campeonato paulista

Palmeiras fica à frente do placar três vezes e bate Santos por 3 a 2 pelo Paulista

Publicados

em

Para avançar às fases decisivas, o Alviverde precisa vencer o seu último compromisso, contra a Ponte Preta, fora de casa, e torcer por um tropesso do Novorizontino contra o Corinthians (pelo menos um empate).

Com o resultado, nesta quinta-feira (06), o Alviverde chegou ao quinto jogo de invencibilidade contra o Santos. Na temporada 2020, Palmeiras e Santos se enfrentaram quatro vezes, e o Verdão não perdeu nenhuma delas: empate por 0 a 0, no Pacaembu (Paulista), vitória por 2 a 1, no Morumbi, e empate por 2 a 2, na Vila Belmiro (Brasileiro) e vitória por 1 a 0, no Maracanã (Libertadores).

  Abel comanda treino tático e Verdão segue preparação para receber o Atlético_MG

De quebra, o Maior Campeão do Brasil anotou o seu 150º gol contra o Santos em jogos disputados no Palestra Italia-Allianz Parque. Ao todo, desde a primeira partida no local, em 1921 (vitória alviverde por 6 a 1), foram 81 jogos já com o desta noite, 43 vitórias, 23 empates, 15 derrotas. O Alviverde entrou em campo com 149 gols marcados, portanto, o primeiro do jogo, de Viña, foi o 150. Depois, o Alviverde ainda chegou ao 151 e 152 com Willian e Lucas Esteves, respectivamente, na vitória por 3 a 2.

O Palmeiras manteve seu ótimo retrospecto contra o Santos jogando em casa, levando em conta apenas partidas pelo Paulistão: neste cenário, a equipe verde e branca sofreu apenas uma derrota para o Santos desde 1976. Neste período, foram 16 jogos, nove vitórias, seis empates, uma derrota, 24 gols marcados e 12 gols sofridos – o único revés ocorreu em 2009.

Contra o Santos, o Maior Campeão do Brasil completou uma maratona de oito jogos em apenas 16 dias: Universitario-PER (21/04), Guarani (23/04), Mirassol (25/04), Independiente del Valle-EQU (27/04), Inter de Limeira (29/04), Santo André (02/05), Defensa y Justicia-ARG (04/05) e Santos (06/05). Gustavo Scarpa é o atleta com mais jogos em 2021 (27 no total), enquanto Matías Viña é quem por mais minutos esteve em campo (2.002) – estes dados incluem as partidas da temporada 2020 realizadas entre janeiro e março deste ano.

  Palmeiras realiza treino tático antes antes de viajar para o Equador

Vale destacar que, em toda a história, o Santos é o time que o Palmeiras mais venceu e mais fez gols: 144 triunfos e 572 bolas na rede. Além disso, o rival alvinegro também é a segunda equipe que o Verdão mais enfrentou: 341 jogos, ficando atrás apenas do Corinthians, com 378.

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

campeonato paulista

O São Paulo supera o Palmeiras e é o campeão paulista de 2021

Publicados

em

O Estádio Cícero Pompeu de Toledo recebeu, na tarde de domingo (23), a decisão do Campeonato Paulista 2021, com o jogo entre o São Paulo e o Palmeiras, que haviam empatado a primeira partida da final por 0 a 0 na última quinta-feira (20). Na finalíssima, o Tricolor fez valer a melhor qualidade técnica e o mando de campo e venceu o rival por 2 a 0, com gols de Luan e Luciano!

Desfalcado de Daniel Alves (com uma entorse no joelho direito) e Benitez (com um estiramento no músculo adutor da coxa esquerda), mas com os retornos de Luciano e Eder, no banco de reservas, o técnico Hernán Crespo escalou o São Paulo com Volpi; Arboleda, Miranda e Léo; Igor Vinícius, Luan, Liziero, Gabriel Sara, Igor Gomes e Reinaldo; Pablo.

Logo aos quatro minutos de jogo, Léo passou para Pablo que, na entrada da área, arrematou, mas a bola foi para fora antes de a arbitragem anotar o impedimento do atacante. A partida, então, ficou mais truncada e, aos nove minutos e 24 minutos, Lizeiro e Igor Gomes foram advertidos. Pouco antes, aos 21 minutos, Igor Gomes avançou pela direita e chutou cruzado, mas a bola passou rente a meta.

  Wesley é novidade na reapresentação do Verdão em véspera de clássico com o São Paulo

O Tricolor seguia na pressão e foi a vez dos palmeirenses receberem o cartão amarelo: Renan, aos 31, por barrar o contra-ataque de Igor Gomes, e Lucas Lima (no banco), aos 33, por reclamação. A postura em campo dos são-paulinos foi recompensada aos 36 minutos, quando Felipe Melo, do rival, afastou mal um cruzamento nos pés de Luan, que ajeitou e bateu para o gol. A bola chegou a, ainda, desviar no mesmo oponente antes de atingir as redes! São Paulo 1 a 0!

Após o intervalo, Crespo fez a primeira alteração no Tricolor: Luciano entrou no lugar de Pablo. Nos primeiros toques, Luciano quase ampliou o marcador, aos cinco minutos: o atacante aproveitou falha adversária, invadiu a área, mas chutou pra fora.

Aos 17 minutos, Luan sentiu uma contusão e deu lugar a Rodrigo Nestor. Outra substituição no Tricolor foi a entrada de Joao Rojas na vaga de Igor Gomes, aos 28 minutos. Pouco depois, nova chance criada por Luciano quase resultou em gol de Gabriel Sara, que mandou a bola por cima do travessão.

  Abel Ferreira comanda treinos visando confronto contra o Ceará

O São Paulo era dominante e o não tardou para se valer ainda mais no placar: Aos 31 minutos, Rodrigo Nestor avançou pela esquerda e cruzou para á área. Luciano ganhou do marcador e fez o segundo gol do Tricolor! São Paulo 2 a 0!

A partir disso, os são-paulinos controlaram a partida. Houve tempo, ainda, de William entrar no lugar de Liziero, aos 37 minutos, e mais nada. O São Paulo é campeão paulista de 2021! O 22º título estadual do Tricolor!

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

FLAMENGO

CORINTHIANS

SÃO PAULO

PALMEIRAS

MAIS LIDAS DA SEMANA