Chapecoense

Moisés Ribeiro completa 61 jogos com a camisa da Chapecoense

Publicados

em

No último domingo (28), em Florianópolis, onde a Chapecoense venceu o Figueirense, o volante Moisés Ribeiro completou 61 jogos com a camisa alviverde e atingiu a marca de 402 minutos disputados em 2021. Desde 2016 no Verdão, é o atleta com mais tempo de clube no atual elenco e participou de toda reconstrução verde e branca.

Após o recomeço no futebol nesta temporada, o feito é motivo de extrema alegria para o volante de 30 anos. “Me sinto muito feliz em ultrapassar 60 jogos pela Chapecoense, como profissional, o clube onde por mais tempo permaneci em minha carreira. Tenho uma identificação gigante com a história, gosto muito da cidade de Chapecó, dos torcedores… Espero permanecer por mais tempo aqui e alcançar 100 jogos com esta camisa”.

Foto: Márcio Cunha /ACF
Foto: Márcio Cunha /ACF

Titular contra o Figueirense, Moisés comenta a importância do resultado positivo para a sequência da competição. “Passamos por uma derrota para o Hercílio em casa e buscamos a vitória até o último minuto contra o Figueira, este resultado é muito importante para o restante do campeonato. O nosso grupo está unido e cada vez mais forte, vamos buscar alcançar todos os objetivos impostos para o estadual”.

COMENTE ABAIXO:
  Chapecoense goleia o Joinville fora de casa e se isola na liderança do estadual
Propaganda

campeonato catarinense

Chapecoense vence o Figueirense e avança no Campeonato Catarinense

Publicados

em

Depois de disputar quatro partidas válidas pelas quartas de final do Campeonato Catarinense, a Chapecoense bateu o Figueirense na noite fria desta quarta-feira (12), na Arena Condá, e está classificada para a semifinal da competição estadual. Depois de ser superada no jogo de ida e precisando vencer por dois gols de diferença para carimbar o passaporte para a próxima fase, a equipe alviverde contou com noite inspirada dos seus zagueiros Laércio e Derlan, autores dos gols que sacramentaram a flechada e garantiram o Verdão entre os quatro finalistas.

A partida:

Bastaram quatro minutos de bola rolando para que a Chapecoense chegasse ao seu primeiro gol. Após Anderson leite alçar a bola na área, Alan Santos ajeitou de cabeça para Laércio finalizar, de primeira, para o fundo do gol. Depois de abrir o placar, a equipe alviverde manteve a pressão e teve algumas chances claras de ampliar a vantagem: aos 24, com Perotti, que driblou dois defensores com tranquilidade e finalizou, de canhota, tirando tinta da trave; aos 26, com Anselmo Ramon, que foi acionado na ponta esquerda e chutou da entrada da grande área, levando perigo. Na resposta do Figueirense, aos 30, Renan Luís parou na defesa impecável de Keiller, que cresceu para cima do adversário e impediu o empate.

  Chapecoense vence de virada e abre dez pontos do vice-líder da Série B

Com o mesmo ímpeto da primeira etapa, a Chapecoense aproveitou o início do segundo tempo para ampliar a vantagem. Aos 11 minutos, Ravanelli cobrou escanteio com categoria e Derlan cabeceou como manda o manual para marcar o segundo da Chape.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FLAMENGO

CORINTHIANS

SÃO PAULO

PALMEIRAS

MAIS LIDAS DA SEMANA