Brasileirão Série A

Willian iguala Evair no top 10 de artilheiros do Palmeiras no Brasileirão

Publicados

em

O ano de 2020 passou, mas as competições vigentes ao ano anterior seguem acontecendo e, com isso, os números relativos à temporada continuam sendo atualizados. Ao ter marcado o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Sport, fora de casa, na noite deste sábado (09), Willian chegou a 18 gols na temporada e voltou a figurar na artilharia do time no ano, ao lado de Luiz Adriano. De quebra, o atual atacante palmeirense igualou a marca de um ídolo da torcida: Evair. Com o tento pelo Brasileirão, ele chegou aos mesmos 28 gols pela competição nacional que o eterno camisa 9 possui– antes, com 27 tentos, dividia a 10ª posição com Edu Bala, ponta-esquerda da Segunda Academia palmeirense dos anos 70. O líder deste ranking é César Maluco, que defendeu o Maior Campeão do Brasil entre os anos 60 e 70 e marcou 61 vezes pelo Brasileirão.

Jogador do atual elenco com mais partidas (208, seguido por Felipe Melo, com 170), gols (56, seguido por Luiz Adriano, com 25, Raphael Veiga e Gustavo Scarpa, ambos com 22) e assistências (20, ao lado de Marcos Rocha e de Lucas Lima), Willian é o 72º no ranking dos atletas com mais jogos na história do clube e o 6º entre os que têm mais vitórias neste século, com 114 triunfos – completam o ranking: Márcio Araújo (5º, com 118), Valdivia (4º, com 122), Fernando Prass (3º, com 151), Dudu (2º colocado, com 174) e Marcos (líder com 182 vitórias).

  Goiás e Ceará já se enfrentam desde 1973

As 208 partidas de Willian, inclusive, o colocam também no top 10 de palmeirenses com mais partidas neste século, na 7ª colocação. Completam o ranking: o meio-campista Corrêa (6º, com 209), o meia Valdivia (5º, com 241), o volante Márcio Araújo (4º, com 252), o goleiro Fernando Prass (3º, com 274), o atacante Dudu (2º, com 305) e o goleiro Marcos (líder no quesito, com 392).

No Allianz Parque, Willian é o vice-artilheiro, com 21 bolas na rede na arena alviverde, só está de Dudu neste quesito, com 33; o terceiro em jogos (83, a frente de Vitor Hugo, com 75, e de Felipe Melo, com 74, e atrás apenas de Fernando Prass, com 86, e Dudu, com 127) e o quinto em assistências (nove, ao lado de Lucas Lima e uma a menos que Robinho e Róger Guedes, com dez, e três a menos que Marcos Rocha, com 12 – todos atrás de Dudu, com 35).

Vale destacar ainda que Willian se tornou ainda o maior artilheiro palmeirense em jogos diante do Sport, agora com três bolas na rede, igualando Tupãzinho e Keno. Além disso, dos quatro jogos em que Willian disputou contra o Sport, apenas no primeiro não marcou gol (quando o Verdão venceu por 5 a 1 em 2017, no Allianz Parque, com gols de Deyverson, duas vezes, Luan, Dudu e Keno).

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Bahia

Santos perde para o Bahia em Salvador

Publicados

em

Na noite de quinta-feira (25), o Santos perdeu para o Bahia na Arena Fonte Nova, por 1 a 0. A partida marcou o encerramento do Campeonato Brasileiro de 2020. O Peixe ficou na 8ª colocação, somando 54 pontos em 38 partidas e garantido a vaga para a Conmebol Libertadores.

No próximo domingo (28), o Alvinegro já estreia no Campeonato Paulista, diante do Santo André ás 19h15, no Estádio Canindé.

O jogo

Aos dois minutos, Jean Mota toca para Ângelo perto da área, e o menino de 16 anos vai pra cima da marcação e a bola acaba saindo pela linha de fundo.

Aos 14 minutos, o Bahia abre o placar através de Rossi.

Ângelo faz jogada pelo lado direito, aos 22 minutos e toca para Vinícius Balieiro. O volante santista chuta forte e a bola passa por cima do gol.

Cinco minutos depois, a defesa baiana faz falta em Ângelo perto da área. Jean Mota vai para a cobrança e o goleiro defende.

Aos 32 minutos, Fernando Pileggi cruza na área e Bruno Marques ganha no alto e manda para fora.

  Janeiro do Corinthians terá clássicos e início de reta final do Brasileirão

Faltando dois minutos para o fim da primeira etapa, Arthur Gomes faz bonita jogada pela esquerda e cruza na área. Vinícius Balieiro ganha no alto e cabeceia para bela defesa do goleiro do Bahia.

Já na segunda etapa, aos 3 minutos, Bruno Marques tenta finalizar, mas é travado. Na sequência, Vinícius Balieiro chuta e a bola é desviada para escanteio. Um minuto depois, Gabriel Pirani chuta de fora da área, e a bola passa com perigo.

Aos 13 minutos, Rodriguinho finaliza e João Paulo faz bela defesa. Três minutos depois, em cruzamento na área, Bruno Marques ganha da marcação e consegue cabecear, e a bola sai por cima do gol.

Aos 25 minutos, outra ótima defesa de João Paulo, em chute de Gilberto.

O Bahia chega ao segundo gol com Alesson, aos 45 minutos.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FLAMENGO

CORINTHIANS

SÃO PAULO

PALMEIRAS

MAIS LIDAS DA SEMANA