínio tricolor e susto
Depois do gol, o Tricolor manteve o domínio e quase ampliou com Nino, de cabeça, após cobrança de escanteio e Wellington Silva,  que finalizou para defesa de Wilson, aproveitando cruzamento de Barcelos. A partir da metade da primeira etapa, o time de Odair Hellmann diminuiu o ritmo e acabou deixando o Coxa gostar do jogo. Os paranaenses ameaçaram com Matheus Bueno, em chute da entrada da área defendido por um pressionado Muriel. Aos 41, os donos da casa levaram um susto e tanto quando Robson recebeu cruzamento da esquerda e mandou para fora, mesmo livre e com o gol escancarado diante de si.

  Líder São Paulo não supera o Athletico e fica no empate de 1 a 1

Para calar os críticos
​O Fluminense iniciou o segundo tempo da mesma forma que terminou o primeiro e deixou o Coritiba com a iniciativa do jogo. Aos 9, o time levou novo susto, quando Robson  mandou uma bomba que parou na trave esquerda de Muriel. O panorama começou a mudar aos 15 minutos. O criticado atacante Felippe Cardoso, que havia acabado de entrar no lugar de Fred,  recebeu passe Julião, driblou Wilson e chutou quase sem ângulo para ampliar a vantagem.

De zagueiro para zagueiro
Com a vantagem no placar, o Flu ganhou confiança e passou a administrar melhor a partida. Com o domínio recuperado, o time das Laranjeiras ampliou em lance com a participação da dupla de zaga. Nenê cobrou falta,  Matheus Ferraz cabeceou para dentro da área e Nino, livre, fez o terceiro gol tricolor.

Para fechar a conta
​Após nova bola na trave de Robson, o Flu conseguiu ampliar a vantagem. Aos 39, Dodi puxou contra-ataque, e foi derrubado na área por Natanael, expulso após o lance. Na cobrança de pênalti, Ganso deslocou Wilson e fez o primeiro dele na temporada para decretar a goleada tricolor.

  Internacional segue preparação para enfrentar o Palmeiras

Com o resultado, o time tricolor chegou a 17 pontos e encostou no grupo que luta por vaga na Libertadores do ano que vem. Já o Coxa, permaneceu com 11 pontos e vai apenas “dormir” fora da zona, uma vez que, quarta-feira, Botafogo e Bahia se enfrentam e, independentemente do resultado, empurram a equipe de Jorginho para a degola.

Na próxima rodada, o Flu tem pela frente o clássico com o Botafogo, no Nilton Santos, no domingo. Já o Coritiba, recebe o São Paulo, no Couto Pereira, às 16h.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Brasileirão Série A

Fluminense perde e vai decidir vaga na Libertadores no Maracanã

Tricolor volta a campo na próxima quinta, contra a Chapecoense, no Maracanã

Publicados

em

Jogando fora de casa, na Arena Fonte Nova, em Salvador, o Fluminense foi superado em 2 a 0 pelo Bahia, na tarde deste domingo (05/12), em jogo válido pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro. Apesar do resultado, o Tricolor segue dependendo apenas de suas próprias forças para carimbar seu passaporte para a Libertadores do ano que vem.

Para isso, o time precisa vencer a Chapecoense na próxima quinta-feira (09/12), às 21h30, no Maracanã. O Time de Guerreiros, que soma 51 pontos na tabela de classificação, contará com o apoio maciço de sua torcida, que já comprou mais de 25 mil ingressos para a partida que encerra a temporada do Flu.

Primeiro tempo

A primeira chance clara de gol surgiu logo no primeiro minuto. Danilo Barcelos cobrou falta na área e Caio Paulista escorou na medida para Fred, que bateu com o pé esquerdo, mas a bola saiu rente à trave. Aos 26, Wellington acertou um lindo lançamento para Samuel Xavier na linha de fundo, o lateral chegou tocando para trás buscando Fred, mas a zaga conseguiu fazer o corte na hora certa. Aos 35 minutos, o árbitro assinalou pênalti para o Bahia. Gilberto cobrou e converteu. O adversário ampliou aos 46, novamente com Gilberto.

  Coritiba retoma os trabalhos com semana cheia antes do duelo com o Bahia

Segundo tempo

O Fluminense voltou do vestiário melhor, buscando mais o campo de ataque e por pouco não descontou aos 7 minutos. Martinelli arrancou pelo meio e deixou com Yago, que cortou para dentro e arriscou de longe. O goleiro não conseguiu fazer a defesa e a bola bateu na trave. No lance seguinte, o camisa 20 voltou a chutar de fora da área, mas a bola desta vez saiu por cima do travessão.

Aos 9 minutos foi a vez de Martinelli arriscar. Ele recebeu na intermediária e chutou pelo lado do gol. Aos 14, Cazares cobrou falta na medida para o centro da área e encontrou Luiz Henrique, que cabeceou rente à trave esquerda do goleiro. O Tricolor seguiu pressionando em busca o gol. Aos 28, Cazares cruzou para Fred, que cabeceou de raspão e o goleiro defendeu. Aos 32, após sobra da defesa na entrada da área, Luccas Claro emendou de primeira e a bola saiu em linha de fundo. Aos 44, a bola sobrou para Bobadilla, que chutou com muito estilo, mas a bola desviou na zaga e saiu. Dois minutos depois o paraguaio voltou a oferecer perigo, com um chute da meia-lua que buscava o ângulo e passou raspando.

  Com novo recorde de público, Galo vence o América no Mineirão

FICHA TÉCNICA

Campeonato Brasileiro – 37ª rodada
05/12/2021, 16h – Fonte Nova

Bahia (2)
Danilo Fernandes; Nino Paraíba, Conti, Luiz Otávio e Matheus Bahia (Renan Guedes); Edson (Raniele), Patrcik, Raí (Ronaldo) e Rodriguinho (Juninho Capixaba); Rossi e Gilberto (Rodallega). Técnico: Guto Ferreira

Fluminense (0)
Marcos Felipe; Samuel Xavier, Manoel, Luccas Claro e Danilo Barcelos; Wellington (Lucca), André (Martinelli) e Yago Felipe; Caio Paulista (Cazares), Luiz Henrique (Matheus Ferraz) e Fred (Bobadilla). Técnico: Marcão

Gols: Gilberto (38′ e 46′ 1T)

Cartões amarelos: Gilberto, Juninho Capixaba (BAH); Luccas Claro, Wellington, Yago Felipe, Fred, Bobadilla (FLU)

Cartões vermelhos: Rossi (BAH); Manoel (FLU)

Arbitragem: Luiz Flavio de Oliveira (FIFA/SP), auxiliado por Neuza Ines Back (FIFA-SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)

Fotos: Lucas Merçon/FFC
fonte: https://www.fluminense.com.br/noticia/fluminense-perde-e-vai-decidir-vaga-na-libertadores-no-maracana

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FLAMENGO

CORINTHIANS

SÃO PAULO

PALMEIRAS

MAIS LIDAS DA SEMANA